Posts Marcados Com: Viajando com criança

Hospedagem em Huaraz (El Tumi)

Em Huaraz, ficamos hospedados no El Tumi, localizado na  Jr. San Martín n. 1121, a 3 quadras da Plaza de Armas. Íamos caminhando até a área central da cidade, onde havia farmácias, restaurantes e lojas. O centro de Huaraz era até bastante movimentado.

Hospedagem em Huaraz, El Tumi

O lobby conta com vários sofás que foram ótimos para o tempo que precisamos esperar até a saída do nosso ônibus no último dia, pois já havíamos feito o check-out de manhã. Há um banheiro que foi super útil para nos prepararmos para a viagem.

IMG_0160

Água e chá de coca de cortesia na recepção.

Hospedagem em Huaraz, El Tumi

Nosso quarto era quádruplo, com quatro camas de solteiro. Era espaçoso e aconchegante. Não havia aquecedor, mas também não chegamos a sentir frio.

IMG_0154 IMG_0155 IMG_0156

O hotel conta com um spa, mas não chegamos a conhecer. Também não sei valores.

O restaurante do El Tumi fica no primeiro andar, ao lado da recepção, e é uma ótima opção para uma refeição sem ter que sair do hotel depois de um longo dia de passeio.

Hospedagem em Huaraz, El Tumi

O café da manhã é servido nesse restaurante. Quando fomos tomar café pela primeira vez, nos entregaram um cardápio com os preços das refeições. Mas acontece que, ao fecharmos o pacote com a agência de viagem, nos foi informado que o café estava incluído. Então fomos questionar na recepção e nos entregaram um voucher para apresentar no restaurante indicando o café da manhã de cortesia. Dessa forma, é importante saber se a reserva é com diária incluída ou não. Se não for, vai pagar pelo que consumir. Se for, é preciso ver na recepção para pegar o tal papel e, nesse caso, o que está incluído na diária é o café americano, ou seja, pão, manteiga, geleia, ovos, suco, café, chá. Tem que fazer o pedido para o garçom, não é sistema de buffet. É bem básico, mas cumpriu bem o objetivo. E se quiser algo a mais, tem no cardápio, é só pedir, e pagar. 😉

Hospedagem em Huaraz, El Tumi

Nós jantamos os outros dias no próprio restaurante. O cansaço quando retornávamos ao fim do dia era grande demais para sair em busca de lugar para comer. Os pratos não eram os mais saborosos que já havíamos experimentado, mas as porções eram bem servidas. Valia pelo facilidade e custo X benefício.

Sendo Huaraz o ponto de apoio para o turismo da região, existe uma rede hoteleira relativamente ampla para o tamanho da cidade. É possível encontrar hotéis desde os mais baratos, estilo albergue, até alguns um pouco mais luxuosos. O El Tumi é um meio termo, um hotel 3 estrelas confortável e com bom preço. Atende bem a expectativa para quem está com família e crianças.

Hospedagem em Huaraz, El Tumi

Terraço do hotel

Huaraz

Vista de Huaraz

 
 
 
(Facebook   Twitter   Instagram)
 
 
 

______________________________________________

Posts relacionados:

– Peru com crianças – Cordillera Blanca, Huaraz (dia 1)

– Peru com crianças – Cordillera Blanca, Chavín de Huántar (dia 2)

Categorias: Hotéis, Huaraz, Peru, Viajando | Tags: , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Miami Children’s Museum (Museu da Criança)

Em um dos nossos dias em Miami, passamos uma manhã no Children’s Museum, um lugar onde as crianças podem brincar e se divertir muito. O museu fica localizado na 980 MacArthur Causeway, a ponte que liga Miami a Miami Beach. Funciona diariamente das 10h às 18h e a entrada custa 18U$ para adultos e crianças. Apenas menores de 1 ano não pagam ingresso. Há um estacionamento em frente ao museu à base de parquímetro.

Miami Children's MuseumMiami Children's Museum

O museu tem dois andares e várias galerias interativas para os pequenos. É um local PARA as crianças, mas os pais acabam encantados e se divertindo muito com os filhos. A melhor parte do museu é, sem dúvida, o Kidscape Village, uma área que reproduz supermercado, banco, clínica veterinária e tantas outras situações vividas no nosso dia a dia. É uma verdadeira minicidade, onde as crianças brincam de ser gente grande.

Miami Children's Museum

No Health & Wellness Center, as crianças podem aprender sobre os cuidados com a saúde como alimentação saudável, prática de exercícios físicos e cuidados com a higiene oral, além de brincar num pequeno hospital.

Miami Children's Museum

Miami Children's Museum Miami Children's Museum Miami Children's Museum Miami Children's Museum

No Bank, os pequenos podem brincar como caixas de banco, desvendar o segredo do cofre e ainda se divertir em vários brinquedos interativos com números.

Miami Children's Museum Miami Children's Museum

O Supermarket foi a atração que os meninos mais curtiram. Um verdadeiro minimercado com vários produtos de plástico, carrinhos e cestas de compras, caixa registradora e muita opção para dar asas à imaginação da criançada. O legal é fazer uma listinha e dar para as crianças fazerem suas compras, em vez delas saírem pegando qualquer coisa aleatoriamente. Ao final, devemos nos lembrar de orientar os filhos a colocarem tudo de volta no lugar para que outras crianças possam brincar também. Quando chegamos ao museu, era bem cedo, logo após a abertura. Pegamos tudo organizado. Mas à medida que mais visitantes iam chegando, tudo foi se transformando numa zona. Não existiam funcionários organizando os ambientes, e muitos pais não tinham a preocupação de orientar as crianças a arrumarem a bagunça que faziam. Simplesmente pegavam tudo, tiravam do lugar, depois partiam para outra galeria deixando a bagunça para trás. No supermercado, por exemplo, vimos algumas crianças que colocavam as compras no carrinho, mas depois não recolocavam nos lugares, largando os carrinhos de compras cheios de coisas nos corredores. Isso era chato porque logo as prateleiras do mercadinho estavam vazias. 

Miami Children's Museum

Miami Children's Museum Miami Children's Museum Miami Children's Museum Miami Children's Museum

No Safety Zone, as crianças podiam ser bombeiros por um dia, com direito à roupa e tudo. Em muitas galerias, havia sempre na entrada um traje para os pequenos. No pequeno hospital, jalecos; na galeria de construção, capacetes; e assim por diante. Mais uma vez, algumas crianças pegavam as roupas e, ao tirar, não colocavam de volta ao lugar. O problema não são as crianças, mas os pais, né?

IMG_4601 IMG_4599 IMG_4604

No What’s New Galleria ocorrem as exibições itinerantes, que variam de uma época para outra. Quando fomos, os dinossauros eram a atração da vez.

Miami Children's Museum Miami Children's Museum Miami Children's Museum Miami Children's Museum

Ainda nesse primeiro andar, há o Ocean Odyssey, um pequeno aquário, e o The Sea and Me, uma área fechada, colorida e de chão emborrachado, voltado para crianças menores de 5 anos.

Miami Children's Museum Miami Children's Museum

No segundo andar, fica o Port of Miami, onde encontramos um grande navio. Podemos subir no cruzeiro e as crianças podem se caracterizar de capitão do navio.

Miami Children's Museum

Miami Children's Museum Miami Children's Museum Miami Children's Museum

Outro brinquedos que os meninos gostaram muito nesse local foi a corrida de barquinhos. 

Miami Children's Museum

Existe uma galeria repleta de ursos de pelúcia de todo o mundo, o You and Me and Teddy Bears Too. O Brasil estava devidamente representado. Nessa área, existem alguns brinquedos interativos, mas estava vazio. Pelo visto, não atraía muito a criançada.

Miami Children's Museum Miami Children's Museum Miami Children's Museum Miami Children's Museum

No World Of Music Studios, os pequenos podem experimentar diversos ritmos, tocar instrumentos, dançar e conhecer um estúdio musical.

Miami Children's Museum Miami Children's Museum

Existe uma grande galeria no segundo andar voltado para artes, onde as crianças podem pintar, desenhar, recortar e se sujar.

Miami Children's Museum Miami Children's Museum

De volta ao primeiro andar, perto da escada, existe uma área externa que tem um playground e, claro, Matheus e Gabriel não deixaram de lado.

Miami Children's Museum Miami Children's Museum

O Museu da Criança de Miami não é muito grande, mas tem várias atrações que garantem um bom entretenimento para quem está viajando com crianças. Passamos cerca de 3h no museu, e os meninos ainda queriam ficar mais. Já era hora do almoço quando seguimos para Miami Beach, que conto mais no próximo post.

 
 
(Facebook   Twitter   Instagram)
 
 
 

______________________________________________

Posts relacionados:

LEGOLAND Florida

Uma manhã em Winter Park e Scenic Boat Tour

Downtown Orlando

Fort Lauderdale, Palm Beach e West Palm Beach (pela A1A)

Relatos – Dia 1: Miami e chegada à Orlando (Turnpike)

Categorias: EUA, Miami, Viajando | Tags: , , , , , , , | 4 Comentários

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: