Posts Marcados Com: Sylvia Day

Resenha – PARA SEMPRE SUA, SÉRIE CROSSFIRE 3 (Sylvia Day)

Resenha Para Sempre Sua Série Crossfire 3 Sylvia Day

Série Crossfire 3

Título: Para sempre sua

Título Original: Entwined with you

Autor: Sylvia Day

Editora: Paralela

ISBN: 9788565530248

Categoria: Literatura Estrangeira/ Romance Erótico

Ano de Lançamento: 2013

Páginas: 280

Essa resenha pode conter SPOILERS dos volumes anteriores (para ler as resenhas, clique TODA SUA e PROFUNDAMENTE SUA)

Sinopse: A partir do momento que conheci Gideon Cross, senti nele algo que eu precisava. Algo ao qual eu não podia resistir. Vi a perigosa e descuidada alma dentro dele – tão parecida com a minha. Estava atraída por ele. Precisava dele assim como precisava de meu coração batendo. Ninguém sabe o quanto ele se arriscou por mim. Como eu tinha sido ameaçada ou somente a quão escura e desesperadora a sombra de nosso passado se tornaria. Envolvidos pelos nossos segredos, tentamos desafiar as evidências. Fizemos nossas próprias regras e nos rendemos completamente ao sensual poder de ser possuído… Fonte: Saraiva

“Encontrá-lo tinha sido um milagre, o fato de ele ser capaz de me compreender daquela maneira, e de eu conseguir me entregar a um homem tão profunda e completamente apesar de todos os meus traumas sexuais. E ser seu refúgio, assim como ele era meu porto seguro.”

O aguardado terceiro volume da até então “trilogia” Crossfire traz um gostinho de frustração. O que era para ser o desfecho da história de Gideon e Eva, transformou-se numa arrastada enrolação de leitores com único e descarado objetivo de produzir mais livros (e ganhar mais dinheiro, claro). Agora, Crossfire não é mais um trilogia e terá mais 2 livros, totalizando 5. Pelo jeito, Gideon e Eva precisarão de muita paciência até alcançarem o esperado final feliz. E nós também!

O livro não está ruim. Não é isso. Inclusive, achei melhor que os 2 primeiros. Estou meio ambígua, mas vou explicar. Ficou óbvio que grande parte de Para sempre sua foi para encher linguiça, não havia necessidade de existir e a trama poderia ter um bom desfecho no terceiro volume. Em muitos pontos, a trama fica entediante e repetitiva. Isso é fato! Mas, ainda assim, fiquei envolvida com a história, no sentido de adorar o patamar que o relacionamento de Gideon e Eva chegou. Eles estão mais cativantes no sentido emocional. Os personagens amadureceram, estão superando seus traumas e fortalecendo um ao outro. A relação deles, apesar de continuar muito carnal e sexual, atinge um nível sentimental, fica mais madura, baseado em respeito e confiança mútua. É interessante ver o possessivo Gideon Cross controlando seus impulsos, ou a ciumenta Eva agindo com a razão. Apesar do relacionamento deles ainda ser de extrema dependência, algo que pode não ser considerado saudável, consigo compreender um pouco essa necessidade de um pelo outro, diante do passado de ambos, de todos os sofrimentos de infância, das marcas geradas, dos traumas, pois um entende o outro e o aceita como é.

Os personagens continuam fortes e cativantes. Eva está longe de ser aquela mocinha doce, ingênua e boba. Ela é decidida, marca seu espaço, diz o que quer e é sexualmente bem resolvida. Em Para sempre sua está mais segura, mais confiante do amor de Gideon e muito mais equilibrada. O que cansa, e muito, é o constante enaltecimento da beleza de Gideon. Ok, ele é lindo, maravilhoso, perfeito… nós já percebemos isso. Então, qual a necessidade da autora, a cada 5 folhas, fazer referência a isso como se fosse a primeira vez que Eva percebesse as qualidades do Cross?

Já Gideon se mostra mais dependente do que nunca, ao mesmo tempo em que continua com aquela presença dominante. É gritante a mudança no personagem frente aos primeiros livros, mas não de uma forma negativa. É a velha história do “amor curador”. Ele passa a se abrir mais e nós podemos conhecer melhor sua história e seu passado. Não conseguia entender porque Gideon exerce um certo fascínio (e que não é por sua conta bancária 😉 ). Isso só ficou mais claro para mim no Profundamente sua e, principalmente, agora no Para sempre sua. Ele tem um “q” de príncipe encantado com um lado sombrio; protetor e dominador, carente e romântico.

Sylvia Day mantém sua escrita fluida (e quente!!!) com uma narrativa em primeira pessoa a partir da perspectiva da Eva. A história continua imediatamente após o final de Profundamente Sua, quando Eva descobre o que Gideon fez por ela e que baseou todas as suas atitudes suspeitas no livro anterior. Alguns “mistérios” são levantados no livro, deixando o fio a ser conduzido nos demais volumes, especialmente quanto ao passado de Gideon, que ainda não é totalmente claro. A leitura é muito rápida e envolvente. As cenas de sexo continuam dominando, bem escritas, mas um tanto repetitivas. Sempre acho que falta um toque de romance na parte hot dos livros de Sylvia Day, sendo mais marcado pela questão sensual e carnal, e com uma escrita abusando de palavras de baixo calão.

O que é mais frustrante no livro é exatamente o final. NÃO HÁ FINAL ALGUM! Parece que simplesmente a autora disse: “pronto, vou parar aqui e deixar o resto para o próximo livro”. Eu ficava virando as folhas sem acreditar. “Sério? Acabou? Como assim?” Não há nem um desfecho temporário, nem um fim para uma trama secundária. Nada! Parecia o fim de um capítulo e não de um livro, mesmo se tratando de uma série. Isso, realmente, foi revoltante. Agora só resta esperar mais um longo e interminável período para saber mais da história de Gideon e Eva. Em uma palavra: decepcionada! Com o livro. Não com a história. Deu pra entender?

Lembrando que esse livro é para maiores de 18 anos.

“Eu não posso… a minha vida não pode ser só uma simples extensão da sua.” (Eva)

 
(Nos acompanhem também noFacebook      Twitter      Instagram)
 
Outras resenhas aqui.
Anúncios
Categorias: Lendo | Tags: , , , , , , | Deixe um comentário

Resenha – PROFUNDAMENTE SUA, SÉRIE CROSSFIRE 2 (Sylvia Day)

Resenha Profundamente Sua Série Crossfire 2 Sylvia Day

Série Crossfire 2

Título: Profundamente Sua

Título Original: Reflected in you

Autor: Sylvia Day

Editora: Paralela

ISBN: 9788565530194

Categoria: Literatura Estrangeira/ Romance Erótico

Ano de Lançamento: 2012

Páginas: 252

Essa resenha pode conter SPOILERS do volume anterior (para ler a resenha, clique TODA SUA)

Sinopse: Gideon Cross. Ele é tão bonito e perfeito do lado de fora quanto é danificado e atormentado no interior. Ele era uma chama brilhante e ardente que me chamuscou com o mais escuro dos prazeres. Eu não poderia ficar longe. Eu não queria. Ele era o meu vício… meu desejo… todo meu. Meu passado foi tão violento quanto o dele e eu estava tão machucada. Nós nunca iríamos ser normais. Era muito difícil, muito doloroso… exceto quando era perfeito. Aqueles momentos em que a voragem do amor desesperado era a loucura mais requintada. Fomos completamente subjugados pela nossa necessidade. E a nossa paixão nos levaria além dos nossos limites para a mais doce borda da mais nítida obsessão. Fonte: Editora Paralela

“Estou obcecado, meu anjo. Viciado. Você é tudo que sempre quis e precisei, tudo com o que sempre sonhei. Você é tudo. Eu vivo e respiro por você. Por você.” (Gideon)

Depois da paixão arrebatadora que dominou Gideon e Eva no primeiro volume da série Crossfire, agora vemos surgir um relacionamento entre eles, construído naturalmente, crescente em intensidade e amadurecendo aos poucos. Há um esforço mútuo para fazer essa relação dar certo, apesar de todos os indícios contrários. Enquanto em Toda sua Eva se expôs e abriu seu coração e seu passado para Gideon, que por sua vez a aceitou com toda sua bagagem de traumas e sofrimentos, é a vez de Eva tentar ganhar a confiança de Gideon para que ele a deixe entrar na sua vida por completo.

A autora Sylvia Day elabora a trama com desenvoltura, trazendo uma relação de dependência mútua, muito mais que de amor propriamente dito. É uma necessidade que um tem do outro, que alivia a dor e o peso dos traumas que carregam. Através da narrativa em primeira pessoa, conseguimos entrar na cabeça da Eva, vivenciando seus medos e inseguranças. Por outro lado, ficam muitas dúvidas sobre Gideon e não conseguimos alcançar seus pensamentos e o que está por trás de seus atos. Isso torna a história intrigante. Ao mesmo tempo em que percebemos que existe algo nas atitudes de Gideon, não conseguimos entender absolutamente nada. Tudo começa a parecer sem sentido e dá vontade de atirar o livro na parede várias vezes. Apenas no final, somos capazes de realmente, e finalmente, compreender os fatos e perceber a dimensão do sentimento que os une.

A linguagem da autora se mantém simples, mas com palavras chulas nas cenas de sexo, que são narradas nuas e cruas, com muita sensualidade e erotismo. Tem um toque de romantismo, mas muito pouco. É levado mais no sentido do desejo, um tanto carnal, mas não obsceno. Isso é compreensível pelo fato do sexo ser a principal forma de interação entre Gideon e Eva, já que no quesito emocional é tudo muito complexo e conturbado.

Temos alguns dramalhões dignos de novela mexicana e que podem incomodar alguns que venham a considerar as atitudes de Eva como infantis e imaturas. Mas eu vejo como compreensíveis, frente à sagacidade da autora na construção de seus personagens. Eu já entendia Eva e toda sua carga emocional, de forma que conseguia aceitar suas atitudes de fuga e medo, baseadas na insegurança e no ciúme, principalmente quando entram em cena os ex de ambos (Corinne e Brett). Por outro lado, me irritou a baixa autoestima que Eva demonstra nesse volume, se mostrando uma personagem diferente do livro anterior. Já Gideon vem com extrema possessividade e também é tomado por comportamentos ciumentos e até violentos, mas ainda conhecemos pouco sobre sua história. Eva se irrita com as atitudes dele em diversos momentos, e nós leitores também. Em Profundamente sua, a autora traz bastante a questão da confiança, ou a falta dela, ficando claro que, para qualquer relação ter um futuro, é preciso ser baseada na confiança mútua.

O livro é bem escrito, tem um enredo linear que faz com que a leitura seja rápida e envolvente. É centrado em questões mais reais e com uma carga dramática que vai além da sensualidade e da sexualidade explícitas, focando nas turbulências vividas pelo casal assombrado pelo passado em busca da felicidade. É perceptível a evolução gradual dos personagens e o amadurecimento dessa relação perturbadora e libertadora, o que deixa muita curiosidade em saber qual o próximo nível que Sylvia Day vai nos conduzir na trama de Gideon e Eva. Profundamente sua é um livro com conteúdo adulto!

“Ele era complexo demais, um grande mistério para mim. Eu mal havia arranhado a superfície de seu ser. Mas ainda assim já estava totalmente envolvida por ele.” (Eva)

 
(Nos acompanhem também noFacebook      Twitter      Instagram)
 
Outras resenhas aqui.
Categorias: Lendo | Tags: , , , , , , | Deixe um comentário

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: