Posts Marcados Com: Romance sobrenatural

Resenha – CHAMA NEGRA, SÉRIE OS IMORTAIS 4 (Alyson Noel)

Resenh Chama Negra Os Imortais 4 Alyson Noel

Os Imortais 4

Título: Chama Negra

Título Origial: Dark Flame

Autor: Alyson Noel

Editora: Editora Intrínseca

Categoria: Literatura Estrangeira/Sobrenatural

Classificação: Young Adult

ISBN: 9788580570120

Lançamento: 2011

Páginas: 248

Esta resenha contém SPOILERS dos volumes anteriores da série Os Imortais (Para as resenhas, clique: PARA SEMPRE, LUA AZUL, TERRA DE SOMBRAS)

Sinopse: Enquanto tenta ajudar Haven na transição para a vida imortal e libertar Damen do feitiço que não a permite tocar nele, Ever se aprofunda mais e mais nos mistérios da magia negra. O feitiço, porém, vira contra a feiticeira, e ela se vê presa a seu maior inimigo: Roman. A força estranha e poderosa que toma conta de seu corpo impede que Ever consiga parar de pensar nele e de desejá-lo. Ela quer resistir à atração incontrolável que a está consumindo. Ele quer se aproveitar desse momento de fraqueza. A ponto de se render, Ever procura a ajuda de Jude, arriscando tudo e todos para salvar a própria vida e seu futuro com Damen. Fonte: Saraiva

“O monstro dentro de mim está agora totalmente acordado, crescendo, expandido-se, exigindo matar sua fome insistente e palpitante. Faz meu coração acelerar violentamente, meu corpo começar a tremer, e não importa o quanto lute, é inútil…”

Chama Negra traz um pouco de esperança para a série de Alyson Noel. Depois de dois livros em que, aparentemente, a autora perdeu as rédeas da história, ela recupera sua narrativa, mas agora com uma escrita mais dinâmica que consegue envolver o leitor na trama. Várias coisas acontecem ao mesmo tempo. Agora Haven é imortal (claro, fruto de mais uma atitude impulsiva de Ever no livro anterior), Ava está de volta e a magia negra domina a trama trazendo consequências para Ever. Finalmente, podemos ter alguma esperança quanto a protagonista, pois parece que essa experiência toda em Chama Negra será decisiva para o amadurecimento de Ever nos próximos livros.

O que parecia impossível, Ever não é a pior desse livro. Haven passar a ocupar o lugar dela como a personagem insuportável da trama. Apesar de que ela nunca foi uma queridinha de qualquer forma. Confirma a índole que aparentava desde o princípio e dá a entender que ainda terá uma participação muito relevante no enredo do Estrela da Noite. O final surpreende e, pela primeira vez, não foi Ever que fez a coisa errada…

O drama de Ever e Damen e a impossibilidade de se tocarem sem causar a morte dele já está maçante e cansativo. Já não aguento mais a mesma ladainha que se arrasta por dois livros e continua sem solução. Ainda bem que melhora aquela história de carma. Afinal, só de ter que aturar Ever, Damen já paga todos seus pecados (tá, eu sei que não fui com a cara da Ever! Desculpem! Eu juro que tentei). Damen aparece um pouco mais carismático agora. Sua atitude com Ever é até bonitinha. Mostra que é maduro, paciente e que a ama apesar de tudo o que ela faz.

Chama Negra não chega a ser melhor que Para Sempre, mas é bem melhor do que os dois livros anteriores. Para quem chegou até aqui, vale a pena ler para chegar ao final de toda a odisseia da Ever.

 Outras resenhas aqui.
 
(Nos acompanhem também noFacebook      Twitter      Instagram)
 
 
Categorias: Lendo | Tags: , , , , , | Deixe um comentário

Resenha – TERRA DE SOMBRAS, SÉRIE OS IMORTAIS 3 (Alyson Noel)

Resenha Terrra de Sombras Os Imortais 3 Alyson Noel

Os Imortais 3

Título: Terra de Sombras

Título Original: Shadowland

Autor: Alyson Noel

Editora: Editora Intrínseca

Categoria: Literatura Estrangeira/Sobrenatural

Classificação: Young Adult

ISBN: 9788598078984

Lançamento: 2010

Páginas: 269

Esta resenha contém SPOILERS dos volumes anteriores da Série Os Imortais (Para ler as resenhas, clique PARA SEMPRE e LUA AZUL)

Sinopse: Ever e Damen atravessaram diversas vidas e enfrentaram os mais terríveis inimigos com um só objetivo: ficarem eternamente juntos. E quando esse sonho está ao alcance das mãos, um poderoso feitiço cai sobre Damen. Agora, para ele simplesmente tocá-la ou encostar os lábios nos dela significaria a morte, ou melhor, o exílio definitivo em uma terra de sombras. Desesperada por livrá-lo da maldição, Ever mergulha de corpo e alma na magia e encontra uma ajuda inesperada: um surfista chamado Jude. Apesar da profunda lealdade a Damen, é inevitável que ela se sinta atraída por esse garoto estranhamente familiar, de olhos verdes, dons mágicos e passado misterioso. Ever sempre acreditou que Damen fosse seu destino — mas e se o futuro tiver reservado outros planos? Com Jude cada vez próximo, pela primeira vez em séculos esse amor é posto à prova. Fonte: Saraiva

“Queria poder mergulhar naquela vastidão e ser carregada pela maré. Tudo para evitar dizer aquelas palavras. Tudo para não precisar contar ao meu verdadeiro amor, meu companheiro eterno, minha alma gêmea pelos últimos quatrocentos anos, que, enquanto ele me deu a imortalidade, eu provoquei o nosso fim.”

Não há muito o que falar sobre Terra de Sombras, simplesmente porque não ocorre nada de relevante no livro todo. Seria um volume dispensável na série como um todo e as poucas informações que são importantes poderiam ser facilmente diluídas nos volumes seguintes. O nome dado ao livro não reflete a história e sim apenas uma pincelada no significado da Shadowland já nos primeiros capítulos e que, na verdade, só vem a ser significante para o último livro. Ou seja, a autora quis nos introduzir ao termo que será o enredo de Infinito, o sexto volume da Série Os Imortais. Além disso, somos apresentados a Jude, que devia tomar o lugar de protagonista da trama, já que tem muito mais carisma do que Damen. Sutilmente, vamos percebendo que há mais por trás da história dele e de Ever.

Nada se resolve quanto à maldição em que Ever se colocou. Ela continua sendo Ever. Não escuta ninguém, toma sempre as decisões erradas e continua com sua insensatez. Em Lua Azul, o fato dela não escutar as gêmeas já a colocou numa grande enrascada, mas podemos tentar entendê-la, já que não conhecia bem as garotas e, apesar de imortal, é humana e ainda uma adolescente. Mas nesse livro ela aparece não ter aprendido a lição e, absurdamente, agora é a Damen que ela não dá ouvidos e continua fazendo as coisas erradas que vão repercutir em toda a trama do Chama Negra, o próximo volume. Damen é apático e não me convenceu com sua chatice sobre seu carma. Roman, que deu uma agitada na trama em Lua Azul, pouco aparece. A diversão do livro é dado por Miles, que tem um ótimo senso de humor, mas é pouco aproveitado pela autora. Haven continua sendo a pior melhor amiga que existe. Enfim, nada acontece de interessante.

A narrativa é arrastada, redundante e cansativa. Eu não via a hora de acabar o livro e sofria por saber que ainda teriam mais outros três pela frente. A trama traz mais de magia e feitiços. Ever agora se envolve com magia negra, mesmo contra os conselhos de Damen. E o final do livro, mais uma vez, é com Ever se metendo em uma enrascada que vai se desenrolar no próximo volume. Realmente, para mim, esse foi o pior livro da série.

 
(Nos acompanhem também noFacebook      Twitter      Instagram)
 
 
Categorias: Lendo | Tags: , , , , , | 1 Comentário

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: