Posts Marcados Com: Roadtrip

Clearwater Beach, Flórida

Tiramos um dia durante nossa estadia em Orlando para fazer uma viagem bate e volta de carro pelo litoral oeste da Flórida, passando por Clearwater Beach e St Petersburg.

Começamos por Clearwater Beach, um balneário da cidade de Clearwater e localizada a 170 km de Orlando pela I-4, numa viagem de cerca de 1 hora e 40 minutos.

Clearwater Beach, Flórida

Clearwater Beach

Essa praia é considerada uma das melhores dos EUA e do mundo, e só a viagem até Clearwater Beach já é deslumbrante, com travessias de pontes que oferecem vistas maravilhosas.

Pontes no caminho de Clearwater Beach, Flórida

Pontes no caminho de Clearwater

À caminho de Clearwater Beach, Flórida

A caminho de Clearwater Beach

Nós fomos direto para o Pier 60, onde existe um estacionamento amplo com parquímetro.

Estacionamento no Pier 60 Clearwater Beach, Flórida

Estacionamento no Pier 60

Estacionamento no píer é de parquímetro Clearwater Beach, Flórida

Estacionamento no píer é de parquímetro

O píer tem uma boa estrutura, com Visitor Center bem na entrada, lanchonete com banheiro, e playgrounds cobertos na areia.

Pier 60 em Clearwater Beach, Flórida

Pier 60 em Clearwater Beach

Visitor Center no Pier 60 Clearwater Beach, Flórida

Visitor Center no Pier 60

Lanchonete, lojinha e banheiros limpos Clearwater Beach, Flórida

Lanchonete, lojinha e banheiros limpos

Clearwater Beach, Flórida

Clearwater Beach

Os dois parquinhos são públicos e totalmente conservados.

Parquinho infantil no Pier 60 Clearwater Beach, Flórida

Parquinho infantil no Pier 60

Playground em Clearwater Beach, Flórida

Playground em Cleawater Beach

Clearwater Beach, Flórida

Clearwater Beach

Pier 60 Clearwater Beach, Flórida

Diversão para as crianças no Pier 60

A partir do píer, se estende um longo calçadão à beira-mar, o Beach Walk, com pista para caminhada, banquinhos, chuveirão e esculturas.

Beach Walk Clearwater Beach, Flórida

Área no Pier 60

Caminhamos pelo Pier e a vista da praia é de tirar o fôlego, com uma grande extensão de areia branquinha e um mar de águas claras. Olhando de cima do píer, dava para ver os peixes de tão límpida que era a água do mar.

Clearwater Beach, Flórida Clearwater Beach, Flórida Clearwater Beach, Flórida Clearwater Beach, Flórida Clearwater Beach

Mas o destaque da praia de Clearwater é, sem dúvida, a areia. O que é aquilo?? Mesmo para alguém que vai para praia e não gosta de se sujar na areia (EU!), dava vontade de sair rolando naquela areia. É tão branca e, principalmente, tão limpa e fininha, que nem parece areia. Sabe o que parece? Nosso sal de cozinha. Tem até uma textura diferente. Eu juro! Quem não acredita, é só passar lá para conferir. Com certeza, não vai se arrepender depois.

Areia branca e fina em Clearwater Beach, Flórida

Areia branca e fina em Clearwater Beach

A praia é ótima para passar o dia e perfeita para famílias. O mar é bem tranquilo, sem ondas e rasinho, ótimo para crianças brincarem. Sendo uma praia do Golfo do México, a água não é tão fria como as do litoral leste da Flórida.

Clearwater Beach, Flórida Clearwater Beach, Flórida Clearwater Beach Clearwater Beach, Flórida

Algumas barracas com cadeiras se estendem pela areia da praia e podem ser alugadas por 25U$ pelo dia todo. Ali, a pessoa pode curtir com tranquilidade, apesar de que vimos pouquíssimas ocupadas. A maioria das pessoas trazia seu próprio guarda-sol e cadeira de praia, ou sentava direto na areia.

Aluguel de barracas e cadeiras na praia de Clearwater Beach, Flórida

Aluguel de barracas e cadeiras na praia de Clearwater

Barraca de Clearwater Beach, Flórida

Barraca de Clearwater Beach

Durante o fim de tarde, ocorre diariamente o Sunset at Pier 60, quando as pessoas se reúnem para assistir o pôr do sol. Pelo que li no site, é algo como ocorre no Mallory Square em Key West, com muita festa, artistas de rua, artesanato e música ao vivo. Infelizmente, não deu para conferir dessa vez.

Outra atração que parece ser bem legal em Clearwater, e também não conferimos, é o Clearwater Marine Aquarium, casa do famoso golfinho Winter, a estrela do filme Winter – O golfinho (nome original: Dolphin Tale). Winter perdeu sua calda após ficar preso numa armadilha e ganhou uma prótese para que continuasse nadando. No aquário, existe até um museu dedicado ao filme, além da possibilidade de encontrar Winter pessoalmente. Queríamos muito ter ido, mas não dava tempo. O aquário está localizado na 249 Windward Passage e funciona diariamente das 9h às 18h. Crianças menores de 2 anos não pagam ingresso. Valores: 20U$ adulto / 15U$ criança (3-12 anos)

Deu até vontade de ficar mais tempo, só que queríamos passar em St Pete e em Tampa antes de voltar para Orlando. Esse rápido tour por essas cidades só serviu para dizer que vale pegar algumas diárias em uma das três e explorá-las com mais calma.

Clearwater Beach, Flórida

Então, depois de uma ótima manhã de muito sol e mergulhos em Clearwater Beach, foi hora de conseguir (com muita luta) tirar as crianças da praia e de seguirmos para nosso próximo destino… St Petersburg, que falamos no próximo post.

 
 
 
(Facebook   Twitter   Instagram)
 
 
 

______________________________________________

Posts relacionados:

– Wonderworks em Orlando

– iFLY Indoor Skydiving – uma experiência de paraquedismo indoor com crianças de 5 anos

– LEGOLAND Florida

– Uma manhã em Winter Park e Scenic Boat Tour

 

Categorias: Clearwater Beach, EUA, Viajando | Tags: , , , , , , , , | 5 Comentários

Roadtrip Califórnia – Yosemite National Park

Depois da rápida passagem por Mammoth Lakes e pelo Mono Lake, pegamos a Tioga Pass para entrar no Yosemite National Park. Essa estrada não fica aberta em todos os meses do ano devido à neve do inverno, mas, se o período da viagem permitir, é imperdível, com seus desfiladeiros e paisagens de pedras simplesmente incríveis. Nós fizemos algumas paradas para fotos no caminho.

Paisagem da Tioga Pass, Yosemite, Califórnia

Paisagem da Tioga Pass

Tioga Pass, Yosemite, Califórnia

Tioga Pass

Desfiladeiros da Tioga Pass Yosemite, Califórnia

Desfiladeiros da Tioga Pass

Yosemite, Califórnia

Yosemite

Logo chegamos à entrada do Yosemite e, diferente do que aconteceu no Death Valley, aqui sim tinha guarita, cancela e guarda-florestal cobrando a taxa de 20 dólares por carro. O pagamento desta taxa dá direito a entradas ilimitadas ao Yosemite durante o período de 7 dias. A taxa é de 10U$ para pedestres (incluindo quem estiver de bicicleta, à cavalo, moto, ou ônibus não comercial). Menores de 15 anos não pagam. Eles oferecem entrada gratuita para os militares, mas quando perguntamos se era estendido para militares brasileiros, negaram, é apenas para militares americanos. 😦

Entrada do Yosemite National Park

Entrada do Yosemite National Park

Entrada do Yosemite pela Tioga Pass

Entrada do Yosemite pela Tioga Pass

Yosemite National Park

Yosemite National Park

Na entrada, é entregue um mapa do parque, o que ajuda bastante na orientação.

Mapa do Parque Nacional

Mapa do Parque Nacional

Nossa visita ao Yosemite foi durante o final do mês de setembro, ou seja, início do outono. Pegamos as folhagens amareladas e uma paisagem muito bonita. O clima era ameno, na sombra chegava a fazer um pouco de frio, mas o sol aquecia bem. Porém, não é o melhor período para ver as cachoeiras, que se encontram secas. Uma pena! Na verdade, acho que o Yosemite é o tipo do lugar para voltar várias vezes em cada uma das estações do ano e se vislumbrar com cenários completamente diferentes das mesmas imagens. Pretendemos voltar, em breve, num inverno, só para ver toda aquela beleza natural branquinha de neve. O verão é o período que o parque fica mais cheio, chegando a formar engarrafamento nas estradas. A primavera é o melhor período para as cachoeiras, que estão com o nível de água aumentado pela neve derretida.

Yosemite National Park Yosemite National Park Yosemite, Califórnia Yosemite National Park

Nossa primeira parada foi no Tuolumne Meadows, um grande prado de onde saem trilhas para escaladas aos picos de granito do Yosemite. É um local bem amplo e bonito ao longo do rio Toulumne e dizem ser um bom ponto para observar animais em seu ambiente natural. Infelizmente, não vimos nenhum.

Yosemite National Park Yosemite National Park Yosemite National Park Yosemite National Park Yosemite National Park

Um ponto de parada obrigatório que tem uma vista incrível é o Olmested Point, de onde avistamos o Half Dome e o Glacier Point. É difícil descrever o que os olhos captam naquele lugar. Parece uma pintura de quadro, ou algo surreal.

Yosemite, Califórnia

Mirante

Olmsted Point Yosemite, Califórnia

Olmsted Point

Yosemite National Park

Yosemite National Park

Vista incrível Yosemite, Califórnia

Vista incrível

Um paraíso natural Yosemite, Califórnia

Um paraíso natural

Yosemite National Park

Yosemite National Park

O Half Dome é considerado o símbolo do Yosemite Park. Nada mais é que as encostas curvas das montanhas que formam uma imagem semelhante a uma onda. Para chegar ao topo do Half Dome, a 2695 metros de altura, apenas por uma trilha de 14Km.

Half Dome Yosemite, Califórnia

Half Dome

Seguimos rumo ao Yosemite Valley, parando  no caminho para fotos do El Capitan, um enorme paredão de granito de 1370 metros. É considerada a maior rocha exposta do mundo.

Mapa do Yosemite Valley

Mapa do Yosemite Valley

Vista do El Capitain na entrada do Vale Yosemite, Califórnia

Vista do El Capitan na entrada do Vale

El Capitain Yosemite, Califórnia

El Capitan

Yosemite Valley

Yosemite Valley

Paramos na Cathedral Beach para mais algumas fotos, e seguimos para o estacionamento do Vale.

Praia do rio no Yosemite

Praia do rio no Yosemite

Yosemite Valley

Yosemite Valley

Cathedral Beach Yosemite, Califórnia

Cathedral Beach

O Yosemite tem um sistema de Shuttles gratuito. Então, a melhor forma de circular pelo parque é largando o carro e pegando os ônibus. Em vários locais do Vale encontramos os mapas com os percursos e pontos de paradas dos shuttles.

Do estacionamento, caminhamos até o Valley Visitor Center, onde há uma grande loja com lembrancinhas, comidas, bebidas, etc, além de algumas lanchonetes. Aproveitamos para fazer um lanche e depois pegamos o shuttle em direção ao Mirrow Lake.

A estrada que chega mais próximo da trilha para o Mirrow Lake não é permitida para carro particular, apenas para shuttle. Seguimos a trilha de 1,4km até o Mirrow Lake. É um caminhada tranquila, mesmo para quem não tem qualquer condicionamento físico. Muitas pessoas fazem o trajeto de bicicleta, que pode ser alugada no parque. Infelizmente, a caminhada terminou não compensando tanto porque nos decepcionamos, já que o Mirrow Lake, assim como ocorria com as cachoeiras, estava seco. De qualquer forma, este local oferece uma vista belíssima quando o lago está cheio, pois a água reflete as montanhas ao seu redor como se fosse um espelho.

Estrada para o Mirrow Lake

Estrada para o Mirrow Lake

Mirrow Lake seco Yosemite, Califórnia

Mirrow Lake seco

O Vale ainda tem uma pequena capela, um museu, o famoso hotel Ahwahnee, várias áreas para camping e algumas praias de rio.

Muitos acampamentos no Yosemite National Park

Muitos acampamentos no Yosemite National Park

Na Sentinel Beach, tivemos uma boa vista da Yosemite Fall, ou melhor, do local onde ela deveria estar, já que não havia uma gota de água sequer. Apenas dava para ver a mancha preta deixada pela cachoeira na rocha. A Yosemite Fall é a maior cachoeira dos EUA, com 740 metros de altura. É dividida em duas quedas, a Upper Yosemite Fall e a Lower Yosemite Fall. Existem trilhas que levam ao topo das cachoeiras (11km difíceis até a Upper).

Yosemite, Califórnia

Marca na rocha onde fica a cachoeira

Tem muito o que fazer no Vale, que estava lotado num típico domingo de sol, como trilhas, piquenique, pescaria, entre outras atividades, mas, dessa vez, nossa passagem seria apenas para um reconhecimento geral e queríamos ver pontos específicos que havíamos dado prioridade. Seguimos, então, para El Capitan Meadow, onde tivemos uma vista ainda melhor do El Capitan e das Cathedral Rocks.

El Capitain

El Capitan

El Capitain Meadow Yosemite, Califórnia

El Capitan Meadow

Logo após a trilha para a Bridaveil Fall, antes da Pohono Brigde, tem o famoso Valley View, com uma vista perfeita e deslumbrante de todo o Vale. A foto abaixo parece um quadro, ou uma foto retocada, mas é a imagem pura e crua da beleza natural daquele lugar.

Valley View Yosemite, Califórnia

Valley View

Pegamos a Wanona Road e seguimos em direção ao Tunnel View, que fica pouco antes de um túnel na estrada. Este ponto oferece uma visão de cartão-postal das rochas, do Half Dome (à direita da foto) e do El Captain (à esquerda).

Tunnel View Yosemite, Califórnia

Tunnel View

Paisagem no Tunnel View Yosemite, Califórnia

Paisagem no Tunnel View

Na Wanona Road tivemos que fazer uma opção. Ou íamos ao Glacier Point ou ao Mariposa Grove, porque, pelo horário, não teríamos tempo para conhecer os dois. Como já havíamos tido uma boa dose de paisagens deslumbrantes, optamos por algo diferente e fomos ao Mariposa Grove. A critério de informação, o Glacier Point é uma rocha que fica a 980 metros de altura e de onde se pode ver a maior parte das cachoeiras (quando estão cheias) e os outros pontos do Yosemite Valley. Durante o inverno, o Glacier Point não é acessível de carro porque a neve bloqueia a estrada.

Glacier Point Yosemite, Califórnia

Glacier Point visto do Olmsted Point

Paramos o carro no Mariposa Grove, que tem estacionamento para poucos carros e, por isso, em época mais movimentada, como no verão, é preciso parar o carro no Wanona Hotel e pegar o shuttle até o Mariposa Grove.

Seguimos a trilha entre as sequoias de mais de 3000 anos.

Raiz da Sequoia Yosemite, Califórnia

Raiz da Sequoia

Sequoias Gigantes Yosemite, Califórnia

Sequoias Gigantes

Yosemite, Califórnia

Diâmetro das árvores

Bachelor and three Graces Yosemite, Califórnia

Bachelor and three Graces

O início desta trilha é uma subida e pode ser cansativa para idosos e crianças, mas nada impossível. Vimos vários idosos caminhando devagar com a ajuda de uma bengala, sem problemas. Não chegamos a fazer a trilha toda, que tem cerca de 8 Km, pois o dia já começava a escurecer.

Trilha de Mariposa Grove Yosemite, Califórnia

Trilha de Mariposa Grove

Mariposa Grove Yosemite, Califórnia

Mariposa Grove

Apenas tiramos fotos das principais sequoias, algumas com até mais de 75 metros de altura e 9 metros de diâmetro, indo até California Tunnel Tree.

California Tunnel Tree Yosemite, Califórnia

California Tunnel Tree

O grande destaque fica por conta da gigantesca Grizzly. Parece uma grande árvore de brinquedo, de filme, cinematográfica, sei lá. Não parece de verdade.

Sequoia Linda!

Grizzly – Sequoia Linda!

Grizzly Yosemite, Califórnia

Grizzly

Comparação da altura de uma sequoia

Comparação da altura de uma sequoia a um prédio de 19 andares, um boeing 747 e a Estátua da Liberdade

Ainda tivemos companhia no Mariposa Grove

Ainda tivemos companhia no Mariposa Grove

Saindo do Mariposa Grove, nós deixamos o Yosemite Park pela saída sul até Oakhurst, e de lá até a cidade de Mariposa, onde pernoitaríamos no hotel Minners Inn (comentamos sobre o hotel nesse post)

Yosemite National Park

O Yosemite Park é maravilhoso e de tirar o fôlego. Lamentamos que as cachoeiras e o Mirrow Lake estavam secos, mas teremos que fazer este “terrível sacrifício” de voltar em outra estação para curtir novamente estas paisagens. 😉

 
 
(Facebook   Twitter   Instagram)
 
 
 

______________________________________________

Posts relacionados:

Mammoth Lakes e Mono Lake, Califórnia

Death Valley National Park, Califórnia (Vale da Morte)

Las Vegas (parte 3) – Onde Comprar em Las Vegas

Las Vegas (Parte 2) – Hotéis & Cassinos

Las Vegas (Parte 1) – Informações gerais

 
Categorias: EUA, Viajando, Yosemite Park | Tags: , , , , , , , | 12 Comentários

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: