Posts Marcados Com: Plaza de Armas

Peru com crianças – Cusco (conhecendo a cidade)

No nosso primeiro dia em Cusco, era feriado de Corpus Christi e a cidade estava em festa. Claro que também estava LOTADA! A Plaza de Armas mal dava para enxergar além da multidão. Por isso, deixamos para conhecê-la depois.

Plaza de Armas, Cusco, Peru

Mal dava para ver a Plaza de Armas

Plaza de Armas, Cusco, Peru

Multidão em Cusco

Cusco era a capital do império inca, que dominou a região por dois séculos. Atualmente, é a capital turística do Peru, recebendo milhares de pessoas de todas as partes do mundo. A arquitetura traz uma mescla de características espanholas do período colonial juntamente com elementos incas. As ruas estreitas ainda de pedras conferem um charme pitoresco à cidade, que foi declarada Patrimônio da Humanidade pela Unesco em 1983. A Plaza de Armas é LINDA!! A fachada renascentista da imponente Catedral ao lado da também bela Iglesia de La Compañia ganha destaque na paisagem cercada pelas montanhas andinas. Quando finalmente conseguimos caminhar pela Plaza de Armas depois do feriado, pudemos contemplar toda a beleza do local.

Catedral e Iglesia de la Compañia na Plaza de Armas de Cusco

 Plaza de Armas de Cusco

Plaza de Armas, Cusco, Peru

Plaza de Armas

Monumento no centro da Plaza de Armas, Cusco, Peru

Monumento no centro da Plaza de Armas

A Plaza de Armas era usada pelos incas para cerimônias e festivais, como o Festival do Sol, conhecido como Inti Raymi, que ocorre na cidade todos os anos. Antigamente, essa festa era realizada na Plaza de Armas, mas agora ocorre na área do Sacsayhuamán, uma antiga fortaleza inca nos arredores de Cusco. Quando fizemos o City Tour, vimos as montagens da estrutura do festival.

Estavam montando o local que ocorre a festa

Estavam montando o local que ocorre a festa

A Plaza de Armas também foi palco de vários fatos históricos como a reivindicação de Cusco para a Espanha por Francisco Pizarro, ou a decapitação de Túpac Amaru, o líder da resistência indígena. A praça é extremamente bem cuidada e limpa, com grama verde e canteiros floridos, mantendo o patrimônio histórico conservado.

Plaza de Armas, Cusco, Peru Plaza de Armas, Cusco, Peru

Ao redor da Plaza de Armas, podemos encontrar diversas lojas (artesanato, roupa, prataria), agências de viagens, restaurantes, fast foods (há um Bembos, famosa rede de fast food no país, e um McDonalds). É também da Plaza de Armas que saem os ônibus turístico de 2 andares, mas nós não chegamos a fazer.

Aproveitamos que a Catedral estava aberta e fomos conhecê-la. A obra da igreja durou praticamente 100 anos, sendo feita de granito vermelho trazido da fortaleza de Sacsayhuamán. O interior da Catedral é deslumbrante, com ouro e prata coloniais e obras da Escola de Arte de Cusco. Ainda pelas festividades de Corpus Christi, a Catedral estava repleta de enormes imagens dos santos católicos, mas o interessante era que todos são customizados segundo a cultura local. 

Catedral, Cusco, Peru Catedral, Cusco, Peru Catedral, Cusco, Peru

Cusco é uma cidade bem maior do que havíamos imaginado, mas a parte turística não é tão grande e dá para conhecer praticamente tudo caminhando. Próximo à Plaza de Armas, encontram-se alguns museus (cujas entradas estão incluídas no Boleto Turístico Integral):

Museo Municipal de Arte Contemporáneo: aberto de segunda a sábado, das 9 às 18h.

Museo Histórico Regional: de segunda a domingo, das 8 às 17h.

Descendo pela Avenida Sol, a principal rua do Centro Histórico, encontramos, além de restaurantes, farmácias, casas de câmbio e etc, a Municipalidad de Cusco, dentro da qual fica a COSITUC Central, onde podemos comprar os Boletos Turísticos.

Avenida Sol, Cusco, Peru

Avenida Sol, Cusco

Boleto Turístico Cusco  Cusco, Peru

Ao lado da COSITUC, dentro do mesmo prédio, está o Museo de Arte Popular (segunda a domingo, 9 às 18h), um dos únicos que fomos autorizados a tirar foto.

Museo de Arte Popular, Cusco, PeruMuseo de Arte Popular, Cusco, Peru Museo de Arte Popular, Cusco, Peru

Seguindo pela Av Sol, chegamos ao gramado do Qorikancha, o Templo do Sol. Nós visitamos o interior do Templo durante o City Tour. Com entrada pela Av Sol há uma descida para o Museo de Sítio del Qorikancha, que funciona de segunda a domingo, das 9 às 18h. A visita ao museu está incluída no Boleto Turístico, já a visita ao Templo não está, sendo preciso pagar um boleto próprio no valor de 10 soles.

Museu de Sítio del Qorikancha, Cusco, Peru

Museu de Sítio del Qorikancha

Do outro lado da avenida, próximo ao Qorikancha, fica o Museo Qosqo de Arte Nativo, que funciona de segunda a domingo, mas apenas das 18:30 às 20h. Não chegamos a visitar.

Centro Qosqo de Arte Nativo, Cusco, Peru

Outro grande atrativo da Av Sol são os Mercados Artesanais. Passamos por vários enquanto caminhávamos.

Caminhando pela Av Sol, Cusco, Peru

Caminhando pela Av Sol

Painel da Av Sol, Cusco, Peru

Painel na Av Sol

Cusco, Peru

Um dos Mercados de Artesanato de Cusco

Artesanato de Cusco, Cusco, Peru

Artesanato de Cusco

Resolvemos seguir até o final da avenida e ir ao Centro Artesanal de Cusco, que é maior e fica bem em frente a uma pracinha com uma grande cascata de água (não tem como não encontrar).

Cusco, Peru Cusco, Peru Centro Artesanal de Cusco, Peru Centro Artesanal de Cusco, Peru

O ideal seria deixar quatro dias para essa viagem. Um para se dedicar apenas ao Centro Histórico de Cusco, seus museus, seu artesanato, sua Plaza de Armas. Outro para fazer o City Tour conhecendo os sítios arqueológicos ao redor da cidade (o que fizemos durou uma tarde, mas não fomos a todos os sítios e não conhecemos, por exemplo, Moray e Tipón). Um terceiro, para o Vale Sagrado, com a possibilidade de seguir para Aguas Calientes ao final do dia partindo de Ollantaytambo. E o último (que eu realmente recomendo que fique por último para que todo o resto não acabe meio sem graça) o clímax Machu Picchu. Falamos sobre cada um separadamente em posts específicos para detalhar bastante.

Cusco, Peru com crianças

Cusco

 
 
 
 
(Facebook   Twitter   Instagram)
 
 
 

______________________________________________

Posts relacionados:

Peru com crianças – Conhecendo a cidade de Puno

Peru com crianças – Lago Titicaca (tour pelas ilhas Uros e Taquile)

Peru com crianças – Arequipa (Monastério de Santa Catalina)

Roteiro – 9 dias no Peru com crianças (Arequipa, Puno, Cusco, Machu Picchu)

Circuito Mágico de las Aguas no Parque de la Reserva em Lima

Anúncios
Categorias: Cusco, Peru, Viajando | Tags: , , , , , , , | Deixe um comentário

Peru com crianças – Arequipa (Plaza de Armas e Catedral)

Nós chegamos à Arequipa num voo de 1 hora e 40 minutos vindo de Lima pela Peruvian. O aeroporto de Arequipa é pequeno e pouco movimentado. Pegamos um táxi na entrada do aeroporto para o hotel que ficava próximo à Plaza de Armas e pagamos 18 soles. Logo aprendemos o costume dos táxis no Peru. Antes de entrar no carro, deve-se negociar o valor, já que não existe tarifa definida. Você tem que dizer para onde quer ir e perguntar quanto custa. Se concordar com o valor, entra; se não, pega outro táxi. Deve sempre tentar negociar o preço. Acho isso muito chato!!!

Voo para Arequipa

Voo para Arequipa

Arequipa, Peru

Arequipa é a segunda maior cidade do Peru, sendo conhecida por Cidade Branca, devido às construções com Sillar, uma rocha vulcânica branca, que é sua característica. Além de ser atingida por terremotos há anos, devido a se encontrar sobre uma falha geológica, a cadena del fuego, Arequipa é circundada pelos vulcões Pichu Pichu, Misti e Chachani, que proporcionam uma paisagem diferenciada e belíssima.

Arequipa, Peru

Arequipa e os vulcões Chachani e Misti

Nosso primeiro passeio em Arequipa foi pela bela Plaza de Armas, uma praça movimentada e bem cuidada, repleta de pombos, com uma estátua de um soldado do século 16 no centro e a enorme Catedral ao fundo. Próximo a essa área é o melhor lugar para se hospedar, já que é possível conhecer os principais pontos da cidade apenas caminhando (falamos do nosso hotel em Arequipa).

Plaza de Armas Arequipa, Peru

Plaza de Armas

Em volta da Plaza de Armas, encontramos várias agências de viagem oferecendo o City Tour nos ônibus de 2 andares, além do passeio pelo Vale do Colca. Conforme vamos caminhando pelas ruas, várias pessoas ficam nos abordando vendendo os passeios, mas preferimos comprar direto numa agência, embora isso não tenha evitado que tivéssemos alguns problemas, que falarei em outro momento.

Ao redor da Plaza de Armas Arequipa, Peru

Ao redor da Plaza de Armas

Ainda ao redor da Plaza de Armas, é possível encontrar inúmeras lojinhas de souvenirs e de roupas de alpacas, farmácias e um pequeno mercado, além de restaurantes que não chegamos a experimentar. Uma dica é o Antojitos, que encontramos por acaso e resolvemos comprar para experimentar os alfajores peruanos. Adoramos, mas são bem diferentes dos alfajores argentinos.

Antojitos e seus deliciosos alfajores Arequipa, Peru

Antojitos e seus deliciosos alfajores

Vários sabores de alfajores de Arequipa

Vários sabores de alfajores de Arequipa

Próximo à Catedral, há uma rua de pedestres que é uma boa opção para passear, a Mercaderes. Ali é possível encontrar uma variedade de lojas e restaurantes, além de redes conhecidas de fast food, como McDonalds, Burger King, Pizza Hut. Ali também há uma loja da La Ibérica, uma fábrica de chocolates do Peru. Delicioso! Vale a pena experimentar os Bombones de Pisco.

Rua de pedestres Arequipa, Peru

Rua de pedestres

La Ibérica Arequipa, Peru

La Ibérica

Aos domingos, a Plaza de Armas é tomada por festividades, ocorrendo desfiles militares e de escolas da região.

Desfile militar da Plaza de Armas de Arequipa

Desfile militar da Plaza de Armas de Arequipa

Plaza de Armas em dia de domingo Arequipa, Peru

Plaza de Armas em dia de domingo

Nós optamos por fazer tour pelo interior da Catedral e pelo museu, para o qual se paga 10 soles por adulto (para crianças menores de 10 anos é gratuito). É possível conhecer a catedral por dentro nos horários de missa gratuitamente, mas o museu não funciona. Fazer o tour é recomendado porque um guia vai mostrando tudo e passando informações relevantes e interessantes. É obrigatório um guia para esse passeio, mas não está incluído no valor da entrada. Estranho, mas enfim… Deve-se pagar mais a “propina”, como eles chamam, por volta de 10 soles. Dentro da Catedral pode fotografar, mas no museu não é permitido.

Catedral de Arequipa, Peru

Catedral de Arequipa

A Catedral é lindíssima tanto por dentro como por fora. Foi construída em 1621, e reconstruída em 1868, em decorrência de terremotos e incêndios.

O púlpito de madeira entalhada veio da França, o piso é de mármore de Carrara vindo da Itália. Os santos e as molduras são de falso mármore, ou seja, foram esculpidos em madeira e cobertos com gesso e mel de abelha (que dá o brilho diferenciado das peças).

Púlpito de Madeira Catedral Arequipa, Peru

Púlpito de Madeira

Detalhes de falso mármore Catedral Arequipa, Peru

Detalhes de falso mármore

Interior da Catedral Arequipa, Peru

Interior da Catedral

Em uma das extremidades, encontramos o lindo altar.

Altar da Catedral de Arequipa, Peru

Altar da Catedral de Arequipa

Na extremidade oposta ao altar, encontra-se um enorme órgão com mais de 2.000 tubos. Apenas duas pessoas em Arequipa sabem tocar aquele órgão. O último terremoto que atingiu a cidade foi em 2001 e derrubou uma das torres da Catedral. O teto da igreja caiu a cerca de 3 metros do órgão, que ainda chegou a ser atingido por estilhaços e acabou danificado, permanecendo em restauração até ano passado. 

Órgão da Catedral de Arequipa

Órgão da Catedral de Arequipa

Como dentro do museu não podemos fotografar, não temos fotos para ilustrar, mas o acervo conta com várias peças sacras de ouro maciço, prata e pedras preciosas, cada uma mais linda que a outra. Existe uma peça, onde se colocam as hóstia, que é todo de ouro e diamantes, sendo avaliado em 50 milhões de euros.

Achamos muito interessante uma grande peça de um pelicano que, segundo a guia nos falou, é símbolo de sacrifício, pois essa ave pica o próprio peito para sangrar e dar de alimento para os filhotes.

Depois da visita pelo museu, subimos para as torres da Catedral, onde estão os sinos. São três no total em cada torre, dois menores e um ENORME (com cinco toneladas).

Sinos da torre da Catedral

Sinos da torre da Catedral

Desse terraço, temos uma vista privilegiada da Plaza de Armas e dos vulcões.

Vista da Plaza de Armas Arequipa, Peru

Vista da Plaza de Armas

Vista do Vulcão Misti Arequipa, Peru

Vista do Vulcão Misti

O tour pela Catedral dura cerca de 1 hora e ocorre das 9h às 17h.

Arequipa

No próximo post, falaremos do City Tour nos ônibus de 2 andares que fizemos na manhã do dia seguinte.

 
 
 
(Facebook   Twitter   Instagram)
 
 
 

______________________________________________

Posts relacionados:

Roteiro – 9 dias no Peru com crianças (Arequipa, Puno, Cusco, Machu Picchu)

Como foi viajar pelo Peru com crianças?

Hospedagem em Arequipa (Las Torres de Ugarte)

 

Categorias: Arequipa, Peru, Viajando | Tags: , , , , , , , | Deixe um comentário

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: