Posts Marcados Com: Onde ir em New York

Rockefeller Center e Top of the Rock

Após o passeio no MOMA, caminhamos para o Rockefeller Center. Nosso objetivo era subir ao Top of the Rock (TOR)  para ver a cidade ainda de dia, pois a vista do Central Park desse edifício é melhor do que do Empire State Building. Então, ficaríamos até anoitecer para ter a visão da cidade iluminada à noite. Porém, quando chegamos à entrada do Top of the Rock, na 50th Street entre a 5th e 6th Avenues, descobrimos que era preciso agendar um horário para a subida. O agendamento era feito naquele momento e não adiantado, mas para um horário mais tarde e só tinha para 16h. Como estava escurecendo por volta de 16:30h, não sabíamos se conseguiríamos pegar a vista ainda com a luz do sol. Enquanto esperávamos o nosso horário, ficamos passeando pelo Rockefeller Center.

Rockefeller Center New York

Rockefeller Center

O Rockefeller Center é composto por 19 edifícios, a maioria em estilo Art Déco. É cheio de obras de artes expostas por todos os lados e integra escritórios, jardins, restaurantes (Dean & Deluca, Magnolia Bakery, Subway, etc) e lojas (LEGO, Nintendo, Banana Republic, Gamestop, entre várias outras). É oferecido um tour guiado pelos prédios e artes do Rockefeller que ocorre todos os dias às 10h. Existe também um tour pelos bastidores da NBC. Para maiores informações sobre esses tours, link.

Árvore de Natal Rockefeller Center New York

Árvore de Natal

Nós demos apenas uma volta e tiramos foto o mais próximo possível da famosa Árvore de Natal, já que a multidão de gente impossibilitava maiores aproximações. Estava praticamente impossível de andar.

 Rockefeller Center New York

Foto tradicional!

No subsolo do Rockefeller tem um shopping com várias opções de lojas e restaurantes. Ficamos passeando por lá, que estava mais vazio, até o horário do Top of The Rock, e nos dirigimos ao local de subida. Nossa entrada estava incluída no CityPASS. Criança paga ingresso a partir dos 6 anos. O horário de funcionamento é das 8h à meia noite, sendo que o último elevador sobre às 23h. Passa-se por revista de bolsas e pega-se o elevador. Pode subir com carrinho de criança. O teto do elevador tem uma projeção bem legal. Chegamos ao topo com o finalzinho da luz do dia, mas ainda deu para curtir um pouco da vista de dia e acompanhar a transformação das luzes acendendo e a vista ficar maravilhosa toda iluminada. Achei que deu para curtir mais a paisagem do Top of the Rock do que do Empire State Building essa época do ano porque os vidros do TOR bloqueiam mais o vento e tornam o frio mais suportável.

Teto do elevador Top of the Rock Rockefeller Center New York

Teto do elevador

Vista do Central Park do Top of the Rock  Rockefeller Center New York

Vista do Central Park

Top of the Rock  Rockefeller Center New York

Anoitecendo

Vista do Top of The Rock Rockefeller Center New York

Vista do Top of The Rock

Sempre fica aquela dúvida, qual é melhor, o Top of the Rock ou o Empire State? Na minha opinião, são bem diferentes. O ESB dá uma visão mais geral de Manhattan em 360°, oferecendo uma vista melhor de Downtown. Por outro lado, a visão do Central Park é bem limitada, enquanto no TOR é perfeita. Se dá para fazer os dois, minha sugestão é como nós fizemos, ir em um de dia e no outro à noite. Se tem que optar por um, recomendaria o ESB que achei a vista mais completa (o ruim foi só o frio).

Top of the Rock  Rockefeller Center New York Top of The Rock New York

Encerramos a noite com mais uma volta no Rockefeller para tirar foto na Árvore de Natal iluminada e seguimos caminhando para passear pela Times Square, que merece um post exclusivo.

Noite no Rockefeller Center

Noite no Rockefeller Center

Árvore de Natal iluminada Rockefeller Center New York

Árvore de Natal iluminada

 
 
(Nos acompanhem também noFacebook      Twitter      Instagram)
 
__________________________________________________________________________________

Posts relacionados:

Grand Central Terminal, Chrysler Building, New York Public Library, Bryant Park

Radio City Music Hall Christmas Spectacular em Nova York

Relatos – Dia 9: Universal Studios

Restaurantes – RAINFOREST CAFE

Vídeo – Dia 4 (Animal Kingdom e Rainforest Cafe)

Categorias: EUA, Nova York, Viajando | Tags: , , , , , , , , , | Deixe um comentário

MOMA – Museum of Modern Art

Depois do passeio por Lower Midtown, passando pelo Grand Central Terminal, Chrysler Building, NY Public Library e Bryant Park, com direito a patinação no gelo, seguimos para uma tarde no MOMA (link).

MOMA New York

No início eles estavam tão quietinhos…

MOMA é o Museu de Arte Moderna de Nova York. Está localizado na 53rd Street entre a 5th e a 6th Avenues. Para quem tem CityPASS, como era o nosso caso, a entrada está incluída. Para quem vai comprar ingresso, vale lembrar que até 16 anos a entrada é gratuita e que nas sextas-feiras das 16h às 20h todos os visitantes entram de graça.  O horário de funcionamento é todos os dias da semana das 10:30h às 17:30h (e sexta até 20h).

MOMA Museum of Modern Art New York MOMA New York MOMA Museum of Modern Art New York MOMA Museum of Modern Art New York

No MOMA se encontra uma das maiores coleções de arte moderna do mundo, com cerca de 150 mil obras de artistas como Van Gogh e Picasso, além de artes de fotografia e do cinema. Quando estava montando nosso roteiro, tentei agradar todos do meu grupo e minha mãe era quem mais gostava de arte moderna. Porém, no fim, o passeio foi bem mais interessante do que eu imaginava. Teria sido muito melhor se não fosse um pequeno detalhe: a superlotação. Estava absolutamente LOTADO. Não apenas o MOMA, mas a cidade toda. Quanto mais se aproximava do Réveillon, mas brotava gente por todos os lados, de forma que não existia mais um local que não estivesse cheio em todos os níveis daquela enorme cidade, fosse de baixo da terra nos inúmeros túneis subterrâneos do metrô, fosse ao nível das ruas, fosse nos arranha-céus. 

MOMA NY

Arte interativa. Come a bala…

MOMA Museum of Modern Art New York

…e joga o papel de volta

Como estávamos com nosso CityPASS e não precisamos entrar na fila para comprar ingresso e fomos direto para entrada felizes da vida… Mas fomos barrados devido às mochilas. Alegria de pobre dura pouco mesmo, viu? Porque logo que meu irmão e marido foram atrás do guarda volume, descobriram que só a fila dele já era algo impressionante. Mas fazer o quê? Como meu filho queria usar o banheiro, resolvi entrar na frente com ele no carrinho e não houve a menor restrição ao carrinho de bebê. Depois fiquei esperando na entrada já pelo lado de dentro, só vendo que não parava de entrar mais e mais gente. Após uma meia hora, meu irmão veio avisar que ainda faltava muito para chegar a vez deles e que não ia valer a pena. A solução foi revezar, pois como ele não gostava muito desse tipo de museu e o passeio era mais para minha mãe, ele ia ficar do lado de fora com as mochilas enquanto nós entravámos e conhecíamos. E depois, se fosse o caso, nós trocávamos para eles entrarem só para conhecerem rapidinho. Só que eu vi a moça da entrada barrando uma família porque também estava com mochila, mas a mulher perguntou algo que não ouvi e tirou a mochila das costas e pôs no carrinho. Na hora, eu fui lá perguntar se assim podia entrar. E podia. Até achei que estava entendendo algo errado no inglês, mas não. Sinceramente, não sei a diferença de entrar com mochila nas costas da pessoa, ou nas costas de um carrinho de bebê (e só podia ser pendurado nas costas do carrinho, o que fazia o bendito virar toda hora já que as crianças não paravam muito sentadas neles). Se alguém tiver uma explicação lógica para isso, agradeço. Mas, enfim, colocamos as mochilas nos carrinhos e assim todos entramos.

MOMA

Só que já não dava mais para curtir a cidade direito, porque a concentração de pessoas já era insuportável. Demos uma volta, mas as crianças já estavam entediadas. Não tinha muito para os meninos no MOMA ou não dava para encontrar algo que conseguisse entretê-los. Deixamos minha mãe curtir um pouco e seguimos nosso caminho para o Top of the Rock.

 
 
 
(Nos acompanhem também noFacebook      Twitter      Instagram)
 
__________________________________________________________________________

Posts relacionados:

Relatos – Dia 4: Animal Kingdom

Relatos – Dia 10: Busch Gardens

Restaurantes – THE VIEW RESTAURANT (Ceia de Natal)

Restaurantes – MEDIEVAL TIMES

Viajando com crianças (parte 2): envolvendo os pequenos

Categorias: EUA, Nova York, Viajando | Tags: , , , , , , , | 1 Comentário

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: