Posts Marcados Com: Ollantaytambo

Peru com crianças – Machu Picchu, parte 1: de Ollanta para Aguas Calientes

Seguimos para Aguas Calientes ao final do tour pelo Vale Sagrado, pegando o trem na estação de Ollantaytambo. Compramos os tickets diretamente pelo site da Perurail e escolhemos um horário mais para o início da noite para não atrapalhar a visita às ruínas de Ollantaytambo. O tour do Vale Sagrado chega a Ollanta por volta das 15:00, de forma que, se for pegar o trem, é melhor deixar para mais tarde e evitar correrias. Nosso trem saía às 19:00, então tivemos tempo de dar uma volta pela pequena cidade e lanchar com as crianças antes de nos encaminharmos para a estação de trem. Na entrada, basta mostrar o voucher impresso em casa e os passaportes para ter acesso ao terminal de embarque. É necessário chegar, no mínimo, meia hora antes do horário de partida do trem.

De Ollantaytambo para Aguas Calientes, Peru com crianças De Ollantaytambo para Aguas Calientes, Peru com crianças

Para essa viagem de 1h e meia até Aguas Calientes fomos no trem mais simples, o Expedition, mas que é muito confortável, com poltronas largas e grandes janelas laterais. Como estava de noite, não deu para curtir muito a vista. Por isso, recomendo, se possível, marcar o retorno para o dia e ainda aproveitar a paisagem. No Expedition servem um lanche bem simples, apenas um snack e uma bebida.

Perurail Expedition, De Ollantaytambo para Aguas Calientes, Peru com crianças Perurail Expedition, De Ollantaytambo para Aguas Calientes, Peru com crianças

Aguas Calientes fica à margem do rio Urubamba e é cortada pelo rio Aguas Calientes. É o ponto final do trem e o ponto de apoio para todos que querem subir a Machu Picchu. Logo, a cidade sobrevive disso.

A rua principal, ao longo do trilho do trem, é repleta de lojas de artesanato, restaurantes e hotéis. Um dos atrativos da cidade são as piscinas naturais, as termas, mas nós não chegamos a conhecer.

Aguas Calientes, Peru com crianças Aguas Calientes, Peru com crianças

Chegamos a Aguas Calientes já de noite e fomos direto para nosso hotel que ficava bem em frente da linha do trem. Entretanto, tivemos problemas com o hotel, para o qual fizemos a reserva pelo Hotéis.com. Foi a primeira vez que algo deu errado nas nossas reservas online. O problema foi que o hotel reservou mais quartos do que tinha disponível e, quando chegamos, não havia mais vagas. Mostramos nosso voucher de reserva impresso há meses e a funcionária ficou toda sem jeito. Foi procurar outro hotel que tivesse quarto àquela hora e ainda tinha que ser para quatro pessoas. Acabou nos encaixando num hotel próximo, mas em quarto triplo. Os meninos tiveram que dividir a cama e, mesmo não tendo gostado muito do hotel, não tínhamos muita opção naquele momento. Sendo apenas um pernoite, encaramos, mas sem dúvida não recomendo o hostel La Payacha que nos causou todo esse transtorno. Na confusão, nem tirei fotos dos hotéis, ou dos quartos, por isso nem farei um post exclusivo sobre eles.

Fachada do hostel La Payacha, Aguas Calientes, Peru com crianças

Fachada do hostel La Payacha

Aguas Calientes já estava bem deserta às 21:00, mas as lojinhas ainda estavam abertas e muitos restaurantes funcionavam. Paramos em um apenas para comer uma pizza rápida antes de nos entregarmos ao cansaço e nos prepararmos para o que nos aguardava no dia seguinte, a cereja do bolo, o ápice dessa viagem, o qual não foi deixado por último à toa. Era dia de conhecermos a cidade mágica dos incas. Era dia de Machu Picchu.

 
 
(Facebook   Twitter   Instagram)

_______________________________________

Posts relacionados:

Hostel em Cusco (Los Áticos)

Peru com crianças – Cusco (Boleto Turístico)

Peru com crianças – Cusco (City Tour)

Peru com crianças – Tour pelo Vale Sagrado dos Incas

Anúncios
Categorias: Águas Calientes, Machu Picchu, Peru, Viajando | Tags: , , , , , , | Deixe um comentário

Peru com crianças – Tour pelo Vale Sagrado dos Incas

No dia do tour pelo Vale Sagrado, fizemos o check-out no hotel, pois à noite iríamos seguir para Aguas Calientes, onde pernoitaríamos antes de subir a Machu Picchu. Esse é um esquema muito comum, de forma que os hotéis guardam a bagagem dos hóspedes para que não precisem carregar tudo. O hotel não cobrou nenhuma taxa extra para guardar nossa mala. Portanto, saímos apenas com uma mochila contendo uma muda de roupa e material de higiene pessoal.

Nosso ônibus saía às 9h, mas o horário marcado em frente à agência de viagem, próximo da Plaza de Armas, era às 8:45. Para esse tour, independente se acompanhado ou não de criança, não se deve esquecer de passar protetor solar, mesmo durante o inverno. Também é bom levar água e algum lanchinho para as crianças.

Nós fechamos o tour com a mesma agência que fizemos o City Tour no dia anterior. Foram organizados, pontuais, e o guia turístico, o Jesus, era bem preparado e transmitia muitas informações importantes e interessantes. O valor que pagamos foi 50 soles por adulto (incluindo o almoço) e 25 soles por criança (sem almoço, mas disseram que como era em Buffet, eles podiam comer conosco sem problema). Vale lembrar que, para entrada nos sítios arqueológicos, é necessário o Boleto Turístico.

O tour que fizemos incluía a visita a Pisac, um almoço (incluído no valor pago) em um restaurante buffet em Urubamba, além de Ollantaytambo e Chinchero. É um tour de dia inteiro, sendo o retorno para Cusco (para aqueles que não ficam em Ollantaytambo) já à noite. Nós não voltamos com o grupo para Cusco, e não conhecemos Chinchero, pois pegamos o trem para Aguas Calientes na estação da Perurail em Ollantaytambo. É uma boa opção para quem quer ganhar tempo, já que a viagem de Ollanta para Aguas Calientes é mais curta.

Tour Vale Sagrado, Cusco, Peru com crianças

É comum encontrar essas vaquinhas em cima dos telhados das casas. Creem que traz sorte.

A viagem de Cusco para Pisac dura cerca de 45 min a 1h. Antes de chegarmos ao Sítio Arqueológico de Pisac, o ônibus fez uma parada de uns 30 minutos num pequeno mercado artesanal, o Willka Pukara.

Tour Vale Sagrado, Cusco, Peru com crianças Tour Vale Sagrado, Cusco, Peru com crianças

Os meninos quiseram tirar mais fotos com as llamas. Lembrando que as senhoras que ficam com esses animais para foto cobram uma gorjeta para isso, normalmente apenas 1 sol, mas claro que não vão achar ruim se quiser pagar mais.

Tour Vale Sagrado, Cusco, Peru com crianças

Essa parada é uma boa hora para usar o banheiro do local, pois em Pisac não há. Cobram 1 sol, prática comum no Peru. Até em Machu Picchu há uma taxa para utilizar o banheiro.

Pisac

Pisac começou como um posto militar para combater invasores. Posteriormente, passou a ser um centro religioso e residencial. É possível ver os amplos terraços agrícolas onde eram plantadas centenas de tipos de batatas.

Pisac Tour Vale Sagrado, Cusco, Peru com crianças

Terraços agrícolas de Pisac

Passando por um caminho estreito (é importante estar atento às crianças porque há o precipício do vale sem qualquer proteção), chegamos às escadas que levam ao alto da colina, onde há ruínas de enormes muros de pedras. É uma senhora subida e a altitude não colabora muito. Do topo dá para tirar fotos de todo o vale.

Pisac, Tour Vale Sagrado, Cusco, Peru com crianças Pisac, Tour Vale Sagrado, Cusco, Peru com crianças

A vista do vale é incrível em Pisac.

Pisac, Tour Vale Sagrado, Cusco, Peru com crianças

Pisac, Tour Vale Sagrado, Cusco, Peru com crianças Pisac, Tour Vale Sagrado, Cusco, Peru com crianças

Numa montanha ao lado das ruínas podemos ver pequenos buracos que eram covas de um cemitério inca.

Pisac, Tour Vale Sagrado, Cusco, Peru com crianças

Permanecemos cerca de 1 hora em Pisac, entre o tour guiado e um tempo livre para fotos e exploração da área.

Ainda próximo a Pisac, o ônibus fez uma parada numa loja de fábrica de produtos de prata, chamado “Tesoro de Los Incas“. Não tenho muita noção de preços, mas devia ser mais barato comprar prata lá do que em qualquer lugar do Brasil.

Urubamba

Saindo de Pisac, levamos mais uns 40 minutos até Urubamba, uma cidade maior e com opções para alimentação e hospedagem. Não chegamos a conhecer a cidade propriamente dita.

Como nosso tour já incluía o almoço, fomos direto para o restaurante, que era em sistema de Buffet Livre. Essa parada para o almoço ocorre já quase 14h, por isso é importante ter lanche para as crianças na mochila. O restaurante era muito bom, com várias opções de pratos, típicos ou não, além de sobremesas. Os meninos não pagaram o buffet, mas comeram normalmente. Apenas a bebida era paga à parte, e era bem carinha, por sinal. Tivemos 45 minutos para almoço antes de retornar para o ônibus e seguir para Ollantaytambo.

Almoço Tour Vale Sagrado, Cusco, Peru com crianças Urubamba, Tour Vale Sagrado, Cusco, Peru com crianças Urubamba, Tour Vale Sagrado, Cusco, Peru com crianças Urubamba, Tour Vale Sagrado, Cusco, Peru com crianças

Ollantaytambo

De Urubamba para Ollantaytambo é uma curta viagem de uns 30 minutos. Mal dá para fazer a digestão, de forma que um bom conselho aqui é que, apesar de ser buffet livre, evite comer demais ou vai pagar todos os pecados em Ollantaytambo. Ao menos vai ter a certeza de que gastará todas as calorias ingeridas no almoço.

Ollantaytambo, Tour Vale Sagrado, Cusco, Peru com crianças

Muitas escadas até o topo

Além das ruínas, Ollantaytambo é uma pequena cidade que tem opções de hospedagem e vários restaurantes e lanchonetes. Há, também, uma estação da Perurail, onde muitos turistas optam por pegar o trem para Aguas Calientes.

Ollantaytambo, Tour Vale Sagrado, Cusco, Peru com crianças

Ollantaytambo

Na frente da entrada do sítio arqueológico há um pequeno mercado artesanal.

Ollantaytambo, Tour Vale Sagrado, Cusco, Peru com crianças

Ao entrar, nos deparamos logo com a grandiosidade do local. Primeiro o guia faz uma passagem por alguns pontos dando informações gerais. Depois temos um tempo livre para explorar melhor da forma que desejarmos. O ônibus fica em Ollantaytambo por cerca de 1h e meia, mas como não seguiríamos para Chinchero, ficamos mais à vontade. Porém, cometemos a besteira de deixar nossas coisas dentro do ônibus e o marido teve que sair para buscar.

Ollantaytambo, Tour Vale Sagrado, Cusco, Peru com crianças Ollantaytambo, Tour Vale Sagrado, Cusco, Peru com crianças

Ollantaytambo foi inicialmente chamada de Qosqo Ayllu. O nome Ollantaytambo é uma referência ao nome do general inca que se apaixonou pela filha do imperador Pachacutéc. A cidade tem grande importância para os peruanos devido à maior vitória dos incas sobre os espanhóis. Todas as enormes pedras da fortaleza foram trazidas das montanhas vizinhas. Então, considerando que algumas pesam toneladas, é possível imaginar a dificuldade que foi construí-la. Vale ressaltar que toda a fortaleza é sismo-resistente, pois foi construída com vigas de sustentação e com espaços livres entre as pedras, capazes de suportar as ondas sísmicas de um terremoto.

Ollantaytambo, Tour Vale Sagrado, Cusco, Peru com crianças Ollantaytambo, Tour Vale Sagrado, Cusco, Peru com crianças

A subida até o topo da colina pode ser desgastante, mas compensa todo o esforço. Quem está com crianças, mais uma vez vale a lembrança de atenção redobrada, estando sempre de mãos dadas.

Ollantaytambo, Tour Vale Sagrado, Cusco, Peru com crianças

Na montanha em frente às ruínas, podemos ver na encosta a imagem de Tunupa, o guardião dos alimentos, ao lado de onde os alimentos ficavam guardados. Além disso, a armazenagem dos alimentos àquela altura favorecia a sua conservação mesmo em dias de sol intenso, pois o vento forte que bate na montanha mantinha o local bem fresco.

Ollantaytambo, Tour Vale Sagrado, Cusco, Peru com crianças Ollantaytambo, Tour Vale Sagrado, Cusco, Peru com crianças

De acordo com a cultura inca, tudo que estava no céu deveria ser representado na terra, assim, existem vários trabalhos manuais nas pedras que retratam os astros, como por exemplo, a constelação do cruzeiro do sul representado nas pedras da fortaleza de Ollataytambo, conhecida como “Chacara” (a cruz quadrada).

Ollantaytambo, Tour Vale Sagrado, Cusco, Peru com crianças

Como nosso trem para Aguas Calientes era apenas às 19:00, tínhamos tempo para dar uma volta pela cidadezinha. Passeamos pela praça, fizemos um lanche e assistimos ao pôr do sol nas montanhas.

Praça de Ollantaytambo, Tour Vale Sagrado, Cusco, Peru com crianças

Praça de Ollantaytambo

Fomos caminhando para a estação do trem e seguimos a viagem de 1h e 30 minutos para Aguas Calientes. Falaremos melhor de todo o deslocamento para Machu Picchu no próximo post.

Ollantaytambo, Tour Vale Sagrado, Cusco, Peru com crianças Ollantaytambo, Tour Vale Sagrado, Cusco, Peru com crianças

 
 
 
(Facebook   Twitter   Instagram)

_______________________________________

Posts relacionados:

Roteiro – 9 dias no Peru com crianças (Arequipa, Puno, Cusco, Machu Picchu)

Peru com crianças – viajando de avião com a Peruvian Airlines

Peru com crianças – viajando de ônibus (Cruz del Sur e Oltursa)

Peru com crianças – viajando de trem de Puno para Cusco (Andean Explorer)

Peru com crianças – Arequipa (Monastério de Santa Catalina)

 

 

 

Categorias: Cusco, Peru, Viajando | Tags: , , , , , , , , , , | 2 Comentários

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: