Posts Marcados Com: O que fazer em New York

American Museum of Natural History, New York

Era nosso último dia de viagem e à noite sairia nosso voo de volta para o Brasil. No roteiro original, tínhamos dois objetivos programados, o Museu de História Natural e o Museu Metropolitano. Ambos estavam incluídos no CityPASS, portanto já pagos. A ideia era fazer o passeio por um, atravessar o Central Park, e ir no outro, já que eles ficam praticamente na mesma altura em lados opostos do Central Park. Depois voltaríamos para o Milford Plaza para pegar as malas e o Super Shuttle que nos levaria para o aeroporto e já estava agendado para 17:30. Tudo planejado? Mas os imprevistos acontecem e mais uma vez é o momento de ter flexibilidade e ajustar os planejamentos.

Resolvemos fazer o check-out do hotel para não sermos cobrados por mais uma diária. Acordamos cedo para agilizar tudo, as malas já estavam prontas, todos arrumados, mas o hotel estava muito movimentado e o processo de check-out não foi dos mais rápidos. Ainda tínhamos que descer toda a bagagem (que era muita) e deixar no guarda-volumes do hotel. Solicitamos ajuda para descer as malas, esperamos, esperamos, esperamos, e nada. Acabamos tendo que nos virar sozinhos. Isso também levou um bom tempo e ainda tinham as crianças para ficar de olho. O Milford guarda as malas, mas cobra uma taxa por volume deixado. Quando finalmente o check-out estava finalizado e as malas devidamente identificadas e guardadas, já eram mais de 11 horas da manhã. Não daria tempo de ir nos dois museus e tivemos que optar por um. Ficamos naquele conflito, até porque já tínhamos visitado o Museu de História Natural de Washington e pensamos em ir ao Met. Mas priorizando as crianças, e optamos mesmo pelo Americam Museum of Natural History e foi a melhor coisa que fizemos no sentido de que os meninos se divertiram muito. Entretanto, como não podia deixar de ser, estava LOTADO! E foi um verdadeiro jogo de paciência.

A frente do AMNH New York

A frente do AMNH

Fomos de metrô, a partir do Port Authority, linha C, até Museu de História Natural na 81st Street. Tem uma entrada para o museu direto pelo subsolo na saída do metrô. Só que a fila era tão monstruosa que nem conseguíamos identificar onde terminava. Tínhamos o CityPASS (os adultos), porém, no AMNH, criança paga entrada a partir de 2 anos. O preço da admissão geral do museu é sugerido (sem o planetário ou IMAX, que é cobrado uma taxa fixa). Era tanta gente, mas tanta gente naquele lugar, que não fizeram questão alguma da entrada dos meus filhos. Entretanto, acabamos não visitando o Rose Center nem fomos no Hayden Planetarium, que estava reservando horário e só havia disponível para depois das 16h. Na verdade, esse passeio foi mais para dizer que fomos, mas sem dúvida precisaremos voltar para conhecer com calma e sem tanta muvuca.

Americam Museum of Natural History New York

Onde está Wally?

America Museum of Natural History America Museum of Natural History

O AMNH é enorme, ocupando 4 quarteirões. Fundado em 1869, ele possui mais de 30 milhões de espécies e artefatos em 45 salões de exposições permanentes. Ocorrem também exposições temporárias que exploram assuntos culturais e científicos contemporâneos. Além disso, o museu atua no campo de pesquisas científicas, buscando a compreensão das culturas humanas, da natureza e do universo; e no campo da educação, divulgando informações de assuntos científicos para adultos e crianças (fonte: site do AMNH, link).

O setor que mais fez sucesso com os meninos foi o dos dinossauros. Não saberei descrever qual foi o percurso exato que fizemos, e sequer conseguimos visitar o museu todo, simplesmente porque eu mal conseguia me localizar ali dentro. Éramos meio que levados pelo fluxo de pessoas e resolvemos curtir do jeito que desse.

America Museum of Natural History Nova Iorque America Museum of Natural History America Museum of Natural History New York

O museu tem 5 andares. O andar do subsolo é o que tem a entrada direto pela estação do metrô. Nesse nível, fica a praça de alimentação e o Salão do Universo. No primeiro andar, dentre todos os salões, os que mais gostamos foram: o dos mamíferos da América do Norte, que é impressionante o trabalho feito no habitat desses animais e a pintura de fundo, que é uma verdadeira obra de arte dando uma tremenda sensação de profundidade como se víssemos o horizonte; o da vida marinha, com as enormes baleias; e o salão dos meteoritos. Os meninos também gostaram bastante da parte dos indígenas e da evolução humana. É também nesse andar que fica a sala do cinema IMAX.

America Museum of Natural History

Prestando atenção em tudo

American Museum of Natural History

Salão dos Indígenas

Já no segundo andar, vimos os mamíferos africanos e os mamíferos asiáticos com a mesma perfeição de ambientação já citada, e as diferentes características dos povos asiáticos, africanos, da América Central e da América do Sul. Nesse andar, o que mais chamou atenção das crianças foi a parte das aves mamíferas. É nesse andar que fica o Hayden Big Bang Theater, que é um teatro bem diferente onde as pessoas precisam olhar para baixo para um tela côncava onde passa uma apresentação sobre o Big Bang. Infelizmente, nós não conseguimos assistir.

Americam Museum of Natural History New York America Museum of Natural History

Americam Museum of Natural History New York

No terceiro andar, temos mais de mamíferos africanos, mas a diversão das crianças foi no salão dos primatas. Nesse andar também encontramos exposição de pássaros, povos indígenas, répteis e anfíbios.

America Museum of Natural History

Meus macaquinhos!

America Museum of Natural History

Adoraram o salão dos primatas

O quarto e último andar é exatamente pelo qual recomendo começar a visita, pois é onde estão os dinossauros que a garotada adora.

Americam Museum of Natural History New York America Museum of Natural History America Museum of Natural History America Museum of Natural History America Museum of Natural History

Resumindo, é um passeio maravilhoso para fazer com criança em New York. Meus filhos se divertiram muito, brincaram e aprenderam. Dá para ficar facilmente um dia inteiro ali dentro, pois mal vimos as horas passarem e ainda deixamos de visitar muitas coisas ou passamos rápido por outras. Saímos do museu já mais de 15h e nem havíamos almoçado. Logo atrás do AMNH, na esquina da Columbus Ave com a 77th Street, tem uma Shack Shake, e fomos comer algo antes de voltar para o hotel. Foi o tempo certinho de pegar as malas e o Super Shuttle chegar para nos levar ao aeroporto. Era o fim dessa inesquecível viagem em família.

Veja também os vídeos:

New York (parte 1)

New York (parte 2)

FIM!

FIM!

 
 
(Nos acompanhem também noFacebook      Twitter      Instagram)
 
_______________________________________________________________________________

Posts relacionados:

Circle Line Cruise – Passeio de Barco em NYC

Washington D.C. – um bate e volta de trem a partir de Nova York

Roteiro – 6 dias em Nova York e 1 dia em Washington D.C.

Rockefeller Center e Top of the Rock

Viajando – Post-índice

Anúncios
Categorias: EUA, Nova York, Viajando | Tags: , , , , , , , , | 1 Comentário

Circle Line Cruise – Passeio de Barco em NYC

Nossa ideia inicial era fazer o passeio para Estátua da Liberdade descendo na ilha e subindo até a coroa da estátua, mas ela estaria fechada no período da nossa viagem. Como resolvemos comprar o CityPASS, poderíamos escolher entre fazer o passeio pela Statue Cruise (link), parando na ilha da Estátua de Liberdade e na Ilha Ellis, ou o tour de barco pelo Circle Line, que passava pertinho da Estátua, mas não parava. Nosso tempo em New York era curto e a cidade oferece tanta coisa para fazer que precisamos otimizar ao máximo os minutos disponíveis. Para descer na ilha, leva mais tempo. Como não poderíamos subir à coroa, achamos que seria indiferente ver a estátua de perto no barco ou na ilha, e ganharíamos tempo para fazermos outras coisas. Esse foi o raciocínio para optar pelo tour do Circle Line e, com sinceridade, não nos arrependemos. Muitas pessoas optam por uma visita mais barata, pegando as balsas que operam desde 1810 levando os moradores para Staten Island e é gratuita. Da mesma forma, a Staten Island Ferry passa perto da Estátua da Liberdade e oferece uma boa vista da skyline de Manhattan rendendo ótimas fotos. É uma excelente opção se o objetivo não for descer na ilha e quiser economizar, além de tempo, dinheiro, já que o CityPASS não é uma boa opção para quem quer economia.

Manhattan

Manhattan

Enfim, fomos fazer nosso tour de barco e optamos pelo Semi Circle ao redor de Manhattan. O Circle Line oferece opções variadas de passeio como: Semi Circle Cruise, que faz um semicírculo ao redor de ilha de Manhattan; Liberty Cruise, vai só até a frente da Estátua e volta; Harbor Light Cruise, faz o mesmo percurso do Semi Circle, mas no horário do pôr do sol, pegando Manhattan iluminada à noite; Beast Speedboat Ride, faz o mesmo percurso do Liberty Cruise, só que mais rápido; e ainda o Full Island Cruise, que dá uma volta completa na ilha de Manhattan. Os quatro primeiros estão incluídos como opção no CityPASS. Já o Full Island está disponível apenas como upgrade com pagamento de taxa extra. Para maiores informações sobre cada opção, horários e percursos, link. E lembram que eu disse que não paguei o CityPASS para os meninos porque era apenas para maiores de 6 anos, já que, na maioria das atrações, eles não pagavam entrada pela idade? Pois é, mas o Circle Line cobra ingresso de crianças a partir de 3 anos. Então, comprei os ingressos deles antecipado online. Crianças de 0 a 2 anos não pagam.

Percursos (fonte: site do Cruise Line)

Percursos (fonte: site do Cruise Line)

Circle Line

Vista do tour no Circle Line

Fomos caminhando da 8th Avenue até o píer 83, localizado na 42nd Street com a 12th Avenue. Chegando ao local, é preciso trocar o voucher e o ticket do CityPASS pela entrada. Já tinha uma fila no guichê, mas chegamos cedo e eles recomendam mesmo chegar uns 45min antes do horário marcado para saída. Quando fomos, tinha o Semi Circle Cruise pela manhã em Dezembro, mas olhando os horários agora no site, vi que houve mudança. Os horários variam de um mês para outro, então é importante verificar de acordo com o período da visita para acertar o roteiro. O nosso tour começava às 10h e nos programamos para chegar ao píer umas 9h.

Área fechada do barco Circle Cruise Line New York

Área fechada do barco

Vista do Distrito Financeiro Circle Cruise Line New York

Vista do Distrito Financeiro na área externa

Falando especificamente do tour que fizemos, o Semi Circle, ele tem duração de 2 horas e sai do Circle Line no píer 83 que fica ao lado do Intrepid Sea, Air & Space Museum, o museu do porta-aviões. Segue pelo Hudson River em direção à Estátua da Liberdade com Manhattan do nosso lado esquerdo de Midtown até Downtown. Quando chega em frente à Estátua, dá uma parada rápida para tirarmos fotos. Daí segue circulando o Battery Park e pegando o East River. Então, vemos Manhattan pelo outro lado, passamos por baixo da Manhattan Bridge e pela Brooklyn Bridge. Depois faz o retorno para o píer 83.

Circle Line NYC Circle Line NYC Circle Line NYC

Circle Cruise Line New York

A Estátua da Liberdade foi inaugurada em 1886 pelo presidente Cleveland e projetada pelo escultor Frédéric-Auguste Bartholdi, sendo um presente da França em homenagem ao centésimo aniversário dos EUA em 1876. Ela mede 93m e pesa 225 toneladas. A chama atual folheada a ouro é uma réplica da original que foi corroída e os sete raios da coroa representam os sete mares e os sete continentes. Na plataforma, funciona um museu. Na Ilha Ellis, também existe um museu.

Estátua da Liberdade New York

Estátua da Liberdade

Estátua da Liberdade New York

O objetivo do tour era ela!

Esse tour de barco é bem legal para ter uma visão diferente da enorme Manhattan, além da própria Estátua da Liberdade. Além disso, é um passeio tranquilo, que serve até para dar uma descansada da maratona da viagem. É bom chegar cedo para pegar logo a fila e entrar na frente para sentar próximo às janelas na parte interna (no frio, é essencial ter esse abrigo). Por falar em frio, essa é uma recomendação muito importante: não economizar na roupa. Tudo que tem direito, roupa térmica, casaco grosso, luvas, cachecol, gorro… Faz muito frio. Vou repetir: FAZ MUITO FRIO! Lembrando que estou falando de Dezembro, ok? O vento é de cortar a pele. Principalmente quem está viajando com crianças, tem que agasalhá-las muito bem e garantir um bom lugar na área fechada, pois os pequenos não aguentam mesmo ficar na área externa. Nós saímos com os meninos apenas para algumas fotos.

Circle Cruise Line New York Circle Line NYC Circle Cruise Line New York

O roteiro era bem diferente no restante desse dia. Como o tour termina no mesmo local da saída, íamos conhecer o Intrepid (link), um museu no porta-aviões da Segunda Guerra (tem um submarino, caças de 1940, além de simuladores de voo), depois iríamos para o Chelsea Market (link) com um passeio pelo High Line Park (um parque suspenso). Mudou tudo! Acontece que como perdemos o nosso voo de Orlando para NY (falado nos perrengues de viagem), acabamos não tendo tempo para compras. E esse é um daqueles momentos em que é preciso flexibilidade no roteiro para alterá-lo de acordo com a necessidade e interesse do grupo. Com o aval dos homens, que pareciam até mais empolgados para trocar o Intrepid pelas compras do que as mulheres, deixamos o museu para outra oportunidade e seguimos para a Century 21 e depois para a Macy’s, fazendo uma tarde de últimas compras.

Circle Cruise Line New York

Intrepid lá atrás

Macy`s New York

Macy´s

Macy's Nova Iorque

Macy´s

À noite, foi momento de um último passeio pela Times Square e jantar no Bubba Gump. No dia seguinte, só teríamos visita a museus (eram dois, mas acabou que só fomos a um).

No Bubba Gump da Times Square

No Bubba Gump da Times Square

Adoro o Bubba Gump

Adoro o Bubba Gump

Bubba Gump New York

Bubba Gump

 
 
(Nos acompanhem também noFacebook      Twitter      Instagram)
 
____________________________________________________________________________________

Posts relacionados:

Washington D.C. – um bate e volta de trem a partir de Nova York

Times Square

Radio City Music Hall Christmas Spectacular em Nova York

Grand Central Terminal, Chrysler Building, New York Public Library, Bryant Park

Viajando – Post-índice

Categorias: EUA, Nova York, Viajando | Tags: , , , , , , , | Deixe um comentário

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: