Posts Marcados Com: O que fazer em Lima

Tour para Pachacamac em ônibus turístico

Já havíamos visitado os sítios arqueológicos mais centrais em Lima, o Huaca Pucllana e o Huaca Huallamarca. Faltava conhecer o Santuário Arqueológico de Pachacamac, que fica a 40km ao sul de Lima.

Para visitar o Pachacamac, pode-se pegar um táxi e ir por conta própria, mas lembrando de acertar o valor antes de entrar no carro. Nesse caso, pode ter algum problema para retornar para Lima, pois não vimos táxis no local. Outra questão a ser considerada é que também não havia guias na entrada para quem quer um pouco mais de explicação sobre o santuário. Os guias que estavam lá eram de grupos que vieram de Lima.

Outra opção é fechar o passeio com agências de viagens. Chegamos a pesquisar os valores e achamos caro. A alternativa que escolhemos, por ser mais barato do que agência e, ao mesmo tempo, ter estrutura com guia e não termos problemas com os deslocamentos, foi o tour nos ônibus panorâmicos (aqueles de 2 andares), o Mirabus. Fizemos também com essa empresa o tour pelo centro de Lima, mas não achamos que compensou e não recomendaria para quem tem mais tempo em Lima, já que preferimos explorar o Centro Histórico a pé. Por outro lado, o tour para Pachacamac se mostrou uma boa opção para quem deseja conhecer o santuário arqueológico. Ocorre de terça a domingo, saindo às 10h do Parque Kennedy em Miraflores. Os valores: 85 soles para adultos e 65 soles para crianças de 4 a 10 anos.

Tour Pachacamac Mirabus Lima Peru

Como o ônibus é aberto na parte de cima e pega-se uma rodovia, venta bastante (e, no inverno, o vento é frio), sendo necessário estar bem agasalhado. Também não se deve esquecer do protetor solar, principalmente no verão. Levamos cerca de 45 minutos para chegar à entrada do santuário onde há um museu, banheiros, uma lanchonete e alguns estandes vendendo artesanato. O ônibus faz uma parada de 15 minutos nesse local.

Tour Pachacamac Mirabus Lima Peru

Depois seguimos no próprio ônibus por dentro do santuário, passando por algumas ruínas. A guia vai dando as informações gerais, dentre elas:

– O santuário data de 200 d.C. e era visitado por milhares de peregrinos em grandes rituais andinos.

Pachacamac significa, em quéchua, “criador do mundo” e era um oráculo que previa o futuro e controlava o movimento da terra.

– O povo andino visitava os templos do santuário em busca de respostas para suas dúvidas e de soluções para seus problemas.

– Está localizado no Vale do Lurín.

– A construção do santuário ocorreu durante o desenvolvimento da cultura Lima (200 a 600 d.C), sendo que o apogeu do oráculo de Pachacamac se deu durante o império Wari (600 a 1100 d.C). A partir de 1100, os Ychmas se estabeleceram no santuário realizando inúmeros assentamentos habitacionais e administrativos. Em 1470, os Incas constroem o Templo do Sol e Pachacamac se torna uma importante capital provincial. Com a chegada dos espanhóis em 1533, inicia-se o processo de abandono do santuário.

Tour Pachacamac Mirabus Lima Peru

Pachacamac

A área total do Pachacamac é de 465 mil hectares e as principais construções são:

  • Pirâmide com rampa
Tour Pachacamac Mirabus Lima Peru

Pirâmide com rampa

  • Calle Norte-Sur
  • Taurichumpi
  • Calle Este-Oeste
  • Templo Viejo
  • Templo Pintado
Tour Pachacamac Mirabus Lima Peru

Templo Pintado

  • Templo del Sol
Templo del SolTour Pachacamac Mirabus Lima Peru

Templo del Sol

  • Plaza de los Peregrinos
  • Acllawasi (local onde viviam mulheres selecionadas por suas belezas e habilidades manuais para servir ao Império Inca).
Tour Pachacamac Mirabus Lima Peru

Acllawasi

A única parada que o ônibus fez para o grupo descer e caminhar foi no Templo do Sol.

Tour Pachacamac Mirabus Lima Peru

Contornamos o Templo del Sol e temos uma bela vista do Pacífico.

Tour Pachacamac Mirabus Lima Peru Tour Pachacamac Mirabus Lima Peru Tour Pachacamac Mirabus Lima Peru Tour Pachacamac Mirabus Lima Peru

Passamos cerca de 1 hora dentro do santuário, e foi suficiente. Depois o tour segue para um restaurante onde há algumas apresentações de danças típicas peruanas. Primeiro, na parte externa, assistimos a uma exibição do cavalo de passo peruano na dança chamada Marinera, cujo nome está relacionado ao mar devido ao movimento que a dançarina faz com o corpo e a roupa lembrando as ondas do mar.

Tour Pachacamac Mirabus Lima Peru marinera Tour Pachacamac Mirabus Lima Peru Tour Pachacamac Mirabus Lima Peru Dança Marinera Tour Pachacamac Mirabus Lima Peru

Depois somos encaminhados para o interior do restaurante onde podemos almoçar (não está incluído no valor do tour, sendo por conta de cada um. Vimos algumas pessoas que optaram por não almoçar). Durante a refeição, há ainda duas outras apresentações de danças.

Tour Pachacamac Mirabus Lima Peru Almoço Tour Pachacamac Mirabus Lima Peru Almoço Tour Pachacamac Mirabus Lima Peru

Por fim, o ônibus retorna para Miraflores, chegando ao Parque Kennedy por volta das 15h.

 
 
(Facebook   Twitter   Instagram)
 
 
 

______________________________________________

Posts relacionados:

Parque de las Leyendas, mais do que um zoológico em Lima

Distrito de Barranco em Lima

Circuito Mágico de las Aguas no Parque de la Reserva em Lima

Divercity, uma cidade divertida para crianças em Lima

Categorias: Lima, Peru, Viajando | Tags: , , , , , , , , | Deixe um comentário

Parque de las Leyendas, mais do que um zoológico em Lima

Lima possui dois zoológicos, o Huachipa, cerca de 45 minutos de Miraflores, e o Parque de las Leyendas, localizado no bairro de San Miguel (Av. Parque de Las Leyendas, 580). Nós não chegamos a conhecer o Huachipa, mas o blog Cup of Things tem um ótimo post sobre ele.

Parque de las Leyendas, Lima, Peru

Parque de las Leyendas

Aproveitamos um dia de domingo e fomos visitar o Parque de las Leyendas. Um erro! Não o passeio, mas o dia escolhido para ele. Parece que é um programa bem procurado pela população local, nem tanto pelos turistas. Pagando apenas 10 soles por adulto e 5 soles por criança, as pessoas dispõem de um amplo espaço para lazer, podendo passar o dia todo com a família, curtindo os animais, jogando bola no gramado, brincando nos playgrounds, fazendo piquenique… Ou seja, um típico programa familiar de domingo… e parque absolutamente lotado. Quando digo lotado, é lotado mesmo! Em alguns lugares, mal dava para caminhar. Por isso, não recomendo a visita aos domingos, talvez nem nos sábados. Para quem está viajando, se puder, vá num dia de semana, pois meus filhos retornaram outra vez em passeio da escola durante a semana e estava bem mais tranquilo.

Parque de las Leyendas, Lima, Peru

Programa de domingo das famílias locais

O local como um todo é bem legal, sendo uma boa opção de passeio com criança em Lima. Por outro lado, achamos mal conservado. Não sei se foi o dia em que fomos e o grande aglomerado de pessoas, mas estava tudo muito sujo, cheio de lixo no chão. Ficamos revoltados ao ver pessoas jogando comida para os animais. Isso é uma regra básica super importante em qualquer zoológico: NÃO ALIMENTE OS ANIMAIS. Uma comida inadequada pode ser suficiente para matá-los. E até batata Ruffles vimos sendo atirada para o urso. Ainda bem que um segurança interveio nesse absurdo.

Falando do parque propriamente dito, o local é grande e repleto de animais. Uau! Não ajudei muito com essa informação, né? Acontece que, na verdade, o Parque de las Leyendas é mais que um zoológico, já que também há um Jardim Botânico e alguns sítios arqueológicos, as Huacas, além de um museu, o Museo de Sitio “Ernst W. Middendorf”.

Huacas espalhadas pelo Parque de las Leyendas, Lima, Peru

Huacas espalhadas pelo Parque

A parte da zoologia está divida em quatro áreas de acordo com os animais encontrados: Zona Costa, Zona Sierra, Zona Selva, Zona Internacional. Em cada uma, há uma reprodução do ambiente natural. Aqui fica uma dica, vá com sapato de fácil limpeza porque na Zona Selva ele sairá marrom, já que o piso é todo de terra.

Zona Selva do Zoológico. Parque de las Leyendas, Lima, Peru

Zona Selva do Zoológico.

Os animais encontrados são os mais diversos, sendo um prato cheio para quem gosta de zoológico. Eu confesso que me sinto um pouco deprimida quando vou a um, mas acaba sendo um bom passeio com crianças.

Parque de las Leyendas, Lima Parque de las Leyendas, Lima Parque de las Leyendas, Lima, Peru Parque de las Leyendas, Lima Parque de las Leyendas, Lima, PeruParque de las Leyendas, Lima

Há também um aquário onde ocorre uma apresentação com leões marinhos, mas a fila estava grande e nem fomos.

O chamado Felinario é enorme e recomendo passar com calma por lá.

Parque de las Leyendas, Lima, Peru

Existe ainda uma ampla área com brinquedos, mas estava absolutamente lotado que não dava nem para cogitar se aventurar por ali. Claro que as crianças ficaram arrasadas. Não sei como é o funcionamento, se é pago, quais valores, simplesmente porque não consegui nem chegar perto para investigar. Vou ficar devendo!

Parque de las Leyendas, Lima, Peru

Área de brinquedos um “pouquinho” cheia

Mas, para espantar a tristeza dos meninos, eles se esbaldaram numa outra área de playground. Vários brinquedos de plásticos faziam a diversão da garotada.

Parque de las Leyendas, Lima, Peru

O parque conta ainda com um lago recreativo onde é possível passear de pedalinho.

Parque de las Leyendas, Lima, Peru

De forma geral, o lugar é bem estruturado e garante um passeio divertido. Se tivesse menos cheio, teríamos aproveitado muito mais, afinal, em alguns locais, não conseguíamos nem chegar perto do vidro para olhar os animais.

Parque de las Leyendas, Lima, Peru

Impossível!

O Parque de las Leyendas funciona diariamente das 9 às 17:30. Fomos de táxi saindo de Miraflores e pagamos 30 soles (ida e volta).

 
 
 
(Facebook   Twitter   Instagram)
 
 
 

______________________________________________

Posts relacionados:

Sítio Arqueológico Huaca Pucllana em Lima

Passeio em ônibus turístico pelo Centro Histórico de Lima (com visita ao Convento San Francisco e suas catacumbas)

Circuito Mágico de las Aguas no Parque de la Reserva em Lima

Distrito de Barranco em Lima

Sítio Arqueológico Huaca Huallamarca em Lima

Categorias: Lima, Peru, Viajando | Tags: , , , , | 4 Comentários

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: