Posts Marcados Com: NY

American Museum of Natural History, New York

Era nosso último dia de viagem e à noite sairia nosso voo de volta para o Brasil. No roteiro original, tínhamos dois objetivos programados, o Museu de História Natural e o Museu Metropolitano. Ambos estavam incluídos no CityPASS, portanto já pagos. A ideia era fazer o passeio por um, atravessar o Central Park, e ir no outro, já que eles ficam praticamente na mesma altura em lados opostos do Central Park. Depois voltaríamos para o Milford Plaza para pegar as malas e o Super Shuttle que nos levaria para o aeroporto e já estava agendado para 17:30. Tudo planejado? Mas os imprevistos acontecem e mais uma vez é o momento de ter flexibilidade e ajustar os planejamentos.

Resolvemos fazer o check-out do hotel para não sermos cobrados por mais uma diária. Acordamos cedo para agilizar tudo, as malas já estavam prontas, todos arrumados, mas o hotel estava muito movimentado e o processo de check-out não foi dos mais rápidos. Ainda tínhamos que descer toda a bagagem (que era muita) e deixar no guarda-volumes do hotel. Solicitamos ajuda para descer as malas, esperamos, esperamos, esperamos, e nada. Acabamos tendo que nos virar sozinhos. Isso também levou um bom tempo e ainda tinham as crianças para ficar de olho. O Milford guarda as malas, mas cobra uma taxa por volume deixado. Quando finalmente o check-out estava finalizado e as malas devidamente identificadas e guardadas, já eram mais de 11 horas da manhã. Não daria tempo de ir nos dois museus e tivemos que optar por um. Ficamos naquele conflito, até porque já tínhamos visitado o Museu de História Natural de Washington e pensamos em ir ao Met. Mas priorizando as crianças, e optamos mesmo pelo Americam Museum of Natural History e foi a melhor coisa que fizemos no sentido de que os meninos se divertiram muito. Entretanto, como não podia deixar de ser, estava LOTADO! E foi um verdadeiro jogo de paciência.

A frente do AMNH New York

A frente do AMNH

Fomos de metrô, a partir do Port Authority, linha C, até Museu de História Natural na 81st Street. Tem uma entrada para o museu direto pelo subsolo na saída do metrô. Só que a fila era tão monstruosa que nem conseguíamos identificar onde terminava. Tínhamos o CityPASS (os adultos), porém, no AMNH, criança paga entrada a partir de 2 anos. O preço da admissão geral do museu é sugerido (sem o planetário ou IMAX, que é cobrado uma taxa fixa). Era tanta gente, mas tanta gente naquele lugar, que não fizeram questão alguma da entrada dos meus filhos. Entretanto, acabamos não visitando o Rose Center nem fomos no Hayden Planetarium, que estava reservando horário e só havia disponível para depois das 16h. Na verdade, esse passeio foi mais para dizer que fomos, mas sem dúvida precisaremos voltar para conhecer com calma e sem tanta muvuca.

Americam Museum of Natural History New York

Onde está Wally?

America Museum of Natural History America Museum of Natural History

O AMNH é enorme, ocupando 4 quarteirões. Fundado em 1869, ele possui mais de 30 milhões de espécies e artefatos em 45 salões de exposições permanentes. Ocorrem também exposições temporárias que exploram assuntos culturais e científicos contemporâneos. Além disso, o museu atua no campo de pesquisas científicas, buscando a compreensão das culturas humanas, da natureza e do universo; e no campo da educação, divulgando informações de assuntos científicos para adultos e crianças (fonte: site do AMNH, link).

O setor que mais fez sucesso com os meninos foi o dos dinossauros. Não saberei descrever qual foi o percurso exato que fizemos, e sequer conseguimos visitar o museu todo, simplesmente porque eu mal conseguia me localizar ali dentro. Éramos meio que levados pelo fluxo de pessoas e resolvemos curtir do jeito que desse.

America Museum of Natural History Nova Iorque America Museum of Natural History America Museum of Natural History New York

O museu tem 5 andares. O andar do subsolo é o que tem a entrada direto pela estação do metrô. Nesse nível, fica a praça de alimentação e o Salão do Universo. No primeiro andar, dentre todos os salões, os que mais gostamos foram: o dos mamíferos da América do Norte, que é impressionante o trabalho feito no habitat desses animais e a pintura de fundo, que é uma verdadeira obra de arte dando uma tremenda sensação de profundidade como se víssemos o horizonte; o da vida marinha, com as enormes baleias; e o salão dos meteoritos. Os meninos também gostaram bastante da parte dos indígenas e da evolução humana. É também nesse andar que fica a sala do cinema IMAX.

America Museum of Natural History

Prestando atenção em tudo

American Museum of Natural History

Salão dos Indígenas

Já no segundo andar, vimos os mamíferos africanos e os mamíferos asiáticos com a mesma perfeição de ambientação já citada, e as diferentes características dos povos asiáticos, africanos, da América Central e da América do Sul. Nesse andar, o que mais chamou atenção das crianças foi a parte das aves mamíferas. É nesse andar que fica o Hayden Big Bang Theater, que é um teatro bem diferente onde as pessoas precisam olhar para baixo para um tela côncava onde passa uma apresentação sobre o Big Bang. Infelizmente, nós não conseguimos assistir.

Americam Museum of Natural History New York America Museum of Natural History

Americam Museum of Natural History New York

No terceiro andar, temos mais de mamíferos africanos, mas a diversão das crianças foi no salão dos primatas. Nesse andar também encontramos exposição de pássaros, povos indígenas, répteis e anfíbios.

America Museum of Natural History

Meus macaquinhos!

America Museum of Natural History

Adoraram o salão dos primatas

O quarto e último andar é exatamente pelo qual recomendo começar a visita, pois é onde estão os dinossauros que a garotada adora.

Americam Museum of Natural History New York America Museum of Natural History America Museum of Natural History America Museum of Natural History America Museum of Natural History

Resumindo, é um passeio maravilhoso para fazer com criança em New York. Meus filhos se divertiram muito, brincaram e aprenderam. Dá para ficar facilmente um dia inteiro ali dentro, pois mal vimos as horas passarem e ainda deixamos de visitar muitas coisas ou passamos rápido por outras. Saímos do museu já mais de 15h e nem havíamos almoçado. Logo atrás do AMNH, na esquina da Columbus Ave com a 77th Street, tem uma Shack Shake, e fomos comer algo antes de voltar para o hotel. Foi o tempo certinho de pegar as malas e o Super Shuttle chegar para nos levar ao aeroporto. Era o fim dessa inesquecível viagem em família.

Veja também os vídeos:

New York (parte 1)

New York (parte 2)

FIM!

FIM!

 
 
(Nos acompanhem também noFacebook      Twitter      Instagram)
 
_______________________________________________________________________________

Posts relacionados:

Circle Line Cruise – Passeio de Barco em NYC

Washington D.C. – um bate e volta de trem a partir de Nova York

Roteiro – 6 dias em Nova York e 1 dia em Washington D.C.

Rockefeller Center e Top of the Rock

Viajando – Post-índice

Anúncios
Categorias: EUA, Nova York, Viajando | Tags: , , , , , , , , | 1 Comentário

Grand Central Terminal, Chrysler Building, New York Public Library, Bryant Park

Fomos caminhando do Milford Plaza para o Grand Central Terminal logo de manhã cedo. O Grand Central Está localizado na East 42nd Street, entre a Park e a Lexington Avenues. Não é uma longa caminhada, mas o problema foi o frio intenso. Nós não andávamos, praticamente corríamos. Tomamos café no próprio Grand Central que conta com várias opções de alimentação, além de cerca de 68 lojas e um mercado

Grand Central Terminal New York

Grand Central Terminal

Grand Central Terminal Nova Iorque

Fazem farra pra tudo!

O Grand Central Terminal é uma das maiores estações de trem do mundo, contando com 44 plataformas e 67 trilhos divididos em 2 andares subterrâneos. A arquitetura do prédio e o seu interior são incríveis. Logo na fachada podemos ver as colunas e as estátuas de Mercúrio, Minerva e Hércules em volta do relógio. Dentro, encontramos o enorme salão principal já muito visto em filmes. O teto é todo pintado reproduzindo o céu e as constelações. Dá vontade de ficar horas olhando para cima percebendo cada detalhe. Há três janelas de 23 metros de proporcional uma iluminação natural ao Main Concourse. Nós subimos as escadarias para fotos e passeamos por todo terminal. O Grand Central Terminal é gratuito e fica aberto ao público todos os dias das 5:30 às 2 da madrugada. Os horários das lojas, restaurantes e mercado podem variar (link). Existe a opção de fazer um audio tour por 8U$ disponível diariamente das 9h às 18h, ou um tour guiado de 75 minutos que custa 20U$ e ocorre todos os dias às 12:30h (link).

Salão Principal Grand Central Terminal New York

Salão Principal

Janelas para iluminação natural Grand Central Terminal New York

Janelas para iluminação natural

Main Concourse Grand Central Terminal New York

Main Concourse

O Teto do Grand Central Terminal New York

O Teto do Grand Central

Ao lado do Grand Central, fica o Chrysler Building, na 42nd St entre a Lexington e a 3rd Avenues. É um prédio de 77 andares e 320m que simboliza a época áurea da indústria automobilística. Sua construção foi iniciada em 1928, na mesma época que o Empire State Building e o Manhattan Bank, ocorrendo uma disputa entre as três construções por qual seria o mais alto arranha-céu de NYC e do mundo. Quando achava-se que o Chrysler Bldg havia perdido a disputa para o Manhattan Bank, eis que surge um plano escondido a sete chaves, a torre Art Déco feita de aço inoxidável lembrando a grade de radiador de uma automóvel, com tamanho equivalente a um prédio de 7 andares e que estava sendo construída em segredo dentro do hall dos elevadores do próprio edifício. Em 1930, o Chrysler foi inaugurado como o prédio mais alto do mundo, mas só ostentou tal título por 1 ano, já que em 1931 era inaugurado o Empire State Building.

O edifício é muito bonito e tem um super efeito quando a luz do sol reflete na torre. Logo abaixo dessa torre, ficam as gárgulas de aço inoxidável inspiradas nas águias que enfeitavam os capôs dos carros. Visualizamos melhor na visita ao Empire State Building. Ele não é um ponto turístico e sim um prédio comercial, de forma que não é permitido acesso aos andares. O lobby é aberto ao público em horário comercial, mas não pode tirar fotos. O saguão é luxuoso com mármore, aço cromado e granito.

Chrysler Building New York

Chrysler Building

Voltamos caminhando pela 42nd Street em direção ao Bryant Park. Claro que eu queria conhecer a biblioteca como um boa leitora compulsiva, mas ela ainda estava fechada. Acabamos tirando apenas fotos na frente. A New York Public Library é um edifício de mármore de 1911. Quem visitá-la por dentro, não deixe de ver os saguões com abóbadas marmorizadas e o enorme salão de leitura. Funciona todos os dias das 10h às 18h (terças e quartas fecha às 20h) e Domingo das 13h às 17h. A entrada é gratuita.

New York Public Library

New York Public Library

Biblioteca New York

Biblioteca

NY Public Library

NY Public Library

Logo atrás da New York Public Library fica o charmoso Bryant Park. Nessa época do ano ocorre uma feirinha de natal e a pista de patinação no gelo. O horário de funcionamento do parque varia de um mês para outro (link), mas nos meses de Novembro e Dezembro fica aberto todos os dias das 7h às 22h (e até meia noite na sexta e no sábado). O ringue de patinação é bem legal, menor que os do Central Park e Rockefeller Center, mas também muito mais tranquilo. Estava praticamente impossível conseguir patinar no Rockefeller. O marido, irmão e cunhada foram se aventurar no gelo e nós ficamos rindo muito de fora. A pista funciona de Novembro a Março todos os dias das 8h às 22h (até meia noite sexta e sábado) e a admissão é gratuita, pagando apenas o aluguel dos patins (15$), link.

Árvore de Natal do Bryant Park New York

Árvore de Natal do Bryant Park

Bryant Park New York

Patinação do gelo no Bryant Park

Bryant Park New York Bryant Park New York Bryant Park New York Bryant Park New York

Saindo do Bryant Park, caminhamos até o Rockefeller Center onde almoçamos e seguimos para o Museu de Arte Moderna, o MOMA, assunto do próximo post.

 
 
 
(Nos acompanhem também noFacebook      Twitter      Instagram)
 
_____________________________________________________________________________

Posts relacionados:

Radio City Music Hall Christmas Spectacular em Nova York

City Tour nos ônibus de 2 andares em Nova York

Roteiro – 6 dias em Nova York e 1 dia em Washington D.C.

Uma tarde no Central Park

Relatos – Dia 7: Sea World

Categorias: EUA, Nova York, Viajando | Tags: , , , , , , , , | Deixe um comentário

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: