Posts Marcados Com: Huaca Pucllana

Restaurantes – HUACA PUCLLANA (Lima)

No dia em que visitamos o Sítio Arqueológico Huaca Pucllana em Miraflores, Lima, aproveitamos para conhecer o restaurante do local (link). Fomos no almoço, mas dizem que é muito bonito no jantar por causa da iluminação especial produzida no templo. Nós fizemos reserva antecipada por um site (link), o que é recomendado por ser um restaurante bastante procurado.

Entrada do Restaurante Huaca Pucllana, Lima, Peru

Entrada do restaurante

Recepção Restaurante Huaca Pucllana, Lima, Peru

Recepção e Sala de Espera

Já na reserva, deve-se escolher se deseja o salão ou o terraço. Nós fomos de terraço e é o que indico, pois ficar dentro do salão perde um pouco a graça da coisa. No terraço podemos ter a refeição ao ladinho das ruínas do Huaca Pucllana. O mais procurado acaba sendo mesmo a área externa, que é inclusive maior que a interna, mas como é aberto, durante o período do inverno pode ser incômodo para alguns devido ao frio.

Salão interno Restaurante Huaca Pucllana, Lima, Peru

Salão interno

Terraço Restaurante Huaca Pucllana, Lima, Peru

Terraço

O ambiente tem um toque de rusticidade mesclado com elegância e muito bom gosto, atentando para os mínimos detalhes.

Restaurante Huaca Pucllana, Lima, Peru Restaurante Huaca Pucllana, Lima, Peru Restaurante Huaca Pucllana, Lima, Peru

Mas o destaque mesmo é poder comer ao tempo que se desfruta da paisagem do Huaca Pucllana.

Restaurante Huaca Pucllana, Lima, Peru

O restaurante é especialista em culinária peruana, mais especificamente a Criolla. O Menu é diverso, mas repleto de pratos típicos distribuídos entre tira-gosto, entrada, prato principal e sobremesa.

Para começar, são servidos pães bem quentinhos, alguns bem diferentes como o de maiz.

De entrada, o mais tradicional é o famoso Ceviche, mas que nós acabamos pedindo mesmo é como prato principal.

Ceviche Restaurante Huaca Pucllana, Lima, Peru

Ceviche

As opções de prato principal variam entre massas, peixes e carnes, mas os chamados favoritos da culinária peruana ganham destaque como o Ají de Gallina, o Chupe de Camarones e o clássico Lomo Saltado. A comida é simplesmente divina, saborosa e bem temperada, com o toque dos ingredientes peruanos como o Ají Amarillo. As porções são bem servidas, apesar de aparentemente não parecer, porque o prato tem uma borda bem grande que dá a sensação de que há pouca comida. Mas é só impressão.

O marido pediu o tradicional Ceviche, que para o meu paladar não agradou, pois achei muito forte o sabor do limão. Eu fui de Langostinos saltados sobre risotto al Ají Amarillo. Delicioso!

Langostinos Saltados Restaurante Huaca Pucllana, Lima, Peru

Langostinos Saltados

Não há menu infantil, mas eles dividiram o que pedimos para os meninos, já vindo cada porção devidamente no seu prato, e com o cuidado de não deixar apimentado.

Restaurante Huaca Pucllana, Lima, Peru

Corvina com batata para as crianças. Tinha arroz também numa porção separada.

De sobremesa, meu preferido, o Suspiro a la Limeña; e um Volcán de Chocolate, que vinha com sorvete de baunilha e uma calda de camu camu. Os dois absolutamente aprovados!

Suspiro Limenho Restaurante Huaca Pucllana, Lima, Peru

Suspiro Limeño

Volcan de Chocolate Restaurante Huaca Pucllana, Lima, Peru

Volcán de Chocolate

Não foi o restaurante mais barato que comemos durante nosso período no Peru, mas compensou cada centavo, ou melhor, cada céntimo. Se for comparar com um restaurante desse nível no Brasil, a refeição saiu uma pechincha.

 
 
 
(Facebook   Twitter   Instagram)
 
 
 

______________________________________________

Posts relacionados:

Restaurante – CHICHA por Gastón Acurio (Arequipa, Peru)

Divercity, uma cidade divertida para crianças em Lima

Sítio Arqueológico Huaca Pucllana em Lima

Passeio em ônibus turístico pelo Centro Histórico de Lima (com visita ao Convento San Francisco e suas catacumbas)

Anúncios
Categorias: Lima, Peru, Restaurantes, Viajando | Tags: , , , , , , , | Deixe um comentário

Sítio Arqueológico Huaca Pucllana em Lima

Um passeio que não pode faltar em uma visita a Lima é o Sítio Arqueológico de Huaca Pucllana em Miraflores. O tour tem duração de 1 hora e é obrigatoriamente guiado, em inglês ou espanhol. Pode haver uma espera para formação de um grupo antes de começar a visita. Nós demos sorte de pegar um grupo que recém havia começado. O ingresso custa 12 Soles adulto e 1 Sol criança. Funciona diariamente das 9h às 17h.

Huaca Pucllana, Lima, Peru

Huaca Pucllana

O Huaca Pucllana tem mais de 1500 anos. Até então em nossa viagem pelo Peru havíamos ouvido muito dos incas e de sua história. Por isso foi muito interessante conhecer mais sobre o período pré-inca e suas civilizações.

Huaca Pucllana, Lima, Peru

Logo na entrada fica o museu, exatamente onde começa o tour. Ali vimos diversas peças arqueológicas como cerâmicas e tecidos.

Huaca Pucllana, Lima, Peru Huaca Pucllana, Lima, Peru

Depois do museu, seguimos para o sítio arqueológico propriamente dito. É incrível! Vamos passando por vários bonecos de cerâmicas que recriam cenas dos rituais, da preparação do barro e de outras situações.

Huaca Pucllana, Lima, Peru Huaca Pucllana, Lima, Peru

Huaca Pucllana foi criado pela civilização Lima como um templo de adoração à deusa do mar, considerada por eles mais poderosa que o deus sol, já que todos os dias “o mar vencia o sol”, como era a interpretação deles quanto ao pôr do sol no oceano Pacífico. Nesse templo, durante os anos 200 a 700 d.C, faziam rituais e sacrifícios de crianças e mulheres.

Huaca Pucllana, Lima, Peru

O Huaca é feito de tijolos de barro que foram conservados até os dias atuais graças aos baixos índices pluviométricos de Lima. É interessante como se deixava um espaço entre os tijolos para absorver os impactos dos terremotos, o que possibilitou a resistência dessas paredes aos abalos sísmicos que afetaram a região diversas vezes.

Huaca Pucllana, Lima, Peru

A pirâmide do templo é maciça e onde os rituais e sacrifícios eram realizados pelos sacerdotes. A cor das paredes é originalmente amarela, cor considerada feminina, em homenagem à deusa do mar.

Detalhe da parede pintada de amarelo Huaca Pucllana, Lima, Peru

Detalhe da parede pintada de amarelo

Depois veio a civilização Wari (700 a 900 d.C), que transformou o templo num cemitério da elite Wari. Seus mortos eram enterrados sentados e envoltos em tecidos.

Huaca Pucllana, Lima, Peru

Entre 900 e 1533, a cultura Ychsma (pós-wari) reconheceu a importância do sítio, que estava em ruínas, e passaram a realizar oferendas no local.

Huaca Pucllana, Lima, Peru

Durante a colonização e o início da República (1533 a 1830), o sítio arqueológico foi bastante destruído e saqueado em busca de ouro. Durante os anos de 1930 e 1960, as grandes obras de urbanização de Miraflores só não destruíram o Huaca Pucllana porque acima do sítio arqueológico a área foi transformada em pista de motocross.

Huaca Pucllana, Lima, Peru

Apenas em 1980 começaram os esforços para as escavações do sítio e conservação e restauração do local que persiste até hoje. Ainda há uma boa parte do Huaca Pucllana para ser escavado.

Huaca Pucllana, Lima, Peru

Parte do sítio ainda precisa ser escavado (direita da foto)

Durante o tour, ainda passamos por uma pequena horta, que reproduz a agricultura da época, e por uma criação de animais (o famoso cuy, que é o porquinho da Índia, a alpaca e a lhama).

Huaca Pucllana, Lima, Peru

Plantações de camote, maiz, tomate, entre outros

Huaca Pucllana, Lima, Peru

Como conseguem comer esse bichinho??

Huaca Pucllana, Lima, Peru

Nunca sei se é alpaca ou llama, ou vicuña

Ao final, pode-se passar pela lojinha de artesanato do local.

Huaca Pucllana, Lima, Peru

É simplesmente maravilhoso ver aquele tesouro arqueológico no centro de um bairro super urbano como Miraflores. As crianças adoraram tudo e perguntavam o que não entendiam, curtindo o aprendizado. O contraste da história com os prédio modernos é o destaque desse passeio educativo e cultural mais que recomendado em Lima.

O sítio arqueológico entre os prédios de Miraflores Huaca Pucllana, Lima, Peru

O sítio arqueológico entre os prédios de Miraflores

Uma boa sugestão é aproveitar para almoçar ou jantar no restaurante do Huaca Pucllana que é maravilhoso. Nós não perdemos a chance, mas vamos falar dele num post específico.

 
 
(Facebook   Twitter   Instagram)
 
 
 

______________________________________________

Posts relacionados:

Divercity, uma cidade divertida para crianças em Lima

Peru com crianças – Cusco (City Tour)

Peru com criança – Lago Titicaca (tour pelas ilhas Uros e Taquile)

Peru com crianças – Arequipa (Monastério de Santa Catalina)

Roteiro – 9 dias no Peru com crianças (Arequipa, Puno, Cusco, Machu Picchu)

 
 
Categorias: Lima, Peru, Viajando | Tags: , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: