Posts Marcados Com: Dicas de Orlando

Orlando além dos parques – passeio por Downtown

No nosso último dia em Orlando, passamos a manhã conhecendo o centro da cidade, Downtown Orlando. O objetivo era não repetir a história de viajar para Orlando e apenas se trancar dia após dia dentro dos parques temáticos, dizendo, depois, que conhecemos Orlando, sem nunca ter dado uma volta real pela cidade.

Já havíamos conhecido o WonderWorks, voado no iFly Skydiving, passeado por Winter  Park. E dessa vez fomos ver como a cidade de Orlando funciona no seu dia a dia, sem estar relacionada à Disney ou aos demais parques. E foi uma surpresa. Porque num dia de semana, em pleno horário comercial, o centro de Orlando era uma tranquilidade. Poucas pessoas nas ruas, sem trânsito intenso e muito silêncio. Não sei o que esperávamos encontrar. Agitação? Movimento nas ruas? Pessoas indo e vindo do trabalho? Mas foi bem diferente do que vimos. Não sabemos dizer se é sempre assim, pois estamos falando apenas da nossa experiência.

A primeira parada foi o Lake Eola, um grande lago em Downtown Orlando cercado pelos altos prédios envidraçados. O lago ocupa três quarteirões próximos à Orange Avenue.

Lake Eola em Downtown Orlando

Lake Eola em Downtown Orlando

Em volta do lago, está o Lake Eola Park, uma área bem cuidada, gramada, com pista de caminhada, banquinhos e muitas árvores.

Downtown Orlando, Lake Eola Park

Downtown Orlando, Lake Eola Park Downtown Orlando,  Lake Eola Park

Num dos pontos do lago, há pedalinhos para alugar. No meio do Lake Eola, havia uma  grande fonte.

Fonte no Lake Eola, Downtown Orlando

Fonte no Lake Eola

Pedalinhos no Lake Eola, Downtown Orlando

Pedalinhos no Lake Eola

A decoração de natal também estava presente com bonecos de chumbo gigantes e uma bonita árvore de natal.

Lake Eola no Natal, Downtown Orlando

Lake Eola no Natal

Achamos o lugar bem legal para passear, porém deserto. Alguns mendigos eram nossos companheiros de passeio e um ou outro corredor passava rapidamente no seu exercício diário. De repente o parque é mais visitado ao fim de tarde, com pais levando seus filhos para brincar no playground ou andar de pedalinho. Logo, baseados nessa nossa experiência, não recomendamos a ida ao Lake Eola de manhã. Da próxima vez, iremos à tarde para ver se o quadro muda.

Downtown Orlando

A área próximo ao Lake Eola é repleta de belos prédios empresariais com fachadas elegantes. Passamos também por alguns prédios públicos da cidade e pela Church Street Station.

Downtown Orlando

Downtown Orlando, Church Street Station

Quando fui a Orlando com 15 anos, minha excursão fez um passeio noturno por essa Church Street. Lembrava que havia alguns restaurantes, bares, boates e muito movimento… mas à noite. Como estava com as crianças e fazia um tempinho que eu tinha visitado essa área, tinha minhas dúvidas de como estaria atualmente e se era um ambiente para criança. Resolvi não arriscar. Acabamos apenas passando pela Church Street Station de manhã e pareceu a mesma coisa do que me lembrava de … alguns anos atrás. Claro, estava deserta, mas o point ali é noturno. Não sei como está o ambiente nas noites atuais, porque não fomos, mas vale uma passada mesmo que de dia, pois é bem bonito, numa antiga estação de trem da cidade.

Downtown Orlando Downtown Orlando, Church Street Downtown Orlando

Ainda próximo ao Downtown Orlando, temos outras opções de passeios que estão na nossa lista para próximas visitas, como, por exemplo, o Orlando Science Center, do qual já ouvimos falar ser sensacional, trazendo exposições interativas de última geração para estimular o aprendizado das ciências experimentais. Funciona todos os dias, exceto nas quartas-feiras, das 10h às 17h. A entrada custa 19U$ adulto e 13U$ crianças (3-11 anos). Menores de 2 anos não pagam.

Não gastamos mais que uma manhã dando uma volta pelo centro de Orlando e conhecendo um pouco mais da cidade, sendo uma boa opção de passeio junto com um cansativo dia de compras ou depois de um parque temático menor.

 
 
(Facebook   Twitter   Instagram)
 
 
 

______________________________________________

Posts relacionados:

Por que não gostamos do passeio com crianças por Ybor City em Tampa?

iFLY Indoor Skydiving – uma experiência de paraquedismo indoor com crianças de 5 anos

LEGOLAND Florida

Uma manhã em Winter Park e Scenic Boat Tour

Wonderworks em Orlando

Anúncios
Categorias: EUA, Orlando, Viajando | Tags: , , , , , , , , | Deixe um comentário

iFLY Indoor Skydiving – uma experiência de paraquedismo indoor com crianças de 5 anos

Uma das experiências mais legais que o Matheus e o Gabriel viveram foi o iFLY em Orlando. Muita gente não sabe, mas crianças a partir de 3 anos já podem participar do túnel de vento que simula um salto livre de paraquedas. Confesso que o coração de mãe estava meio preocupado, mas a animação deles era tamanha, cada sorriso maior que o outro, que era impossível não compartilhar dessa euforia. Já vi que vão me dar trabalho quando crescerem porque adoraram a adrenalina.

iFLY

iFLY

O iFLY é uma empresa grande com várias filiais espalhadas pelos EUA, Canadá, Reino Unido e até em países da Ásia. Nos EUA, pode ser encontrado em Austin, Dallas, San Francisco, Hollywood, Seattle e Orlando. Nós conhecemos o de Orlando, que fica localizado bem próximo à International Drive. O endereço é 6805 Visitors Circle, Orlando, FL 32819. O horário de funcionamento é das 10h às 22:30 diariamente.

O iFLY Orlando foi criado em 1997 e atende entretenimento, paraquedistas e militares. O túnel possui 12 metros de altura e a potência do vento vertical é de 1000 cavalos.

Ifly Orlando

Super animados

Dá para experimentar essa atração na saída dos parques da Universal, por exemplo, que ficam bem próximos ao iFLY. É preciso reservar pelo menos entre uma hora a uma hora e meia para essa atividade, ou até mais dependendo de quantos “saltos” for fazer. No site (link), eles recomendam fazer reserva antecipada do horário para garantir. Quando agendado, recomendam chegar 1h antes do horário marcado para fazer o check-in. Nós não fizemos reserva, mas não fomos em alta temporada. Resolvemos passar no iFLY ao final do dia que fomos ao Island of Adventure com intuito de marcar um horário para o dia que iríamos ao Universal Studios. Só que, ao chegarmos, havia disponibilidade para fazer naquele momento e aproveitamos.

Como já dito, a idade mínima para participar é 3 anos e não há idade máxima. Qualquer pessoa pode “saltar”, mesmo que nunca tenha tido qualquer experiência. As únicas restrições são: gravidez, problemas de coluna ou pescoço, algum deslocamento prévio de ombro ou histórico de doença cardíaca. Em uma instalação anexa ao túnel de vento é onde se faz o check-in. É preciso assinar um termo de responsabilidade (Release of Liability) e apresentar um documento com foto. Menores de 18 anos precisam que o responsável legal assine esse termo e apresente a identidade com foto do menor ou do responsável.

Ifly Orlando

Instalação anexa ao túnel de vento onde faz o check-in

Com relação à roupa, não é preciso nada de especial. Basta ir com uma roupa normal e confortável, que não restrinja os movimentos já que o vento no túnel é bem forte. Lá vão oferecer uma roupa própria para colocar por cima da sua, é um macacão específico para o voo, contendo alças que vão possibilitar ao instrutor segurar a pessoa quando for necessário. A única exigência é o uso de sapato fechado, ou melhor, tênis ou outro com cadarço que fique bem ajustado ao pé. E mesmo assim pode ocorrer algum imprevisto, como o tênis do Matheus que caiu do pé na hora e saiu “voando”!!! Da mesma forma, para evitar acidentes, todos os adereços precisam ser retirados, como relógios, brincos, colares, etc.

Devidamente paramentados Ifly Orlando

Devidamente paramentados

Depois de feito o check-in, quem vai participar do salto segue para vestir a roupa e ter um rápido treinamento com informações gerais. Aqueles que forem apenas acompanhar o voo (a mãe aqui!!), vão para uma sala de espera anexa ao túnel de vento e podem assistir a tudo pelo vidro. Dá para tirar foto e filmar, e o instrutor até faz algumas poses para ajudar.

Ifly Orlando

Foto tirada da sala de espera

Ifly Orlando

Marido curtindo seu voo

Cada voo dura 60 segundos. Segundo o instrutor, um salto real tem duração de cerca de 45 segundos em queda livre. Eu não cheguei a participar do voo, mas meu marido confirmou que o tempo, que aparentemente parece curto, é uma eternidade lá dentro, e a sensação é muito boa e bem semelhante a uma salto real.

Os valores do iFLY vão variar de acordo com alguns pacotes. O que fizemos foi o Earn your wings, que é o pacote mais básico e para iniciantes. Custou 59,95U$ (+ taxas) por pessoa (crianças pagam o mesmo valor) e dava direito a dois voos para cada um, à sessão de treinamento, ao aluguel da roupa, do capacete e dos óculos de proteção, e a um certificado ao final do voo. Para filmar todos os saltos do grupo, era cobrado mais 10U$, mas compensa, porque fica uma recordação bem legal e, mesmo que quem esteja observando consiga filmar, a imagem não fica tão boa por causa do vidro.

Nós tivemos medo de que algum dos meninos acabasse não gostando após irem a primeira vez, não querendo fazer o segundo voo. Caso isso acontecesse, não haveria problema, pois a vez poderia ser repassada para outra pessoa do grupo. Então, o marido poderia fazer 3 ou 4 voos em vez de 2. Mas isso não aconteceu. Os pequenos amaram, vibraram, e curtiram cada segundo. Uma experiência, sem dúvida, inesquecível para eles.

Gabriel no túnel de vento Ifly Orlando

Gabriel no túnel de vento

Matheus no Ifly Orlando

Matheus no voo

Mas e quanto à segurança das crianças tão pequenas? Não senti qualquer risco, ou cancelaria a qualquer momento e nunca deixaria os meninos participarem. O instrutor é bastante experiente e dá para sentir a segurança com que mantém o voo sobre controle. Ele fica o tempo todo pertinho da criança. Em nenhum instante os meninos estiveram perto de bater nas paredes ou se machucaram de alguma forma. Claro que isso pode acontecer, ninguém está livre de imprevistos, tanto que a empresa exige a assinatura do termo de responsabilidade. Mas todos os cuidados para evitar que algo saia errado são tomados. Ao mesmo tempo, eles garantem que a experiência dos pequenos paraquedistas seja radical (para eles, sem dúvida com muita adrenalina!!). Nada de ficar só ali flutuado à deriva. O instrutor faz vários movimentos com as crianças, os gira e rodopia, faz manobras e os leva até o topo do túnel. Eles, claro, vibram demais.

Ifly Orlando, com crianças

Instrutor leva a criança bem alto no túnel de vento

Instrutor e a criança no iFly Orlando

Instrutor e a criança

Manobras com as crianças Ifly Orlando

Manobras com as crianças lááááá em cima

Instrutor sempre ao lado da criança Ifly Orlando

Instrutor sempre ao lado da criança

Ao final, o instrutor faz uma exibição sozinho e podemos ver os vários movimentos e acrobacias que são possíveis de fazer dentro do túnel de vento. É impressionante! Vou ficar devendo o vídeo nesse post, mas prometo colocá-lo depois.

Enfim, o iFLY é uma atração muito divertida em Orlando e para toda a família, sendo mais uma opção fora dos parques que vale a pena conhecer.

Ifly Orlando

Radical!!

Certificados recebidos!! Ifly Orlando

Certificados recebidos!!

Categorias: EUA, Orlando, Viajando | Tags: , , , , , , , , , | 4 Comentários

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: