Posts Marcados Com: Atrações turísticas de New Orleans

New Orleans – passeio pelo pântano

Nós fizemos o passeio pelo pântano da Louisiana com a Cajun Pride Swamp Tours, dica da Luciana Misura do Blog Colagem. Depois de perguntar nos comentários do blog e a Luciana confirmar que dava para ir por conta própria, fomos com nosso carro alugado, apesar deles oferecerem shuttle para buscar no hotel (o valor do ingresso é mais caro com o shuttle). O local fica a uns 21 km do centro de New Orleans e tem estacionamento gratuito. E, realmente, quem está de carro, vale a pena ir por conta própria e depois ficar livre para conhecer as Plantations, que ficam próximas.

Nossa ideia era fazer o primeiro passeio de barco do dia, às 9:30, para deixar a tarde para as Plantations. Chegamos cedo ao local e estava vazio, mas a área externa estava aberta. Nós ficamos esperando alguém aparecer, e nada. Apenas às 9:30 que abriram a lojinha e, quando fomos comprar os ingressos, ficamos sabendo que não iria ter o passeio pela manhã, apenas de tarde, às 12:00. Não havia nada escrito em lugar algum, nem no site, nem no próprio local. Não custava colocar um cartaz com essa informação no portão ou na área que estava aberta ao público. Assim, acabamos perdendo muito tempo à toa.

Cajun Pride Swamp Tours pântano Louisiana

Área do Cajun Pride Swamp Tours

Cajun Pride Swamp Tours pântano Louisiana

Cajun Pride Swamp

Seguimos para conhecer as Plantations (que falaremos em outro post) e retornamos para o tour das 12h. Deixamos para comprar os ingressos apenas na hora e não tivemos problemas, mas não estava cheio e era inverno…

Cajun Pride Swamp Tours pântano Louisiana

Local de onde sai o tour pelo pântano

O tour tem duração de 1 hora e meia e o barco é bem aberto nas laterais (apenas com uma cobertura). No inverno, é importante estar bem agasalhado porque venta e faz frio.

Barco do passeio pelo pântano da Lousiana

Barco do passeio pelo pântano

interior do barco passeio pântano Louisiana

Interior do barco

Durante o passeio, vimos pássaros típicos da região, tartarugas e até um filhote de jacaré numa pedra. Isso já foi uma boa surpresa porque estávamos preparados para não encontrar nenhum jacaré devido ao período de inverno. Não é a melhor época para vê-los no pântano, pois os animais hibernam. Mas existem mais de 1 milhão de jacarés no estado da Louisiana.

Ave Passeio de barco Pântano Louisiana tartaruga Passeio de barco Pântano Louisiana Ave Passeio de barco Pântano Louisiana

Guaxinins Passeio de barco Pântano Louisiana

Guaxinins viciados em marshmallows

jacaré pântano louisiana

Felizes porque achavam que não iam encontrar nenhum jacaré no inverno, mas apareceu um pequenininho

Jacaré Passeio de barco Pântano Louisiana

Apesar da ausência dos jacarés, a paisagem compensa o passeio. Confesso que me senti no desenho A Princesa e o Sapo. 🙂

 pântano Louisiana pântano Louisiana  pântano Louisiana  pântano Louisiana  pântano Louisiana Passeio de barco Pântano Louisiana

E de brinde, já no finalzinho do tour, um grande jacaré aparece para alegria dos meninos. É, meio escondidinho, mas ele estava lá. 

Jacaré Passeio de barco Pântano Louisiana

Para dizer que não vimos jacaré grande…

De qualquer forma, caso não consiga ver nenhum jacarezinho durante o passeio, o guia tem um pequeno de 2 anos de idade. O jacaré é passado para os visitantes segurarem e foi o ponto alto do passeio para as crianças, que pegaram o bichicho com todo cuidado. Corajosos, meus meninos!

Criança segurando jacaré no pântano Louisiana

Corajoso 1

Criança segurando jacaré no pântano Louisiana

Corajoso 2

Existem outras empresas que fazem esse passeio na região.

Localização: 110 Frenier Road, LaPlace, Louisiana 70068

Horários: os tours saem às 9:30 (teoricamente 😉 ), 12h e 14:15h. Durante os meses de Março a Outubro, tem ainda um tour às 16:15. Duração do tour é de 1h e meia. Solicitam que chegue ao local 15 minutos antes do horário do passeio.

Ingressos: o valor no local (sem transporte) é de 24U$ adultos e 18U$ crianças (4 a 12 anos).


(Facebook   Twitter   Instagram)
 
 
 

______________________________________________

Posts relacionados:

New Orleans – Onde ficar

New Orleans – Conhecendo o French Quarter com crianças

New Orleans – Preservation Hall (show de Jazz permitido para crianças)

New Orleans – Mardi Gras World

Passeando por Indianápolis? Dicas de onde ir

Memphis – conhecendo Graceland, a casa do Elvis Presley

Nashville – o que conhecer na Music City

Anúncios
Categorias: EUA, New Orleans, Viajando | Tags: , , , , , , , , | Deixe um comentário

New Orleans – Oak Alley Plantation

Queríamos visitar pelo menos duas plantations na região de Vacherie, a uns 80 km do centro de New Orleans, que conta com diversas opções como a Oak Alley, a Laura, a St Joseph, a Evergreen. Entretanto, conforme comentamos no post sobre o passeio pelo pântano da Louisiana, acabamos nos enrolando devido ao atraso sofrido pela falta do primeiro horário de tour naquele dia, o que nos fez perder tempo esperando à toa. Já saímos do Cajun Pride Tours quase 10h, e tínhamos que estar de volta para o passeio das 12h. Com pouco tempo para conhecer as plantations, que ficam a cerca de 30 minutos do Cajun Pride Tours, tivemos que optar por apenas uma, e a escolhida foi a Oak Alley Plantation (durante os planejamentos da viagem, eu havia perguntado para a Luciana Misura, do Blog Colagem, se caso só conseguíssemos visitar uma plantation, qual seria a sugestão dela. Ela respondeu Oak Alley, eu confiei, e não me arrependi 😉 ).

Plantation Louisiana

Plantations da Louisiana

A Oak Alley foi construída nos anos de 1830 por descendentes franceses. A cana de açúcar era o principal cultivo. Como cada passo da produção do açúcar, desde o plantio, até a colheita e o refino, requer um intenso esforço físico, essa área de plantations rapidamente se tornou cliente do mercado de escravos de New Orleans. A Oak Alley Plantation chegou a ter mais de 1000 escravos.

 Oak Alley Plantation Área de Oak Alley Plantation

E nós começamos o passeio exatamente pelas casas dos escravos (Slave Marker), já que podemos conhecer a fazenda e suas instalações por conta própria; apenas a mansão tem um tour guiado, o qual tem início a cada 30 minutos. Então, pode-se escolher fazer o tour pela mansão primeiro e visitar a fazenda depois, ou vice-versa.

Senzalas Oak Alley Plantation

Local onde era as Senzalas

Em algumas das casas dos escravos, nas quais podemos entrar, há exibições e exposição de ferramentas, roupas e outros artigos. Em outras, só podemos ver de fora, sendo reproduzido o ambiente interno das casas, que, depois da abolição, passaram a ser ocupadas pelos trabalhadores e suas famílias. Essas casas não são originas, pois a estrutura estava caindo aos pedaços e foi demolida em 1900.

Slave Cabin Oak Alley Plantation

Exposição no interior

Crianças na Slave Cabin Oak Alley Plantation

Aprendendo…

Interior da Slave Cabin Oak Alley Plantation Interior Senzala Oak Alley Plantation

Existem dois banheiros externos (as casinhas) atrás das cabanas dos escravos. Não era comum ter banheiro nas plantations e os escravos tinham que fazer suas necessidades atrás de árvores ou em valas. Quando havia uma “casinha”, ela era exclusiva para as mulheres. Apenas depois da abolição que passaram a construir os banheiros externos atrás das casas, e nas portas de madeira eram entalhados símbolos de meia lua ou de círculo, que, além de proverem luz e ventilação para o espaço, diferenciavam o banheiro masculino do feminino.

Banheiro (casinha) Oak Alley Plantation

Casinhas (banheiros)

Próximo das casas dos escravos, está a lojinha da Oak Alley, onde há banheiros para os visitantes.

Loja Oak Alley Plantation

Voltando em direção à mansão, passamos pelo Back Alley e já estávamos encantados com essa vista sem imaginar o que nos esperava do outro lado, no Alley of Oaks. Os carvalhos do Back Alley foram plantados pelos Romans em 1830 e pelos Stewarts em 1930.

Oak Alley Plantation

Chegando à mansão, ficamos aguardando o início do próximo tour, sendo que ao dar a volta na casa, onde está a porta de entrada do tour, damos de cara com a Alley of Oaks, que é o cartão postal da Oak Alley Plantation.

Mansão de Oak Alley Plantation

Mansão

Mansão Oak Alley Plantation

Outro lado da mansão de Oak Alley Plantation

O corredor de frente para o rio Mississippi onde encontramos 28 carvalhos de 300 anos é incrível. Os carvalhos foram plantados por um desconhecido e já estavam na propriedade quando Jacques Roman comprou a fazenda. Acredita-se que a disposição das árvores era para fazer um corredor de vento.

Carvalhos de Oak Alley Plantation

Alley of Oaks (corredor de carvalhos)

O tour pela mansão é muito interessante. O guia, vestido a caráter, vai passando informações sobre as famílias que moraram na casa e sobre a história da Oak Alley inserida na história dos EUA. Além disso, vamos sabendo curiosidades sobre utensílios usados na época, como o matador de mosquitos sobre a mesa de jantar, ou o abanador que era movimentado por uma corda puxada por um escravo, ou a “geladeira” e o “interfone”. É muito legal ser transportado para essa realidade com coisas que depois vieram a ser o que hoje conhecemos realmente como geladeira ou interfone.

Sala mansão Oak Alley Plantation

Detalhe do abanador sobre a mesa que era movido por um escravo que ficava puxando a corda

A mansão Antebellum foi um presente de Jacques Roman para sua então noiva Celina, e foi desenhada pelo pai dela. A construção levou 3 anos para ser concluída, de 1837 a 1839. Os móveis que se encontram atualmente na casa não são originais (com poucas exceções), mas são antigos e recriam os ambientes.

Mansão Oak Alley Plantation

Bela mansão de Oak Alley Plantation

Durante o tour, passamos pelas salas de estar e jantar no primeiro piso, subimos as escadas para ver os quatro quartos do andar superior, e saímos para a varanda de onde temos uma vista maravilhosa do Alley of Oaks.

Sala mansão Oak Alley Plantation Quarto mansão Oak Alley Plantation Quarto mansão Oak Alley Plantation Quarto mansão Oak Alley Plantation Janela com vista para os carvalhos Oak Alley Plantation

O guia constantemente chamava a atenção para o fato da casa ser construída de tijolos e, em um escritório, há uma parede crua para os visitantes verem como é a construção. Para nós, não há nada de mais em uma casa feita de tijolos, mas para eles parece algo muito diferente.

Escritório de Oak Alley Plantation

Parede de tijolos de Oak Alley Plantation

Detalhe da parede de tijolos

O tour guiado dura de uns 45 minutos a 1 hora e fotografias são permitidas em todos os cômodos no interior da mansão.

Oak Alley Plantation

Nos sentimos voltando no tempo

Sem dúvida o passeio pela Oak Alley Plantation merece destaque. Além de uma viagem no tempo, ainda aprendemos muito sobre a história dos EUA. Quanto às crianças, como ocorreu na visita à Belle Meade, em Nashville, mais uma vez a falta de domínio do idioma atrapalha, mas eles acompanharam tudo e íamos explicando algumas coisas sempre que possível. Não é uma atração que os prenda realmente, mas serve como aprendizado e cultura, o pouco que conseguirem acompanhar. Entretanto, crianças muito pequenas não vão aproveitar muito e podem até atrapalhar o guia no tour pela mansão.

Vista do portão de Oak Alley Plantation

Vista do portão. Pena que não pode parar o carro ali para fotografar

Localização: 3645 Highway 18 (Great River Road), Vacherie, Louisiana 70090

Horário de funcionamento: – nos meses de Novembro a Fevereiro: de segunda a sexta das 9h às 16:30; sábados e domingos, das 9h às 17h.

    – nos meses de Março a Outubro: diariamente das 9h às 17h

– O primeiro tour pela mansão é às 9:30 e seguem a cada 30 minutos.

– A plantation fecha nos feriados de ano novo, natal, ação de graças e na terça-feira de carnaval (Mardi Gras).

Ingressos: 20U$ – adultos;

    7.50U$ – jovens de 13 a 18 anos;

    4.50U$ – crianças de 6 a 12 anos.

– Militares possuem desconto que é extensivo para os brasileiros com a apresentação da ID Militar, recebendo 2U$ de desconto tanto no ingresso do militar como de cada dependente.


(Facebook   Twitter   Instagram)
 
 
 

______________________________________________

Posts relacionados:

New Orleans – passeio pelo pântano

New Orleans – Onde ficar

New Orleans – Conhecendo o French Quarter com crianças

New Orleans – Preservation Hall (show de Jazz permitido para crianças)

New Orleans – Mardi Gras World

Memphis – conhecendo Graceland, a casa do Elvis Presley

 

Categorias: EUA, New Orleans, Viajando | Tags: , , , , , | Deixe um comentário

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: