Cocoa Beach

Cocoa Beach, Flórida

Cocoa Beach é sinônimo de surf e fica pertinho de Orlando, cerca de 96Km e uma horinha de viagem. É uma ótima opção para fugir um pouco da bateria de parques, descansar e aproveitar para conhecer outros lugares. Nós chegamos à Cocoa Beach a partir de Miami, fazendo o percurso de carro passando por Fort Lauderdale, Boca Raton, Palm Beach e West Palm Beach e dormimos no LaQuinta Inn para pegar o Disney Cruise em Port Canaveral no dia seguinte. Também recomendo essa alternativa para quem vai fazer cruzeiro partindo de Port Canaveral, pois já fica perto do local de saída do navio, não correndo riscos de atrasos ou imprevistos no dia de embarque.

Cocoa Beach Flórida

Cocoa Beach

Na nossa doce ilusão, achávamos que Cocoa Beach seria uma pequena cidade de praia. Não é enorme, mas também está longe de ser o que estávamos imaginando. Não sei porque acabamos tendo essa noção, mas acho que de comparar com nossas cidades de praia no Brasil. Porém, tem de tudo em Cocoa Beach, toda infraestrutura, ruas largas e espaçosas, bons e diversos hotéis, restaurantes consagrados e, com destaque, a famosa e enorme Ron Jon.

Ruas largas em Cocoa Beach Flórida

Cocoa Beach

Procuramos acordar cedo para aproveitar um pouquinho de Cocoa Beach, pois no dia anterior, quando chegamos ao hotel, já era noite e estávamos muito cansados depois de um longo voo emendado com um dia de estrada. Nosso primeiro ponto de parada foi exatamente a praia.

Praia de Cocoa Beach Flórida

Cocoa Beach

Praia Cocoa Beach Flórida

Praia

Pelo nosso hotel, através de uma passarela, chegávamos à areia da praia bem ao lado do Cocoa Beach Pier. Como toda cidade de praia que se preze nos EUA, Cocoa Beach tem seu píer, mas é pequeno comparando a outros que já passamos. Na frente do píer, há um pequeno estacionamento.

Estacionamento na frente do Cocoa Beach Pier Cocoa Beach Flórida

Estacionamento na frente do Cocoa Beach Pier

Cocoa Beach Pier Cocoa Beach Flórida

Cocoa Beach Pier

Como ainda era muito cedo, o acesso ao píer estava fechado, mas pudemos observar que havia alguns restaurantes, além de lojas com aluguel de material de pesca. Por sinal, nessa viagem percebemos claramente como o americano tem uma paixão por pescaria. Faz parte da cultura deles e acaba sendo uma diversão em família nos fins de semana juntar toda a tralha e passar o dia pescando em algum dos inúmeros “pier” espalhados por todos os lados. Não conhecia esse lado da cultura americana e foi interessante descobrir os costumes locais. Vocês vão perceber que em vários posts sobre as mais diversas cidades que passamos, vamos acabar voltando ao assunto da pescaria.

Cocoa Beach Flórida Cocoa Beach Flórida

Aproveitamos para dar uma volta pela praia, que estava vazia, apenas com algumas poucas pessoas fazendo caminhadas matinais. Movimento mesmo apenas das gaivotas que estavam por todos os lados.

Cocoa Beach Flórida Cocoa Beach Praia Cocoa Beach Flórida

A praia era bonitinha, mas não me animei muito. Tudo bem que sou suspeita porque não sou fã de praia. Uma faixa pequena de areia, muitas algas, mar gelado e um vento frio (levando em consideração que era Novembro. No verão, a praia deve ser mais atraente, talvez). Por isso, ninguém na água. Quer dizer, ninguém mais ou menos. Lembra que disse lá no início sobre Cocoa Beach ser conhecida, inclusive, como a “Capital do Surf”? Pois é! Ia ficar arrasada se não visse alguém surfando. E eis que num determinado momento, perdido entre as ondas, avistamos um surfista solitário.

Já a diversão dos meninos foi catar conchinhas. E tinha umas bonitinhas mesmo, bem branquinhas. Até guardei algumas para trazer de lembrança. Mas o que eles mais gostaram de Cocoa Beach foi o nome. Isso! O nome “Cocoa” não saiu da boca deles o resto da viagem. Eles diziam que Cocoa era a mulher do cocô. Coisas de Matheus e Gabriel. 🙂

Cocoa Beach Cocoa Beach Flórida

Cocoa Beach

Saímos da praia para conhecer a Ron Jon, uma enorme loja de produtos de surf e praia bem famosa na região. Não tem como não achar. Fica na avenida principal, a Atlantic Ave, e é gigantesca e bem colorida. Ao lado da Ron Jon, há outro prédio que chama a atenção, o hotel Four Points. Na própria Ron Jon tem estacionamento gratuito com placas indicando.

Ron Jon Cocoa Beach Flórida

Ron Jon

Ron Jon Cocoa Beach Flórida

Hotel Four Points

Estacionamento na Ron Jon Cocoa Beach Flórida

Estacionamento na Ron Jon

Na frente da loja, há alguns carros estilizados e esculturas de surfistas famosos com destaque para a maior que fica bem na entrada e imortaliza o Kelly Slater, considerado o melhor surfista do mundo e nascido em Cocoa Beach (não! Não entendo nada de surf. Mas nada como um Google na nossa vida…).

Ron Jon Cocoa Beach Flórida

Ron Jon

Carros na entrada da Ron Jon Cocoa Beach Flórida

Carros na entrada da Ron Jon

Escultura da Ron Jon Cocoa Beach Flórida

Escultura da Ron Jon

Escultura de Kelly Slater na frente da Ron Jon Cocoa Beach Flórida

Escultura de Kelly Slater na frente da Ron Jon

A Ron Jon fica aberta 24h e é possível encontrar tudo com relação à praia como roupas masculina, feminina e infantil; saídas de praia; óculos; chapéus; brinquedos de areia para criançada; protetor solar; chinelos; diversos souvenirs, entre tantas outras coisas. Claro que as pranchas de surf dominam o ambiente. A decoração e a loja têm um astral super animado, com vendedores simpáticos e prestativos, sempre cumprimentando os clientes.

Ron Jon Cocoa Beach Flórida Ron Jon Cocoa Beach Flórida Ron Jon Cocoa Beach Flórida

É possível alugar materiais e equipamentos como caiaques, stand-up, pranchas de surf ou bodybording, bicicletas, ou mesmo reservar aquela aula de surf.

Ron Jon Cocoa Beach Flórida

Da Ron Jon, fomos para fazer o check-out do hotel e seguimos para Port Canaveral, que fica coladinho em Cocoa Beach, de onde embarcaríamos no Disney Dream, cujos relatos (vááááários) começamos no próximo post.

Port Canaveral Flórida

Rumo a Port Canaveral

 
 
Facebook      Twitter      Instagram

________________________________________________

Posts relacionados:

Circle Line Cruise – Passeio de Barco em NYC

Museu de Cera Madame Tussaud em Nova York

Tour noturno por Manhattan nos ônibus de 2 andares (Lights of Holiday Tour)

Relatos – Dia 10: Busch Gardens

Roteiro 2013 – Florida (Miami, Orlando, Key West, e passagem rápida por cidades como Cocoa Beach, Daytona Beach, St Augustine, Jacksonville, Tampa, St Petersburg, Clearwater) e Georgia (Savannah e Atlanta)

Categorias: Cocoa Beach, EUA, Viajando | Tags: , , , , , , , | Deixe um comentário

Dica de hotel em Cocoa Beach

Ficamos hospedados uma noite em Cocoa Beach no hotel LaQuinta Inn & Suites. Queríamos algo próximo a Port Canaveral de onde saía nosso cruzeiro, o Disney Dream, no dia seguinte.

Fachada do LaQuinta Inn Cocoa Beach Flórida

Fachada do LaQuinta Inn

Lobby hotel Cocoa Beach Flórida

Lobby

Entrada hotel Cocoa Beach Flórida

Entrada

Piscina hotel Cocoa Beach Flórida

Piscina

O hotel foi uma agradável surpresa e considero uma excelente opção em Cocoa Beach. Conta com estacionamento e wi-fi gratuitos (consegui usar o wi-fi até na praia em frente ao hotel). A localização é muito boa, ao lado do Cocoa Beach Píer e de frente para praia.

Lista da varanda do nosso quarto hotel Cocoa Beach Flórida

Vista da varanda do nosso quarto

Os quartos são amplos e limpos, com camas confortáveis, ar-condicionado, televisão (que, claro, que nem ligamos). São equipados com micro-ondas, geladeira, cafeteira e possuem uma varandinha com vista total ou parcial para o mar. Pegamos um quarto com vista parcial e foi suficiente, até porque dá para ver bem a praia, só que um pouco lateralizada.

La Quinta Inn Cocoa Beach Flórida

La Quinta Inn Cocoa Beach Flórida La Quinta Inn Cocoa Beach FlóridaLa Quinta Inn Cocoa Beach Flórida

Na área externa, há uma piscina, que não chegamos a usar, mas me chamou a atenção o fato de um hotel simples ter a preocupação com a acessibilidade de deficientes físicos até na piscina.

La Quinta Inn Cocoa Beach Flórida

La Quinta Inn

O detalhe do acesso de deficientes para a piscina Cocoa Beach Flórida

O detalhe do acesso de deficientes para a piscina

É possível chegar à praia a partir do próprio hotel passando por uma passarela que leva até a areia. Não vi qualquer segurança no acesso da praia ao hotel por essa passarela, já que qualquer um podia abrir o portão (que inclusive estava escancarado) e entrar, e não ficava ninguém do hotel no local. Ponto negativo!

Hotel Cocoa Beach Flórida

Passagem direto do hotel para a praia

La Quinta Inn Cocoa Beach Flórida

La Quinta Inn

O hotel oferecia um café continental incluído no valor da diária. Não era muito variado, mas dava para quebrar o  galho e matar a fome de manhã. Claro que as opções eram de um típico café da manhã americano com pães de forma, bagel, cereais, ovos, bacon (sempre), manteiga, geleia, iogurte, sucos, leite, café, poucas opções de frutas (só duas, laranja e maçã) e máquinas para fazer waffle. Era tudo bem organizado e o ambiente acolhedor.

Área do Café da Manhã hotel Cocoa Beach Flórida

Área do Café da Manhã

Café Continental oferecido Cocoa Beach Flórida

Café Continental oferecido

Café da Manhã Cocoa Beach Flórida

Café da Manhã

Café Continental  Cocoa Beach Flórida

Fazendo Waffle no Café Continental

O LaQuinta Inn em Cocoa Beach atendeu muito bem o objetivo e a nossa expectativa.

 
 
 
 Facebook      Twitter      Instagram)
 
_______________________________________________________________

Posts relacionados:

Fort Lauderdale, Palm Beach e West Palm Beach (pela A1A)

Restaurantes – THE CHEESECAKE FACTORY

Roteiro 2013 – Florida (Miami, Orlando, Key West, e passagem rápida por cidades como Cocoa Beach, Daytona Beach, St Augustine, Jacksonville, Tampa, St Petersburg, Clearwater) e Georgia (Savannah e Atlanta)

Hospedagem (os hotéis que já ficamos)

Categorias: Cocoa Beach, EUA, Hotéis, Viajando | Tags: , , , , , | Deixe um comentário

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: