Mammoth Lakes

Roadtrip Califórnia – Mammoth Lakes e Mono Lake

Após um dia de muito calor no deserto do Death Valley, agora a paisagem e o clima eram totalmente diferentes. Nem parecia que havíamos rodado apenas alguns Km para estar naquele ambiente típico de montanhas, sentindo inclusive frio e tendo que usar casacos. Estávamos em Mammoth Lakes.

A região é linda, uma paisagem oposta da que vimos no deserto. Muito verde, montanhas e lagos. Mammoth Lakes seria apenas um ponto de parada entre o Death Valley e o Yosemite, mas acabamos gastando um bom tempo nela e não nos arrependemos.

A cidade é pequena, mas aconchegante. Numa próxima oportunidade, eu dispensaria mais tempo em Mammoth para curtir melhor os lagos, ou simplesmente relaxar. Dava vontade de ficar apenas sentada, olhando a paisagem digna de cartão postal, ou lendo um bom livro. Mas, infelizmente, nós tínhamos pouco tempo e só passamos rapidamente pelos principais lagos.

Mammoth Lakes, Califórnia

Mammoth Lakes

Primeiro fomos aos Twin Lakes, dois grandes lagos cercados pelas montanhas. Passamos entre eles sobre uma pequena ponte de madeira. Estava muito frio, apesar de não ser inverno, e ainda assim encontramos algumas pessoas pescando ou até curtindo um passeio de barquinho. A sensação de paz que aquele lugar transmite é impressionante. É para se sentir em contato total com a natureza. Uma cachoeira que vem do Lago Mamie desagua nos Twin Lakes

Mammoth Lakes, Califórnia Mammoth Lakes, Califórnia Twin Lakes Mammoth Lakes, Califórnia Mammoth Lakes Mammoth Lakes, Califórnia Mammoth Lakes, Califórnia

Seguimos para o lago Mary, o maior dos lagos que visitamos, mas também o que estava mais deserto. Percebemos que havia algumas áreas para camping ao redor do lago e algumas trilhas levavam para outros lagos da região. Não nos aventuramos.

Mammoth Lakes, CalifórniaMammoth Lakes

O lago mais diferente foi o Horseshoe. A vegetação ao redor de uma parte do lago é repleto de caules de árvores mortas. Isso ocorre devido à alta concentração de CO2 vindo do solo em decorrência da área vulcânica em que está localizado. Nesse lago não é permitido acampar e nem é recomendado passar um longo período de tempo exposto aos gases eliminados. Não sentimos qualquer mal-estar ou dificuldade para respirar no local, mas também não demoramos na visita. Crianças e animais estão mais sujeitos aos efeitos por ficarem mais próximos ao solo.

Mammoth Lakes Mammoth Lakes Mammoth Lakes, Califórnia Horseshoe Mammoth Lakes, Califórnia

O lago Mamie é o mais movimentado, onde encontramos várias pessoas pescando.

Mammoth Lakes Mammoth Lakes

Em um ponto do lago Mamie, estacionamos o carro para ver a incrível e maravilhosa paisagem dos Twin Lakes cercados pelas montanhas e pela floresta. É de tirar o fôlego. As fotos não fazem jus à beleza que nossos olhos captam naquele lugar.

Mammoth Lakes, Califórnia Mammoth Lakes Mammoth Lakes

No caminho de volta, passamos rapidamente na subida do teleférico, mas ainda estava fechado. Ele leva para a Mammoth Mountain, uma montanha de 3369 metros de altura onde fica a estação de ski no período de inverno. Infelizmente, não tínhamos mais tempo para conhecer outras atrações da Mammoth Mountain, entre elas, uma quilométrica falha geológica na encosta da montanha, e o Devil’s Postpile National Monument, uma formação geológica de mais de 100 mil anos que produz uma parede com diferentes formatos geométricos de colunas de basalto. A 3 Km do Devil’s Pospile, fica a a cachoeira Rainbow Fall. Ficou anotado para uma próxima oportunidade.

Mammoth Lakes Mammoth Lakes

Mammoth Lakes oferece muitas opções para quem gosta de atividades ao ar livre, seja no verão, com as trilhas para caminhada ou bikes, as pescarias nos lagos, os campings, as cavalgadas, os esportes náuticos, etc; como também no inverno, com uma infraestrutura completa para quem deseja esquiar, patinar no gelo ou simplesmente curtir a neve. Muitos brasileiros acabam buscando lugares conhecidos como o Lake Tahoe, mas Mammoth Lakes também é uma ótima opção nas montanhas da Califórnia.

Seguimos viagem em direção ao Yosemite, mas fizemos uma parada no Mono Lake, considerado um dos lagos mais velhos do mundo. Há um centro de visitantes com museu que conta um pouco da história de formação do Mono Lake. A entrada é gratuita.

Mono Lake Mono Lake

Esse lago tem uma concentração de sal três vezes maior que a água do mar. É possível ver na sua superfície as pontas de calcário retorcidos resultantes do contato do cálcio das fontes subterrâneas com os carbonatos da água.  É uma paisagem bem diferente e até esquisita. Vale a pena uma parada para conhecer.

Mono Lake Mono Lake Mono Lake Mono Lake Mono Lake Mono Lake

Do Mono Lake pegamos a Tioga Pass, que por si só já é uma atração à parte, mas contamos mais sobre essa estrada e o Yosemite Park no post seguinte.

 
 
(Facebook   Twitter   Instagram)
 
 

_______________________________________

Posts relacionados:

Las Vegas (Parte 1) – Introdução

Las Vegas (Parte 2) – Hotéis & Cassinos

Las Vegas (parte 3) – Onde Comprar em Las Vegas

Roteiro – 6 dias em Las Vegas

Death Valley National Park, Califórnia (Vale da Morte)

 
 
Anúncios
Categorias: EUA, Mammoth Lakes, Mono Lake, Viajando | Tags: , , , , , , | 1 Comentário

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: