Québec – La Citadelle

Atração imperdível de Québec, La Citadelle foi a maior e mais importante fortaleza britânica na América do Norte, embora tenha sido construída com a colaboração tanto do exército francês, que iniciou sua construção em 1693, quanto britânico, que a concluiu em 1831.

Observatoire de la Capitale, Quebec

Originalmente, foi erguida como estratégia de defesa de Québec contra possível ataque norte-americano.

La Citadelle, Quebec La Citadelle, Quebec

Atualmente ainda é guarnecido com tropas regulares e sedia o Royal 22º Régiment, que é um regimento franco-canadense conhecido popularmente como “The Van Doos”. Este regimento foi criado em 1914 por canadenses voluntários para participarem na I Guerra Mundial porque falavam francês.

La Citadelle, Quebec La Citadelle, Quebec

É também na Citadelle que está a casa oficial do Governador Geral do Canadá, onde o mesmo tem a obrigação de pernoitar ao menos uma noite no ano (existe um tour previsto para visitar o interior da casa). A residência do Governador Geral foi fundada em 1872.

Portanto, como é um organização militar em atividade, as visitas ao interior de La Citadelle só são possíveis através dos tours guiados, que ocorrem diariamente. Existem tours em francês e em inglês. Nossa guia falava um inglês bem fácil de compreender.

La Citadelle, Quebec

Enquanto aguarda-se o horário do tour, pode-se visitar o Musée Royal 22º Régiment, que traz a história do regimento desde 1914 até os dias atuais. Muitas exibições são interativas, com vídeos, mapas de batalhas (inclusive das campanhas no Afeganistão), áudios, além das exposições de fardas, medalhas e outros artefatos. Os vídeos com depoimentos dos ex-combatentes canadenses da II Guerra Mundial são comoventes. Fotografias não são permitidas. Também é possível visitar o museu após o tour.

La Citadelle, Quebec

Durante o tour, vamos percorrendo várias construções da fortaleza que datam dos séculos 17 e 18, e podemos aprender sobre mais de 300 anos da história de Québec e do Canadá.

Visitamos a casa de munições, dois baluartes da fortaleza e a antiga prisão, onde há outro museu.

La Citadelle, Quebec La Citadelle, Quebec

Também passamos por outros prédios originais construídos pelos franceses e por ingleses, os quais levam nomes de batalhas ou campanhas de que o Regimento participou. Alguns dos canhões são originais do século XIX.

La Citadelle, Quebec La Citadelle, Quebec

Devido a sua localização estratégica, La Citadelle é também conhecida como “Gibraltar da América”, já que da fortaleza se tem uma visão privilegiada da cidade de Québec e do rio Saint-Laurent.

La Citadelle, Quebec

Todos os dias, às 12 horas em ponto, é disparado um tiro de canhão de dentro da fortaleza. Esse disparo era para avisar aos fazendeiros e moradores de fora da cidade sobre o horário. A tradição foi mantida, mas muitos moradores ainda se assustam com o barulho diário.

La Citadelle, Quebec

O Dalhousie Gate, logo na entrada da fortaleza, é o único portão autêntico de Québec e que não foi reconstruído ou adaptado ao fluxo de automóveis.

La Citadelle, Quebec

 

No Citadelle’s Memorial encontra-se um livro com todos os nomes de homens e mulheres do Regimento que perderam a vida em serviço. Há uma tradição em que o Comandante da Guarnição Militar lê em voz alta, todos os dias às 7h, os nomes de duas páginas deste livro.

La Citadelle, Quebec La Citadelle, Quebec

O Cap-aux-Diamants Redoubt é a construção mais antiga da Citadelle, datando de 1693, e construída pelos franceses como a primeira fortaleza de Québec.

La Citadelle, Quebec

Ao lado está o Cap Diamant, que é o ponto mais alto do penhasco Cap Diamant e de onde se tem uma vista perfeita da Cidade Baixa de Québec.

La Citadelle, Quebec

O tour tem duração de 1 hora. De Junho a Setembro é possível assistir à cerimônia de troca de guarda, com os militares vestindo o tradicional uniforme vermelho e chapéu de pele de urso negro.

La Citadelle, Quebec La Citadelle, Quebec La Citadelle, Quebec

A visita a La Citadelle é imperdível! Várias são as demonstrações de respeito às tradições e aos heróis. O lema do Royal 22º Régiment, que é o mesmo do estado de Quebec, sintetiza bem nossa impressão: “Je me souviens”, que significa “nos lembraremos”. Segundo a guia, o lema serve para que não se esqueçam de suas origens inglesas e francesas, e de que são canadenses, além de se lembrarem das campanhas militares e dos heróis já mortos!

La Citadelle, Quebec

Durante o tour, deve-se ter uma atenção especial à segurança das crianças para que as mesmas não subam nas muretas, que são baixas.

La Citadelle, Quebec

Localização: 1 Côte de la Citadelle, Québec City, Quebec

Horário de funcionamento: diariamente; de maio a outubro, das 9 às 18h; de novembro a abril, das 10 às 16h

  • Fechado em 25 de dezembro e 1º de janeiro.

Valores: Adulto 16$; maiores de 65 anos 13$; crianças de 7 a 17 anos 6$; família (2 adultos e até 3 crianças até 18 anos) 32$.

  • Estacionamento gratuito
*Agradecemos ao Turisme Québec e a La Citadelle os ingressos de cortesia.
(Facebook   Twitter   Instagram)
 
 
 

______________________________________________

Posts relacionados:

Québec – Observatoire de la Capitale

Dica de Hospedagem em Québec, Canadá (Hotel Le Concorde)

Ottawa – Canadian Museum of History e Children’s Museum

Montreal – explorando a Vieux-Montréal

Travel Mobile – Chip de celular para viagens pelos EUA

Anúncios
Categorias: Canadá, Quebec, Viajando | Tags: , , , , , , , | Deixe um comentário

Navegação de Posts

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: