Ottawa – bate e volta de Montreal

Antes de mais nada, Ottawa é apaixonante. É linda. É charmosa. É cheia de atrativos turísticos. É a capital do Canadá.

Alexandria Bridge, Ottawa

Localizada em Ontário, entre os rios Ottawa e Rideau, Ottawa tem toda uma característica própria, diferente do que estávamos vendo até então em Montreal, e do que veríamos posteriormente em Québec. A influência inglesa é mais marcante e percebemos isso no instante em que cruzamos as divisas entre os estados e passamos a ver o inglês também nas placas de trânsito, não mais apenas o francês como ocorria na província de Québec.

Alexandria Bridge, Ottawa

Ottawa não é uma cidade muito grande e os pontos de interesse turístico são relativamente próximos, sendo possível percorrê-los a pé. A 201km de Montréal, é totalmente viável fazer um bate e volta para Ottawa, mas, para quem deseja visitar todos os museus, o ideal é ao menos um pernoite na cidade.

Ottawa

Nós saímos de Montreal umas 7h da manhã (ai, acreditem! Mas foi dureza acordar), já que queríamos pegar o primeiro tour pelo Parlamento, às 9:30. Até chegamos cedo, mas só pegamos o tour das 11h, já que os anteriores já estavam esgotados. Isso atrasou um pouco os planejamentos do nosso dia, embora nada que atrapalhasse demais.

Parlamento Ottawa

Deixamos o carro parado num estacionamento próximo ao Centro de Visitantes. Não é barato, custa 20$ o dia todo (das 6-18h) e 5$ das 18-6h. Como só retiramos o carro depois das 18h, pagamos 25$.

Durante dia gastamos mesmo foi a sola do sapato, e andamos BASTANTE, mas foi ótimo. Ottawa é uma cidade super agradável para caminhar, apesar do vento gelado que já incomodava logo de manhã cedo (depois o sol deu uma esquentada).

Major's Hill Park, Ottawa

Nossa primeira parada foi no Centro de Visitantes, localizado na 90 Wellington Street, bem em frente do Parliament Hill (do outro lado da rua). É lá que se pega os tickets para o tour pelo interior do Parlamento.

O tour pelo bloco central é gratuito e tem uma duração de aproximadamente 50 minutos, considerando os procedimentos de segurança para a entrada no prédio. Não é permitido entrar no Parliament Hill com mochilas e bolsas grandes (limite máximo de 35.5 cm x 30.5 cm x 19 cm), sendo necessário deixá-las nos armários disponíveis no segundo andar do Centro de Visitantes (gratuito). Os tours estão disponíveis todos os dias, mas os horários variam de acordo com a época do ano, de forma que é melhor verificar o calendário no site oficial para se programar melhor.

Parlamento Ottawa

Em frente ao Centro de Visitantes tem uma escultura de Terry Fox, considerado um herói canadense, criada por John Hooper em 1983. Aos 18 anos, Terry Fox perdeu uma perna em decorrência de um câncer. Três anos depois, com uma prótese, começou uma travessia de costa a costa pelo Canadá com objetivo de arrecadar fundos para as pesquisas contra o câncer. Infelizmente, 143 dias depois, sua luta teve fim; o câncer havia voltado e ele faleceu poucos meses depois, em 1981, deixando um grande legado para o povo canadense. Havia uma exposição temporária sobre Terry Fox quando visitamos o Canadian Museum of History durante nossa viagem, mas falaremos com mais detalhes sobre o museu em outro post.

Ottawa

Os prédios góticos do Parlamento são imponentes e deslumbrantes. Ficam numa colina à margem do rio Ottawa e se destacam na paisagem com o tom de verde de seus telhados de cobre.

Alexandria Bridge, Ottawa

Logo na frente, entre os 3 prédios sedes do governo, está um monumento com uma Chama Eterna, que foi acesa em 1967. Durante os meses de junho a agosto, ocorre a troca de guarda diariamente na frente do Parlamento.

Parlamento Ottawa Parlamento Ottawa

O tour tem início sobre um mastro da bandeira canadense na área externa do Parliament Hill, onde o grupo se reúne com o guia antes de entrar no prédio central. Toda essa área externa tem cobertura gratuita de wi-fi.

Parlamento Ottawa

Antes de entrar, passamos por uma rápida revista das bolsas (as pequenas, porque as grandes são proibidas, lembra?). Depois, no interior, passamos pelo raio x. Nosso cabo extensor da GoPro não foi permitido dentro do Parlamento, mas apenas colocaram numa bolsa lacrada e nos deram um cartão numerado para retirá-lo na saída do tour. As máquinas fotográficas são permitidas.

O interior do Parlamento é tão lindo quanto o seu exterior. Durante o tour, vamos aprendendo mais sobre o regime político do Canadá, o funcionamento do Parlamento, sua história e arquitetura.

Parlamento Ottawa Parlamento Ottawa Parlamento Ottawa

Mas eu só queria mesmo era ser esquecida dentro daquela biblioteca! 🙂  Absolutamente encantadora!

Parlamento Ottawa Parlamento Ottawa

Ao final do tour, podíamos subir na Torre da Paz para uma vista da cidade, mas estavam ocorrendo muitas excursões de escolas neste dia e o local encontrava-se lotado de jovens estudantes, fazendo com que a fila para o elevador fosse monstruosa e, principalmente, muito lenta. Ainda esperamos um pouco, mas logo que percebemos a lentidão e o enorme tempo que perderíamos ali, acabamos desistindo. É possível visitar a Peace Tower sem fazer o tour.

Parlamento Ottawa

Ao sairmos do Parlamento, pegamos logo nossa mochila no Centro de Visitantes (poderíamos deixar lá até 17h, horário em que o Centro fechava, mas ficamos com receio de nos perder na hora).

Seguimos pela Wellington Street até o National War Memorial, um grandioso monumento em memória aos veteranos da guerra. Todo 11 de novembro as pessoas se reúnem neste local para homenagear aqueles que deram a vida pela liberdade que se tem hoje, na chamada Cerimônia do Dia da Lembrança.

National War Memorial, Ottawa

Atravessamos o Canal Rideau, mas não caminhamos muito pelo parque que o margeia e que é muito procurado pelos locais durante todo o ano, seja para aproveitar o verão e as pistas à beira-rio, ou o inverno e o enorme ringue de patinação em que se transforma o canal.

Nossa ideia inicial era seguir pelo Canal Rideau até o Confederation Park, que fica em frente ao City Hall, mas, como a hora já estava adiantada e as crianças queriam almoçar, apenas passamos em frente ao City Hall à noite, de carro mesmo, antes de seguir viagem de volta para Montréal.

Paramos para tirar foto da fachada do Fairmont Château Laurier, o famoso e luxuoso hotel canadense inaugurado em 1912, e o vallet que estava na frente do hotel nos chamou para conhecer o lobby. Nem sabíamos que era permitido, mas adoramos. Quem sabe um dia estaremos ali como hóspedes… Sonhar não custa, né?

Fairmont Château Laurier, Ottawa Fairmont Château Laurier, Ottawa Fairmont Château Laurier, Ottawa Fairmont Château Laurier, Ottawa Fairmont Château Laurier, Ottawa

Pegamos a Sussex Dr até a George Street para caminharmos pelo ByWard Market, um dos mais antigos bairros de Ottawa e onde encontramos diversas opções de restaurantes, cafeterias, lanchonetes, bistrôs, lojas e uma feirinha a céu aberto que ocorre desde 1840.

Byward market, Ottawa Byward market, Ottawa Byward market, Ottawa Byward market, Ottawa

Aproveitamos para almoçar uma deliciosa pizza no The Grand Pizzeria, com uma massa fininha e caprichada num molho de tomate especial da casa. É uma ótima opção para quem não quer perder muito tempo com a refeição, essencial para quem está num bate e volta, e procura algo que agrada as crianças e não custa muito. Recomendamos!

The Grand Pizzeria, Ottawa The Grand Pizzeria, Ottawa

Bem em frente à pizzaria fica o Beaver Tail – e aqui faço um pedido muito especial… não deixem de experimentar! É… um doce… assim… Ah, é bem difícil explicar o que é essa sobremesa típica canadense, só provando para entender. Mas que é sensacional, isso é! Só não pense na dieta, ok? 😉

Beaver Tail, Ottawa Beaver Tail, Ottawa Beaver Tail, Ottawa Beaver Tail, Ottawa

Passamos por dentro do galpão do ByWard Market Building, e as tentações continuam ali. Ainda bem que não cabia mais nada no estômago…

Byward market, Ottawa Byward market, Ottawa

Subimos pela York St até a Sussex Dr e atravessamos ao lado da Embaixada Americana até a rua seguinte, a Mackenzie Ave. Aproveitamos para caminhar pelo Major’s Hill Park, o primeiro parque da capital, que estava super colorido graças ao fall foliage do outono, deixando a paisagem deslumbrante.

Ottawa Ottawa Major's Hill Park, Ottawa Major's Hill Park, Ottawa

Dali também temos uma boa vista dos fundos do Fairmont Château Laurier e do Parliament Hill.

Major's Hill Park, Ottawa

Não deixe de chegar até a margem do rio Ottawa para tirar fotos de Ottawa e da sua cidade vizinha, Gatineau.

Major's Hill Park, Ottawa

Atravessamos a Alexandria Bridge (de 1901) a pé em direção a Gatineau, aproveitando toda a beleza da vista, e não só mudamos de cidade como também de província, uma vez que o rio Ottawa é a divisa entre Québec e Ontário.

Alexandria Bridge, Ottawa Alexandria Bridge, Ottawa Alexandria Bridge, Ottawa Alexandria Bridge, Ottawa

Nosso objetivo era o Canadian Museum of History, onde também há o Children’s Museum. Nós vamos falar da nossa visita ao museu da história canadense num post específico.

Alexandria Bridge, Ottawa

Voltamos para Ottawa e aproveitamos a última hora de sol para tirar foto na Peacekeeping Monument, que simboliza a resolução dos conflitos ao misturar o caos da guerra com a ordem e a segurança da paz.

Peacekeeping Monument, Ottawa

Ao lado do Peacekeeping Monument está a National Gallery of Canada, um dos sete museus nacionais de Ottawa e a maior galeria de arte do Canadá, com mais de 25 mil obras. Inaugurado em 1988, o exterior do prédio já é uma obra de arte por si só, todo em granito rosado e vidro.  Não chegamos a conhecer por dentro, apenas tiramos foto na escultura de bronze chamada Maman, do escultor Louise Bourgeois, que se trata de uma gigantesca aranha que fica na praça em frente à galeria. Já falei que odeio aranhas?

 National Gallery of Canada, Ottawa  National Gallery of Canada, Ottawa  National Gallery of Canada, Ottawa

Nosso último ponto de parada foi a Catedral Notre-Dame. É possível conhecer o interior da igreja gratuitamente.

Catedral Notre-Dame Catedral Notre-Dame Catedral Notre-Dame Catedral Notre-Dame

Já estava escuro quando fomos procurar algo para comer no Rideau Centre, um shopping ao lado do ByWard Market.

Rideau Centre, Ottawa

Depois do jantar, e de saborear mais uma vez o Beaver Tail (quem resiste?), pegamos o carro e seguimos para estrada de volta para Montréal.

Outras atrações de Ottawa:

 

(Facebook   Twitter   Instagram)
 
 
 

______________________________________________

Posts relacionados:

Montreal – diversão no Old Port

Montreal – explorando a Vieux-Montréal

O Centre-Ville de Montreal

Montreal – Insectário e Jardim Botânico

Travel Mobile – Chip de celular para viagens pelos EUA

 

 

Anúncios
Categorias: Canadá, Ottawa, Viajando | Tags: , , , , , , , | Deixe um comentário

Navegação de Posts

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: