Houston – Houston Museum of Natural Science

Começamos nosso passeio em Houston exatamente por pelo Museum of Natural Science (HMNS), e já deu para impressionar.

Fazendo parte do chamado Museum District, esse museu foi aberto em 1909 e conta com quatro andares que garantem horas de entretenimento. Porém, um fato negativo chamou atenção: muitas atrações eram pagas à parte, fora da admissão geral. Ou seja, o valor que se paga para entrar no museu dá direito apenas às exibições permanentes, enquanto as temporárias, o Planetarium, o Butterfly Center e o cinema 3D no Giant Screen Theatre possuem outros ingressos  (cada um). E olha que a entrada do museu não é barata (20U$)… e ainda ter que pagar por tantas outras atrações… Acabamos fazendo apenas o básico, que estava incluído no FastPASS, até porque não estávamos com tanto tempo livre e queríamos conhecer outras coisas na cidade (e, de quebra, resolvemos economizar um pouco). Independente, o passeio compensa, mesmo que apenas as exibições permanentes.

Planetário Houston Museum of Natural Science

Planetário

O que achamos melhor desse museu foi o Morian Hall of Paleontology. Localizado já no primeiro andar, essa ampla galeria oferece uma viagem através de mais de 3 milhões de anos. O ambiente por si só já é lindo, com uma iluminação a meia luz e vários fósseis por todos os lados.

Hall of Paleontology Houston Museum of Natural Science

É bem interessante a forma como a exposição coloca as montagens dos fósseis, ao lado de painéis com a imagem reproduzida daquilo que estamos vendo nos fósseis (acho que com as fotos abaixo vão dar para entender melhor). Isso dá uma visão diferente, especialmente para as crianças. Foi a diversão dos meninos, ficar comparando os fósseis com os painéis.

Hall of Paleontology Houston Museum of Natural Science Hall of Paleontology Houston Museum of Natural Science

No Hall of Paleontology encontramos um Tricerátopo mumificado chamado Lane e outros três Tiranossauros, um deles com as mãos e pés mais bem preservados de todos fósseis já encontrados dessa espécie.

Houston Museum of Natural Science

Pode ter certeza que só essa galeria já vai tomar bastante do tempo da visita e mesmo que for para ver apenas ela, a ida ao Museum of Natural Science já valeu. De todos os museus que já fomos, esse foi o melhor no quesito fósseis.

Houston Museum of Natural Science Houston Museum of Natural Science

O Farrish Hall of Texas Wildlife, com cenários que trazem a diversidade de ecossistemas do estado do Texas, e o Frensley Hall of African Wildlife, com a vida selvagem africana, também merecem destaque e chamaram muito a atenção dos meninos. Os animais são perfeitos e a ambientação nos transporta.

Houston Museum of Natural Science Houston Museum of Natural Science Houston Museum of Natural Science Houston Museum of Natural Science

Além dessas, outras exibições permanentes do museu são:

Cullen Hall of Gems and Minerals e o Laster and Sue Smith Gem Vault, com lindas joias, mas num ambiente muito escuro que nem dava direito para tirar fotos.

Houston Museum of Natural Science Houston Museum of Natural Science

John P. Mcgovern Hall of the Americas, com as tradições culturais dos povos indígenas desde o Alasca até o Peru.

Houston Museum of Natural Science

Hall of Ancient Egypt, com artefatos egípcios, múmias e sarcófagos.

Houston Museum of Natural Science Houston Museum of Natural Science Houston Museum of Natural Science

Wiess Energy Hall, sobre o processo de desenvolvimento da energia. Não prendeu muito a nossa atenção.

Welch Chemistry Hall, com algumas exibições interativas sobre química, mas que achamos meio bobos.

Houston Museum of Natural Science Houston Museum of Natural Science

Earth Forum, com estações de computadores e globos. Cada estação se foca numa área diferente como Biosfera, Atmosfera, Energia, População, etc. Quase não ficamos nessa galeria e vimos que está precisando de reforma, pois algumas estações estão com itens quebrados e os bancos com estofado rasgado.

Houston Museum of Natural Science Houston Museum of Natural Science

Strake Hall of Malacology, traz exposição de moluscos e várias conchas diferentes.

Houston Museum of Natural Science

Há estacionamento em prédio anexo que custa 10U$ para quem está visitando o museu. É preciso guardar o ticket do museu e apresentar na saída na hora do pagamento, pois o valor para quem não visitou o HMNS é de 20U$.

Localização: 5800 Caroline Street, Houston, TX 77030, no Hermann Park.

Horário de funcionamento: diariamente das 9h às 17h.

Ingressos para as exibições permanentes: adultos 20U$; crianças  (3 a 11 anos) 15U$; menores de 2 anos, gratuito.

Nas quintas-feiras das 14h às 17h, a entrada no museu é gratuita (para exibições permanentes).

Para informações sobre os valores das demais atrações pagas, site oficial.


(Facebook   Twitter   Instagram)
 
 
 

______________________________________________

Posts relacionados:

Houston – Onde ficar

Passeando por Indianápolis? Dicas de onde ir

Memphis – conhecendo Graceland, a casa do Elvis Presley

Nashville – o que conhecer na Music City

New Orleans – dicas de passeios (com crianças)

Anúncios
Categorias: EUA, Houston, Uncategorized, Viajando | Tags: , , , , , | Deixe um comentário

Navegação de Posts

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: