New Orleans – como se locomover

Uma ótima forma de se locomover em New Orleans é usando os street cars, os bondinhos elétricos. Mesmo que não seja para se deslocar, o passeio de bonde deve ser feito até como atração turística.

Bonde New Orleans

Os charmosos bondes são super bem conservados, circulam regularmente e são baratos. A passagem individual custa 1,25U$. O pagamento é feito pelo próprio passageiro numa máquina bem na entrada do bonde e deve ser em valor exato porque a máquina não dá troco.

Entrada do bonde New Orleans

Máquina para pagamento na entrada do bondinho

Também estão disponíveis passes, os Jazzy Passes, de 1, 3 e 31 dias, por 3U$, 9U$ e 55U$, respectivamente, permitindo usar o bonde quantas vezes quiser dentro desses períodos. Esses passes são comprados em lugares específicos. Para saber onde comprar, link.

Os bondes circulam por New Orleans em três linhas:

Canal Street Line (vermelha e verde claro) – cerca de 9 km pela Canal Street, ao lado do French Quarter, através do Central Business District, começando lá na orla do rio Mississippi, perto do Audubon Aquarium of the Americas, indo até a área chamada Mid-City. No cruzamento com a Carrollton Avenue, a linha se bifurca. Ou seja, a linha vermelha é a que segue reto pela Canal Street para os cemitérios, que são uma atração turística em New Orleans por serem diferentes dos cemitérios gramados que os americanos estão acostumados (se parecem mais com os nossos cemitérios, de jazigos altos). Essa linha funciona das 5 às 3 da manhã. A outra, verde claro, segue pela Carrollton Avenue em direção ao City Park (a última parada fica perto do New Orleans Museum of Art). Funciona das 7 às 2 da madrugada. O percurso de ponta a ponta dura cerca de 30 minutos.

Canal Street, French Quarter

Canal Street, French Quarter

St Charles Line (verde) – nos 21km dessa linha circulam os bondes considerados os mais antigos ainda em circulação (inclusive mais do que os de San Francisco). As cadeiras são feitas de mogno e as janelas amplas oferecem uma boa vista da cidade. Na parte inicial da linha, próximo ao French Quarter, quem segue em direção ao Garden District deve pegar o bonde na Corondelet Street, mas os dois sentidos se juntam na St Charles Street numa rotatória chamada Lee Circle. Quando a St Charles Street termina, a linha continua pela Carrollton Avenue até o ponto final na esquina com a Claiborne Avenue. Já o sentido inverso vem pela St Charles Street até o ponto final na esquina com a Canal Street, início do French Quarter. É uma boa opção para quem quer conhecer o Garden District, com suas casas históricas Antebellum, o Audubon Park e o Zoológico. O percurso direto de ponta a ponta dessa linha dura cerca de 40 minutos. Funciona 24 horas.

Bonde New Orleans

Interior do Bondinho

Garden District

De bonde para Garden District

Riverfront Line (azul) – essa linha margeia o rio Mississippi e é muito procurada pelos turistas, não apenas pela vista, mas por passar por várias atrações turísticas e shoppings, como o Audubon Aquarium of the Americas, Woldenberg Park, The Shops at Canal Place, The Outlet Collection at Riverwalk. A linha vai desde o French Market, o mercado público mais antigo dos EUA, localizado na ponta do French Quarter, até o Ernest Morial Convention Center, que fica a uma curta caminhada do Mardi Gras World. Opera das 7h às 22:30 e a duração da viagem de uma ponta a outra dura 15 minutos.

Bonde Riverfront New Orleans

Ou seja, é possível se locomover por todos os pontos turístico de New Orleans através dos bondes. Porém, o carro acaba sendo necessário para quem quer visitar as Plantations e fazer o passeio pelo pântano com certa flexibilidade e liberdade, embora não seja absolutamente indispensável já que existem empresas que fazem tours com transporte incluído.


O roteiro completo dessa viagem de norte a sul dos EUA.


(Facebook   Twitter   Instagram)
 
 
 

______________________________________________

Posts relacionados:

New Orleans – Audubon Park e Garden District

New Orleans – Onde ficar

New Orleans – Preservation Hall (show de Jazz permitido para crianças)

Memphis – conhecendo Graceland, a casa do Elvis Presley

Nashville – o que conhecer na Music City

Anúncios
Categorias: EUA, New Orleans, Viajando | Tags: , , , , | Deixe um comentário

Navegação de Posts

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: