Distrito de Barranco em Lima

Pertinho de Miraflores fica o distrito de Lima chamado Barranco. Nós pegamos um táxi para conhecer a região e pagamos 6 soles de Miraflores para o Parque Municipal no Centro de Barranco.

O Parque Municipal é um bom ponto de partida para essa caminhada pelo bairro. É bem movimentado e fica próximo à Ponte dos Suspiros e à Bajada de los Baños. No parque encontramos o prédio da Biblioteca Municipal de 1922 e a Municipalidad de Barranco, ou seja, a prefeitura do bairro, já que em Lima cada bairro tem um prefeito.

Barranco, Lima Biblioteca, Barranco, Lima

Andar pelo parque dá uma sensação de volta ao passado. Com um gramado bem cuidado e flores coloridas, a fonte e as esculturas trazem as marcas da colonização europeia na arquitetura característica do Barranco. Na área ao redor do parque há restaurantes e cafeterias.

Barranco, Lima Barranco, Lima Barranco, Lima Barranco, Lima

Nos fins de semana ocorre uma feira de comidas típicas em uma das laterais do parque.

Feira de comida típica, Barranco, Lima

Em uma das extremidades do Parque Municipal encontramos a Iglesia Santissima Cruz, com uma bela fachada barroca de 1963 construída após a destruição de La Ermita.

Iglesia Santissima Cruz, Barranco, Lima

Seguindo pela rua lateral da Municipalidade, chegamos à Ponte dos Suspiros, que recebeu esse nome por causa dos suspiros de uma jovem que se apaixonou por um varredor de rua e, sendo proibida pelo pai de viver esse amor, passou a vida na janela de casa na esperança de rever o rapaz. Segundo a lenda, é necessário fazer um pedido e atravessar a ponte sem respirar para que o desejo se realize. Infelizmente, no dia da nossa visita, a ponte estava em obras e não conseguimos conferir.

Ponte dos Suspiros, Barranco, Lima

Ponte dos Suspiros em reforma

Do outro lado da ponte encontramos a La Ermita, uma igreja que foi destruída pelo terremoto de 1940. A fachada está até conservada e restaurada, mas é possível ver o teto destruído.

La Ermita, Barranco, Lima

La Ermita, Barranco, Lima

Passando pela lateral da igreja em direção a sua parte posterior, fica um pequeno mirante, El Mirador Catalina Recavarren, com vista para o pacífico. Não é grande coisa, mas dá para ver o oceano e a Bajada de los Banõs.

El Mirador Catalina Recavarren, Barranco, Lima El Mirador Catalina Recavarren, Barranco, Lima

Por falar em Bajada, seguimos por ela, que nada mais é que uma alameda de descida até a praia. Ali encontramos vários restaurantes.

Bajada de los Banõs, Barranco, Lima

Ao final da Bajada, tem-se uma outra vista do oceano Pacífico. Não gostei muito do ambiente nesse local. Diferente do que estávamos acostumados a ver em Lima até então, áreas sempre muito seguras com guardas, ali parecia meio abandonado. No local havia alguns hippies vendendo seus artesanatos. Até aí tudo bem, se não fosse o fato de estarem fumando maconha em plena luz do dia.

Bajada de los Banõs, Barranco, Lima

Se seguíssemos caminho por ali, chegaríamos a uma passarela que levaria até a praia, mas como estávamos com as crianças e não achamos o local muito movimentado, resolvemos retornar.

Bajada de los Banõs, Barranco, Lima Bajada de los Banõs, Barranco, Lima Barranco, Lima

Ainda no Barranco é possível encontrar alguns museus como:

Museo de la Eletricidade – funciona de segunda a domingo, das 9h às 17h. Quando fomos, era feriado e estava fechado. Nos informaram que a entrada era gratuita. Em frente ao museu tem um bonde.

Museo de la Electricidad, Barranco, LimaMuseo de la Electricidad, Barranco, Lima

Museo Pedro de Osma – funciona de terça a domingo, de 10h às 18h. A entrada custa 20 soles adultos e 10 soles crianças. Chegamos a caminhar até o belo prédio branco, que é uma das mais antigas mansões do Barranco, mas estava fechado. Este museu tem exposição de fina coleção de arte e móveis coloniais, além de pinturas da Escola de Artes de Cusco.

Museo Pedro de Osma, Barranco, Lima

Museo de Arte Contemporánea – funciona de terça a domingo, de 10h às 18h. A entrada custa 6 soles adultos e 4 soles crianças. Aos domingos o ingresso custa apenas 1 sol. O valor já inclui o guia para visitação. Não chegamos a visitar porque também estava fechado. 😦

Sem considerar os museus, uma tarde foi suficiente para conhecer o bairro e é um bom passeio para quem quer conhecer Lima além de Miraflores.

 
 
 
 
(Facebook   Twitter   Instagram)

_______________________________________

Posts relacionados:

Divercity, uma cidade divertida para crianças em Lima

Sítio Arqueológico Huaca Pucllana em Lima

Passeio em ônibus turístico pelo Centro Histórico de Lima (com visita ao Convento San Francisco e suas catacumbas)

Sítio Arqueológico Huaca Huallamarca em Lima

Parque de las Leyendas, mais do que um zoológico em Lima

Anúncios
Categorias: Lima, Peru, Viajando | Tags: , , , , , , , , | 1 Comentário

Navegação de Posts

Uma opinião sobre “Distrito de Barranco em Lima

  1. Pingback: Malas desfeitas: sobre conhecer Lima (Peru) – andares

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: