Peru com crianças – Arequipa (Museu Santuários Andinos)

Para começar, já explico que não teremos muitas fotos no post, pois não é permitido fotografar dentro do Museu Santuários Andinos. Já na recepção, uma salinha onde se compra a entrada, deve-se deixar as mochilas, máquinas fotográficas e celulares. Então, vamos de informações, ok?

Museu Santuários Andinos, Arequipa, Peru

Bilheteria, onde deve-se deixar as bolsas.

O Museu Santuários Andinos está localizado na Calle La Merced, n.110. A entrada custa 20 soles adulto e 10 soles para crianças. O horário de funcionamento é de segunda a sábado, das 9h às 18h, e aos domingos das 9h às 15h. A visitação é guiada, tanto em inglês quanto em espanhol e o valor pago ao guia ao final é definido pelo visitante. Nós pagamos 10 soles.

Frente do Museu Santuários Andinos, Arequipa, Peru

Frente do Museu

Tivemos que esperar uns 20 minutos para começar a visitação, porque no início é apresentado um vídeo sobre a descoberta da Juanita, o corpo de uma menina Inca que foi encontrado no topo do vulcão Ampato. Esse vídeo tem duração de 20 minutos e caso se chegue quando já está passando, só entra-se quando começar o próximo.

Depois do filme, o guia vai apresentando cada peça do museu e compartilhando informações e curiosidades. Existem várias peças, roupas originais e oferendas que foram encontradas com Juanita e com outras crianças congeladas no vulcão. Também podemos ver as vestimentas de sacerdotes Incas.

Ao final é apresentado o corpo da Juanita, numa câmera de vidro congelada a -20 graus. Juanita é uma das descobertas arqueológicas mais importantes do Império Inca. Ela foi encontrada no Vulcão Ampato, de uma altitude de cerca de 6.380 metros, em 8 de setembro de 1995, por um antropólogo chamado Johan Reinhard que fazia investigações no local há 23 anos.

Juanita tinha em torno de 12 a 14 anos e foi oferendada ao deus Apu Ampato pelos sacerdotes incas. O imperador escolhia crianças de 4 ou 5 anos entre as famílias ricas. O ritual envolvia uma viagem, acompanhada por uma corte de pessoas muito importantes da região, até Cusco, onde o próprio imperador a recebia. A partir de então, essa criança era preparada para a realidade de sua morte até por volta de 10 a 14 anos, antes de atingir a puberdade, devido à pureza, quando era separada e oferecida aos deuses.

Quando o vulcão entrava em erupção, ou eram enfrentados problemas com as colheitas, ocorria o sacrifício aos deuses. Depois de grandes festividades e rituais em Cusco, saía-se em cortejo por cerca de 580km até o cume da montanha. Era dado folha de coca e chicha para a criança, que a deixava sonolenta para o golpe fatal na cabeça realizado pelo sacerdote. A criança era enterrada numa vala de um metro e meio de profundidade, em posição fetal, representando o renascimento, e vestindo roupas de alpaca e lhama. Em cada vala eram colocadas no máximo três crianças e, em volta delas, enterravam também oferendas, como miniaturas feitas de ouro e prata. Juanita não foi mumificada, mas a conservação do corpo se deve pelo congelamento.

Tudo isso é totalmente mórbido nos dias de hoje, mas fazia parte de uma civilização e é interessante conhecer mais sobre essa história, seus costumes e suas crenças.

A sala onde fica Juanita é bem gelada, mais que o restante do museu, de forma que é bom levar um agasalho para a visita, mesmo que seja verão. Esse espaço também é mais escurecido e as crianças tiveram um pouco de medo. Inicialmente, não se sentiram à vontade de chegar perto do corpo da Juanita, mas depois foram com o pai.

Os meninos acompanharam todas as explicações da guia, compreendendo algumas coisas do que era falado em espanhol. Em outros momentos nós explicávamos para eles, que pareceram interessados durante todo o passeio. Mas não espere nada voltado para as crianças no Museu Santuários Andinos. É um museu tradicional. Como é pequeno e a visitação dura no máximo 1 hora (contando com os 20 minutos do vídeo), até dá para fazer com criança pequena, mas não espere que ela fique muuuuito entretida. 😉

Juanita (fonte:  Santuários Andinos)

Juanita (fonte: Santuários Andinos)

No próximo post falaremos do Monastério Santa Catalina.

 
 
(Facebook   Twitter   Instagram)
 
 
 

______________________________________________

Posts relacionados:

– Hospedagem em Arequipa (Las Torres de Ugarte)

– Peru com crianças – Arequipa (Plaza de Armas e Catedral)

– Peru com crianças – Arequipa (City Tour nos ônibus de 2 andares)

– Como foi viajar pelo Peru com crianças?

– Roteiro – 9 dias no Peru com crianças (Arequipa, Puno, Cusco, Machu Picchu)

Anúncios
Categorias: Arequipa, Peru, Viajando | Tags: , , , , , , , | Deixe um comentário

Navegação de Posts

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: