Bate e volta a Gramado/Canela (sugestão de várias atrações)

Durante o Carnaval que passamos em Porto Alegre, fizemos um bate e volta a Gramado e Canela, passando por Nova Petrópolis. É uma viagem de 105 Km muito tranquila e rápida subindo a serra e que dura cerca de 1h e 40 minutos. É possível chegar a Gramado por dois caminhos, um que passa por Nova Petrópolis e é mais lento, porém muito bonito e dá para curtir uma bela paisagem. É a chamada Rota Romântica. O outro pega mais pista dupla, segue por Taquara, e acaba sendo mais rápido, mas perde a beleza da Rota Romântica. Num bate e volta, nós gostamos de pegar a Rota Romântica na ida, que está de dia, e na volta, já à noite, seguimos pela outra estrada.

Gramado e Canela Gramado e Canela Gramado e Canela

Sempre paramos em Nova Petrópolis, que é uma cidade encantadora. Já na entrada da cidade, um belo pórtico dá as boas-vindas aos visitantes.

Pórtico de Nova Petrópolis

Pórtico de Nova Petrópolis

A diversão gratuita fica por conta do Labirinto Verde. Foi a primeira vez que os meninos fizeram o labirinto e adoraram. Queriam repetir diversas vezes e diziam que decoraram o caminho para fazer de primeira, mas depois que entravam já se perdiam. Na praça onde fica o Labirinto, tem barraquinhas de artesanato e uma lojinha. Há banheiro público limpo atrás do Labirinto. Acaba sendo um ponto de parada obrigatório para quem está de passagem para Gramado.

Gramado e Canela

Nova Petrópolis

Gramado e Canela

Parada em Nova Petrópolis

Gramado e Canela

Labirinto de Nova Petrópolis

Gramado e Canela

Lojinha de artesanato

Gramado e Canela

Centro do Labirinto Verde

Gramado e Canela

Pracinha florida de Nova Petrópolis

Gramado e Canela

Conseguiram sair do Labirinto

Gramado e Canela

Em Nova Petrópolis

Gramado e Canela

Vitoriosos que acharam o caminho pelo Labirinto Verde

O trecho Nova Petrópolis-Gramado é o que vemos mais hortências, mas depende da época do ano. Enquanto morávamos em Porto Alegre, íamos quase todos os meses atrás do melhor período para pegar as hortências todas floridas com lindas tonalidades de azul e violeta. Normalmente isso ocorre no início do verão. Impossível não parar no acostamento para tirar foto. Só que nessa viagem não tivemos essa paisagem, as flores já estavam secas. Uma pena.

Foto antiga do trecho Nova Petrópolis-Gramado

Foto antiga do trecho Nova Petrópolis-Gramado

É também nesse trecho que passamos por um pedágio. Pela outra estrada, a que passa por Taquara, também tem pedágio.

Pedágio Nova Petrópolis RS

Pedágio

Não tem como não saber que chegou a Gramado. O grande pórtico não nos deixa passar despercebido. É um ponto clássico de parada para fotos. Ao lado do pórtico, tem um pequeno espaço para estacionamento, mas pode ficar lotado dependendo do período do ano. Independente disso, aqui é parada obrigatória para foto.

Pórtigo Gramado Gramado e Canela

Pórtigo Gramado

Foto antiga!!! O tempo voa!

Gramado parece cidade de boneca, com suas casinhas em estilo alemão, cantinhos bem cuidados, canteiros floridos e a sensação de que estamos em outro país. A cidade não mudou muito nos últimos 5 anos que passamos sem visitá-la. Por outro lado, as atrações parecem brotar do chão. Tantas coisas novas, além das dezenas que já existiam. Primeiro, falaremos dos pontos clássicos da cidade.

O centro fica na rua principal de Gramado, a Borges de Medeiros. O melhor aqui é estacionar o carro e sair caminhando. Pode parar o carro ao longo da própria avenida, mas precisa pagar o parquímetro (novidade para gente, não tinha parquímetro antes). Pode ser difícil conseguir vaga e acabar tendo que buscar nas ruas paralelas. O canteiro central da Borges já é uma atração à parte, repleto de flores e cores. Nessa rua, ficam as principais lojas da cidade, onde é possível encontrar roupas de lã ou couro, sapatos, chocolates, vinhos, artesanato, entre outros. Vários restaurantes também se localizam pela região.

Gramado

Gramado

Centro de Gramado na Av Borges de Medeiros

Centro de Gramado na Av Borges de Medeiros

Para quem está conhecendo Gramado pela primeira vez, pode dar uma passada num Centro de Informações Turísticas que fica bem na esquina da Borges de Medeiros e pegar mapas e folhetos das atrações da cidade. Embaixo desse Centro, existem banheiros públicos e limpos.

Centro de Informações Turísticas de Gramado

Centro de Informações Turísticas de Gramado

Caminhando pela região do centro de Gramado, passamos pela Catedral de Pedra, a Igreja São Pedro, com sua torre de 46 metros. A igreja é de 1942 e foi construída com rocha basáltica. Vale uma visita ao interior da Catedral onde encontramos lindos vitrais.

Catedral de Pedra Gramado RS

Catedral de Pedra

Ao lado da Catedral, fica o famoso Palácio dos Festivais, onde ocorre o Festival de Cinema de Gramado. E logo em frente, fica a Rua Coberta, um trecho exclusivo para pedestre que é todo coberto por trepadeiras e onde encontramos lojas e restaurantes. Nessa rua ocorrem apresentações e eventos, como o lindo coral que se apresentava durante o Natal Luz que visitamos em 2007.

Palácio dos Festivais

Palácio dos Festivais

Rua Coberta Gramado RS

Rua Coberta

Gramado RS

Foto antiga no primeiro passeio dos meninos em Gramado

Caminhando é possível chegar à praça ao lado da rodoviária de Gramado, onde tem uma feirinha de artesanato e vende-se as maravilhosas cucas. Só o cheiro era de matar. Pena que tinha uma fila grande para comprar as cucas.

Gramado e Canela

Feira de artesanato

Gramado e Canela

Fila para comprar cuca

Gramado e Canela

As cucas… hummmm

Gramado e Canela

Decoração da praça

Fora dessa área mais central temos o Lago Negro, que é um grande lago cercado por hortências e por árvores importadas da floresta Negra na Alemanha. As pessoas vão para andar de pedalinho ou simplesmente ficar sentado na grama. É possível dar a volta no lago caminhando por uma estradinha que o margeia.

Gramado e Canela Gramado e Canela Gramado e Canela Gramado e Canela Gramado e CanelaGramado e Canela

O outro lago de Gramado, porém menos movimentado, é o Lago Joaquina Rita Bier. Existe uma pequena ilha no interior do lago que é acessível por um ponte. É um lugar legal para dar uma volta e tirar fotos rapidamente.

Todos os prédios de Gramado seguem um estilo característico, inclusive os prédios públicos. A Prefeitura não podia ser diferente e acaba sendo mais um cartão postal da cidade.

Prefeitura de Gramado

Prefeitura de Gramado

No caminho para Canela, passamos pelo Belvedere Vale do Quilombo. Outro local de parada obrigatória para ficar deslumbrado com a beleza natural sobre 850 metros de altitude.

Vale do Quilombo, Serra Gaúcha

Vale do Quilombo

A pequena estrada que liga Gramado a Canela é repleta de hotéis, pousadas, restaurantes, lojas e atrações turísticas. Nós já conhecíamos as mais antigas e ficamos impressionados com as várias novas opções de entretenimento. Gramado/Canela oferecem atrações para mais de uma semana de visita às cidades, e também requerem dinheiro, pois, com tantas opções e preços nem tão baratos, gasta-se muito numa simples visita à Serra Gaúcha. Numa viagem de bate e volta, é impossível conhecer tudo. Então é preciso saber o que as cidades oferecem e decidir o que deseja conhecer. Ou fica logo a semana inteira e explora tudo que tem direito com calma. Nessa viagem do carnaval, além de passearmos pela cidade de Gramado com objetivo de apresentá-la aos meninos, já que a última vez que eles haviam estado ali tinham apenas com 10 meses, resolvemos conhecer algumas das novas atrações que achamos mais interessantes para crianças. Nesse sentido, fomos à Terra Mágica Floribal e ao Mundo Gelado. Um lugar que nos foi indicado pela Francine Agnolleto, do Blog Viagens que Sonhamos e pela Susana Spotti, do Blog Viajando Simplesmente, foi a Snowland, uma montanha de neve recentemente inaugurada em Gramado. Ela fica logo na entrada da cidade quando se vem de Nova Petrópolis e pretendíamos ir primeiro nela. Mas quando passamos em frente vimos que seria impossível. Estava lotado!! A fila era enorme e perderíamos muito tempo, algo precioso quando se faz um bate e volta. Resolvemos deixar para outra oportunidade e curtir outras atrações, algo que não falta na região. Quem quiser mais informação sobre a Snowland, nesse post do Viagens que Sonhamos tem tudo explicadinho.

Snowland cheio de fila

Snowland cheio de fila

Nosso dia em Gramado/Canela ainda foi suficiente para uma visita ao teleférico de Canela, que conhecemos quando ainda era de cadeirinha e foi reformado após um acidente ocorrido há alguns anos. Agora o teleférico é fechado e moderno, dando mais segurança. O que achamos ruim foi que colocaram três carrinhos juntos, o que acaba atrapalhando a visão de quem está no terceiro e último carro. O espaçamento entre eles deveria ser maior.

Primeiro, o teleférico sobe para a Estação Animal, onde é possível descer, passear pelas trilhas, curtir um mirante a 130 metros de altura e conhecer o espaço das esculturas que falam, com animais talhados em madeira e que reproduzem os sons da natureza. Optamos por não descer nessa estação, pois a fila para pegar o teleférico de descida estava monstruosa. Seguimos direto para a estação inferior, passando novamente pela estação central, a de embarque, onde existem loja de souvenirs, lanchonete e mirante. Esse trecho oferece uma vista muito bonita da cachoeira do Caracol, principalmente para quem está no primeiro carrinho. Vale uma descida na Estação Cascata para tirar uma foto da cachoeira e do Vale. Não tem nada de mais no local. É apenas descer, contemplar a natureza, tirar foto e pegar o teleférico de volta.

O teleférico funciona diariamente das 9:30 às 18h e custa 36R$ adultos e 18R$ criança de 6 a 12 anos. Menores de 5 anos não pagam ingresso. É possível estacionar o carro dentro da área do teleférico e já está incluído no ingresso.

Estação Central do Teleférico Canela

Estação Central do Teleférico

Novo Teleférico de Canela

Novo Teleférico de Canela

Dentro do carrinho do teleférico, Canela RS

Dentro do carrinho do teleférico

Vista da Estação Cascata do Teleférico, Canela, RS

Vista da Estação Cascata do Teleférico

Cascata do Caracol, Canela, RS

Cascata do Caracol

Um dia em Gramado não está completo se não tiver uma refeição num Café Colonial ou numa Sequência de Fondue. Como é impossível comer nos dois num mesmo dia, tivemos que optar e, pensando no que agradaria mais as crianças, decidimos pelo Café Colonial. Fomos ao Bela Vista, um restaurante que já conhecíamos e que havia inaugurado outra unidade que contava com um Espaço Infantil. É uma boa opção para quem está com crianças, pois ela pode ficar brincando enquanto espera-se na fila por uma mesa disponível e, depois de comer tudo que tem direito, pode voltar para o parquinho enquanto os pais terminam a refeição com tranquilidade. O parquinho não fica perto das mesas, e sim no andar de baixo. Então não tem como comer e ficar de olho nas crianças, sendo melhor para quem tem filhos maiorzinhos que já brincam sozinhos. Na entrada, uma funcionária controla a entrada e saída e anota a mesa onde os pais estão. Qualquer necessidade, ligam para o salão e solicitam chamar os pais na mesa informada. Achamos bem tranquilo e os meninos curtiram muito os brinquedos, além de se maravilharem com a quantidade de comida do café colonial.

Gramado e Canela Gramado e Canela Gramado e Canela

O esquema aqui é… fartura total, coma tudo que puder. Eles colocam na mesa uma enorme variedade de comida que parece que não vai acabar nunca. São pães, chimia de diversos sabores, bolos, salgadinhos, tortas salgadas, waffle, carne de porco, frango assado… muita comida. E ainda passam servindo constantemente frango grelhado, linguiça e carne. E tudo pode ser reposto quantas vezes quiser. Eles tem um croquete de chocolate que é uma delícia, mas nunca vem servido. Temos sempre que solicitar ao garçom. Fica a dica. A bebida também está incluída (vinho branco, vinho tinto e suco de uva. Também pode solicitar chocolate quente, chá e café). Se quiser refrigerante, cerveja ou suco de laranja, é pago à parte. Como se não bastasse toda a comida da mesa, ainda tem um buffet de sobremesa incluído no café colonial com diversas tortas, bolos, mousses, sorvetes… É impossível comer tudo. O valor do café varia de acordo com a temporada, mas pagamos 64R$ por adulto e metade pelas crianças.

Gramado e Canela Gramado e Canela Gramado e Canela

Além das atrações que visitamos já citadas, a critério de informação, as outras atrações em Gramado/Canela são:

Mini Mundo: cidades em miniatura feitas de forma artesanal 24 vezes menor que as originais. É perfeito e encantador. O local é ao ar livre, não sendo um bom passeio para dias de chuvosos. Funciona de 9:15 às 17h todos os dias. Valores: 18R$ adulto e 9R$ crianças maiores de 2 anos.

Mini Mundo Gramado

Foto antiga

Mini Mundo Gramado

Túnel do Tempo

Mundo Encantado: semelhante ao Mini Mundo, conta com 7 cenários de miniaturas da região ricas em detalhes. Podemos ver as cachoeiras, vinícolas, moinhos, casas típicas italianas e alemãs, entre outras. O horário de funcionamento é das 9h às 17h diariamente e custa 17R$ adultos e 8,50R$ crianças (4-10 anos).

Parque Knorr, Aldeia do Papai Noel: um parque temático que é a casa do Papai Noel no Brasil. Lá, tudo remete ao natal e é um paraíso para as crianças (e adultos). Dentre as atrações da aldeia, encontramos a Fábrica do Papai Noel, a Praça da Neve, a Árvore dos Desejos, o Bosque, as renas de verdade, o mirante do Vale dos Quilombos… O destaque fica para a Casa do Papai Noel. O parque é grande e atualmente tem um monorail que não chegamos a conhecer. Fica aberto das 10h às 18h de domingo à quinta e das 10h às 19h nas sextas e sábados. Nós não o visitamos nessa última viagem e não sabemos quanto está custando a entrada.

Aldeia do Papai Noel (2008) Gramado

Aldeia do Papai Noel (2008)

Nossa visita a Aldeia do Papai Noel em 2008, Gramado

Nossa visita a Aldeia do Papai Noel em 2008

– Museu Medieval: conhecemos na nossa primeira visita à Gramado. Isso já faz um bom tempo (os meninos nem eram nascidos). Nunca mais voltamos. Não que seja ruim, mas é pequeno e o tipo do lugar que basta ir uma vez na vida. Trata-se de um castelo em estilo medieval onde estão expostos armas medievais como facas, facões, espadas, adagas, machados, etc, além de brasões de famílias e outros artigos. Para informações sobre o horário de funcionamento e preços, link.

– Museu do Perfume: uma visita um tanto quanto dispensável em Gramado. Fomos uma vez e não vimos a menor graça. É na verdade uma loja de perfume, a Fragam, e expõe alguns utensílios utilizados na fabricação do perfume, além de curiosidades sobre o nome perfume e sua história e as técnicas utilizadas para extrair a essência. Há a apresentação de um vídeo (bem, na verdade, tinha, porque já tem um tempo que visitamos!). Abre diariamente das 9h às 18h e a entrada é gratuita.

Foto antiga no Museu do Perfume Gramado

Foto antiga no Museu do Perfume

– Museu do Chocolate: fica numa das lojas Prawer, localizado na estrada entre Gramado e Canela, e é um passeio legal. Dentro da museu, vários murais contam a história do chocolate e curiosidades sobre o cacau e a produção do chocolate. Ainda podemos fazer um tour por dentro da fábrica de chocolate. Funciona de 9h às 18h e é gratuito.

Museu do Chocolate na Prawer (foto antiga), Canela

Museu do Chocolate na Prawer (foto antiga)

Museu do Automóvel (Hollywood Dreams Cars): também fomos uma vez já há algum tempo. É… digamos… interessante? Não sei. Achei bem chato para dizer a verdade. Talvez os homens gostem mais. Mas vale a visita para conhecer, claro! Não é grande e podemos encontrar carros antigos e algumas motos. Funciona diariamente das 8h às 18h e crianças menores de 6 anos não pagam.

Foto na nossa visita ao Museu do Automóvel

Foto na nossa visita ao Museu do Automóvel

Foto antiga

Foto antiga

Super Carros Gramado: ainda na onda dos carrões, essa atração é mais recente e não chegamos a conhecer, apenas passamos pela frente. Vários carros esportivos modernos estão expostos, os famosos “carrões”. O marido ficou olhando e quase bate nosso carrinho alugado. Funciona todos os dias das 9h às 19h. Achei o preço totalmente absurdo, coisa de 30R$ adulto e 20R$ crianças para visitar dois andares e ficar babando por carros que nunca terá na sua garagem. E para completar, você pode pagar uma pequena bagatela que pode variar de acordo com o carro escolhido (de 90R$ a 990R$, dependendo do carro, da distância e se vai como carona ou motorista) para fazer um test drive em um desses super carros (Porshe, Camaro, BMW, Corvette, Ferrari, etc). E o pior é que vimos muitos, mas muitos carros na rua. Sinal que o povo paga mesmo por alguns poucos Km num carro desse. Sério? Enfim… meu cérebro feminino não entende. Com esse dinheiro, comprava bolsas e sapatos e andava muitos mais Km com eles, né?

– Dreamland Museu de Cera: também foi novidade na nossa última visita e não chegamos a conhecer. Mais informações no link.

– Harley Motor Show: um espaço temático para os apaixonados pela Harley Davidson. Funciona de 9h às 18h e custa 20R$.

Gramado Zoo: não existia quando moramos em Porto Alegre e visitávamos Gramado constantemente. Não tivemos tempo de conhecer nessa viagem. Aberto em 2008, conta com mais de 1200 animais selvagens exclusivos da fauna brasileira. Funcionamento: 10h às 17h. Ingresso: 38R$ adulto e 25R$ crianças de 3 a 12 anos.

Já em Canela, além do teleférico, que já falamos, e do parque da Florybal, existem outras atrações que conhecemos em outras oportunidades e merecem destaque:

Parque do Caracol

Mundo a Vapor

Frente do Mundo a Vapor (foto antiga)

Frente do Mundo a Vapor (foto antiga)

Alpen Park

Foto antiga no trenó do Alpen Park

Foto antiga no trenó do Alpen Park

Ainda existe uma infinidade de opções em Gramado/Canela que fica até difícil falar de todas. Para quem curte aventuras, também é possível fazer passeio de ecoturismo, rafting, rapel, tirolesa, off-road, trakking, etc. Uma vez, antes dos meninos nascerem, nós fizemos uma cavalgada pela serra que foi inesquecível. Foi na fazenda Passo Alegre, que ficava entre Canela e São Francisco de Paula. É mais uma sugestão.

Cavalgada na serra

Cavalgada na serra (foto antiga)

Nos próximos posts, vamos falar com mais detalhes do Mundo Gelado e da Terra Mágica Florybal.

 
 
(Facebook      Twitter      Instagram)
 
 

______________________________________________

Posts relacionados:

Macapá

Belém do Pará

Oiapoque

Porto Alegre (sugestão de onde ir)

Anúncios
Categorias: Brasil, Gramado/Canela, Viajando | Tags: , , , , , , , , , , | 2 Comentários

Navegação de Posts

2 opiniões sobre “Bate e volta a Gramado/Canela (sugestão de várias atrações)

  1. RODNEI

    QUERO IR P LA ESTE FINAL DE ANO TENHO DIFILCUDADE POIS NAO CONHECHO NADO POR LA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: