Resenha – FAZENDO MEU FILME 1, A ESTREIA DE FANI (Paula Pimenta)

Resenha Fazendo meu filme 1 Paula Pimenta

Fazendo meu filme 1

Título: Fazendo meu filme 1 – A estreia de Fani

Autor: Paula Pimenta

Editora: Gutenberg

ISBN: 9788589239844

Categoria: Literatura Nacional/Romance

Ano de lançamento: 2ed / 2009

Páginas: 336

Sinopse: Tudo muda na vida de Fani quando surge a oportunidade de fazer um intercâmbio e morar um ano em outro país. As reveladoras conversas por telefone ou MSN e os constantes bilhetinhos durante a aula passam a ter outro assunto: a viagem que se aproxima. “Fazendo meu filme” nos apresenta o fascinante universo de uma menina cheia de expectativas, que vive a dúvida entre continuar sua rotina, com seus amigos, familiares, estudos e seu inesperado novo amor, ou se aventurar em um outro país e mergulhar num mundo cheio de novas possibilidades.

“Sempre achei que os melhores filmes são aqueles que terminam e deixar no ar os futuros acontecimentos, para que possamos inventar por nós mesmos a continuação. Minha vida é assim. Não sei como serão meus próximos capítulos, mas posso imaginá-los e tentar vivê-los o mais fielmente possível ao roteiro que eu mesma vou criar.”

Fiquei fã da Paula Pimenta mesmo antes de ler seus romances. Depois de Apaixonada por palavras, seu livro de crônicas, não tinha dúvida que qualquer coisa que a autora escrevesse seria incrível. E não me enganei. Como não gosto de ler séries antes de estarem totalmente publicadas, resolvi esperar para ler Minha vida fora de série e comecei pelo Fazendo meu filme, que já tem os quatro livros publicados, os quais comprei todos de uma vez para ler em sequência. E, ao terminar o primeiro, não vejo a hora de engatar logo a leitura dos demais.

Fazendo meu filme traz uma história singela e pura, contando a vida diária de uma típica adolescente brasileira. Deve ser por isso que ando cada vez mais apaixonada pelos romances nacionais, por ser tão fácil de nos identificarmos naquelas palavras, nos personagens, na realidade da nossa própria vida. Consegui me ver completamente naquelas jovens, lembrei o meu período de adolescente, do colégio, das preocupações que ocupavam a mente como enormes e complexos problemas, dos anseios típicos da adolescência, dos grupos de amizades, das festas de escola, dos inúmeros bilhetinhos trocados em sala de aula, das paixões platônicas, das paixões reais. Enfim, a Paula Pimenta trouxe tudo isso com maestria, numa linguagem simples e cotidiana, com um enredo fluido e totalmente envolvente, nos apresentando personagens carismáticos e verossímeis a ponto de nos dar vontade de voltar no tempo e reviver tudo aquilo. Bate uma saudade enorme e um sentimento de nostalgia. A cada página, era como se eu estivesse relembrando o filme da minha própria vida.

O livro é narrado em primeira pessoa pela Fani, uma menina de 16 anos que mora em Belo Horizonte. Com uma escrita sem pressa, somos introduzidos na vida dessa adolescente e no seu dia a dia. Acompanhamos sua vida na escola, sua preocupação com as notas e a aprovação, seu relacionamento com a família e os amigos, sua paixão pelo professor de biologia, e sua inesperada constatação que o amor de sua vida estava bem ao seu lado. Fani é uma personagem encantadora, responsável, amiga, humilde e tímida. Ela tem duas melhores amigas, a Gabi e a Natália. O relacionamento delas é daquelas amizades que ficam para vida toda e deixa uma vontade enorme de conhecer mais sobre elas, de que elas tivessem ainda mais espaço no livro. E Leo, o “melhor amigo”, é um fofo. Daqueles meninos que se dão bem com todos e de quem toda a turma adora. Ele é carinhoso e todo preocupado com a Fani. É tão bonitinho de acompanhar esses dois. Passei o livro todo torcendo por eles e nervosa com cada desencontro. Dava vontade de dar umas sacudidas neles para acordarem, sabe? Mas valeu a pena esperar.

A Fani é viciada em filmes, tem coleção de DVD, e ficou muito legal a forma que a autora introduziu cada capítulo, com um trecho de filme que tem tudo a ver com o que acontece naquele capítulo. Foi criativo e diferente. Adorei! O livro traz ainda conversas em MSN, email, bilhetinhos entre os amigos em sala de aula e tudo isso torna a história dinâmica e envolvente, aproximando, cada vez mais, o leitor. Confesso que não conhecia algumas gírias e me senti meio velha, mas foi bom para me atualizar.

A única coisa que me incomodou no livro todo foi o tal professor de biologia. Não a paixão de Fani por ele, porque isso é comum. Qual menina nunca teve uma paixão platônica por um professor? Mas o estranho foi a forma como isso foi encarado. Talvez eu esteja olhando com olhos de um adulto, de mãe, sei lá. Mas fiquei muito irritada com a atitude do professor. Enfim, quem ler vai entender e não quero passar spoiler.

Apesar de ser um livro bem juvenil, Fazendo meu filme é capaz de conquistar qualquer idade. A escrita da Paula é tão espontânea e natural que parece que estamos realmente vendo um filme em nossas mentes. Apesar de uma história divertida, bem-humorada e cativante, não há grandes acontecimentos nesse primeiro livro. Ele é mais como uma introdução da vida da Fani. Mas o final deixa aquela vontade louca de começar logo a continuação e acompanhar mais a sua história e como ela vai se virar na nova vida durante seu intercâmbio. Com certeza, vem muita coisa legal pela frente.

(Nos acompanhem também noFacebook      Twitter      Instagram)
 
 
_______________________________________________________________________________________

Posts relacionados:

Resenha – CONFISSÃO (Paula Pimenta)

Resenha – AZAR O SEU! (Carol Sabar)

Resenha – PERDIDA (Carina Rissi)

Resenha – SIMPLESMENTE ANA (Marina Carvalho)

Outras resenhas

Anúncios
Categorias: Lendo | Tags: , , , , , , | 13 Comentários

Navegação de Posts

13 opiniões sobre “Resenha – FAZENDO MEU FILME 1, A ESTREIA DE FANI (Paula Pimenta)

  1. Ana Flávia

    oi amei sua resenha e amei o livro é muito legal..

  2. Oi, Thyl.

    Eu fiquei apaixonada por Paula Pimenta através de Fazendo meu Filme. Eu também achei incrível a metalinguagem que a autora utilizou tanto no título da série, assim como na introdução de cada capítulo, e sim, você tem razão, as citações fazem uma conexão muito inteligente e criativa. Na verdade, eu curti tanto que criei um projeto no meu blog, se der, depois dê uma passadinha por lá! Curti seu blog, parabéns!

  3. Olá!! Amei seu blog! Eu tinha um, só que desisti e fui para o you tube fazer vídeos, estou recomeçando meu canal e gostaria que você desse uma olhada nos meus vídeos. Espero que goste deles assim como gostei do seu blog!

  4. OI meu nome é Lauren victoria eu não conheço nenhum de voçês mas gostei dos comentarios alguns até achei engraçados gostei muito da sua resenha thyl

  5. Amei seu blog! O meu ainda esta meio desajustado mas estou tentando coloca-lo na linha hahaha.

  6. João Vitor Cardoso Varella {

    Nossa muito obrigado Adorei sua Resenha … Acho que não preciso mais de ler o livro kkk…

    • Como assim não precisa mais ler o livro?? Claro que precisa! Fui até reler a resenha para ver se tinha spoiler, mas não penso que sim. A história tem muita coisa legal. Vale a pena!

  7. Adorei!
    Você tem um blog muito legal(quem dera que meu fosse assim)!
    Passei a ser seguidora!
    Bjs,
    Nat
    naticonde.wordpress.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: