Relatos – Dia 6: Epcot

Epcot Disney Orlando

O Epcot (Experimental Prototype Community of Tomorrow) é divido em Future World, onde ficam as atrações de diversão e educação; e World Show, onde estão os pavilhões de vários países com suas culturas, artes e culinária.

Epcot Disney Orlando

Por que aquelas duas doidas saíram disparadas correndo dentro de um parque vazio, que ainda nem havia aberto, e nem esperaram o restante da família????

Porque era dia de refeição com as princesas!!!!!!! 🙂

Começamos o dia com a refeição mais esperada (por mim e pela Gaby). Marcamos para antes da abertura do parque, assim não perderíamos nem um minuto das atrações, e apenas quem tinha confirmação de reserva no restaurante podia entrar no Epcot naquele horário. Mas como ocorreu essa realização de um sonho de duas marmanjas… contamos no post sobre o Akershus Royal Banquet Hall 

Epcot Disney Orlando

Epcot

Aproveitamos o parque vazio e já fomos tirando fotos. Quando fui a primeira vez no Epcot, tinha 15 anos e não esperava muito desse parque. Para minha surpresa, ele se mostrou muito mais do que podia sequer imaginar. Então, estava ansiosa para voltar. E foi ainda melhor do que lembrava, pois havia tantas mudanças e várias atrações novas, que foi como se estivesse ali pela primeira vez. Ele é um parque espaçoso, que dá uma sensação tão boa de liberdade. E olhar para aquela enorme bola é como ser transportado para outro planeta. O Spaceship Earth é o cartão-postal do Epcot.

Epcot Disney Orlando

O parque estava todo decorado para o Natal, em cada cantinho era possível ver um detalhe carinhosamente pensado no clima natalino.

Quando saímos do café da manhã no Akershus, o parque já estava aberto. As atrações com filas eram apenas o Soarin e o Test Track. Então passamos no Test Track para retirar o FastPass (FP) e seguimos para o outro lado do parque onde fica o Soarin. Nosso objetivo era fazer as atrações desse lado e esperar a hora de começo do FastPass para o Test Track e então já retirar o FP do Soarin. No FP, tem o intervalo de tempo que você pode voltar à atração sem pegar a fila normal. Quando se pega um FP, não pode retirar outro antes do horário inicial indicado no bilhete. Ou seja, se lá diz das 10:45 às 12:45, só depois das 10:45 é que pode pegar outro FP.

Aproveitamos para passar no Guest Relation para pegar os Ears of the World, uns enormes e horrorosos fones de ouvido que servem para traduzir as narrativas de algumas atrações para o Português. Ele é meio que um elefante branco que você tem que ficar carregando pelo parque, mas é bom para as crianças e para quem não tem muito domínio do idioma. É necessário deixar um valor em calção por cada fone, na época eram 100U$, que será restituído quando devolver os Ears of the Worls ao final do dia.

Começamos pelo The Imagination Pavillion, ao lado do pavilhão do Soarin, e fizemos a atração Journey Into Imagination with Figment (escrevi o nome da atração e a musiquinha já veio na mente. Ô lavagem cerebral, viu? “Imagination”!!!) Esse é um brinquedo bem bobinho, visualmente bonito (apesar da poluição visual), mas sonoramente irritante. Também achei muito longo e acaba enjoando.

Journey Into Imagination with Figment: viajamos com o dragãozinho (isso é um dragão?) Figment em busca de ideias no mundo das artes e da ciência através de estímulos visuais, olfativos e auditivos.

Epcot Disney Orlando

Saímos do Figment direto no ImageWorks e aqui já achei muito divertido. Repleto de brinquedos interativos, daria para passar horas ali dentro testando tudo. Os meninos nem queriam sair dali e, por eles, o parque podia ser só aquilo que já se divertiriam muito.

ImageWorks Lab: bem colorido, é como um grande playground interativo com jogos sensoriais e audiovisuais.

Epcot Disney Orlando

Ainda no Imagination Pavillion, fica o Captain EO, um cinema que traz um filme 3D estrelado por Michael Jackson. Confesso, dormi! Literalmente! Por isso, nem lembro da história. Preferia mil vezes quando era o filme do Honey, I Shrunk the Audience que era muito divertido.

Captain EO: um cinema 3D com um musical onde Michael Jackson “é o capitão de uma tripulação de personagens espaciais que usam dança, luzes e música”.

Como já estava dentro do horário do nosso FP para o Test Track, passamos para pegar o FP do Soarin e atravessamos para o outro lado do parque. O Test Track foi reformulado recentemente, então nem vou entrar em muito detalhes, pois o que vi já está ultrapassado.

Test Track: simulador onde embarcamos em carros para 6 pessoas que percorre trilhos e atingem 100km/h. A simulação é que esse carro está sendo testado para sua produção de forma que passamos por variadas situações como freadas bruscas, subidas íngremes e outras condições adversas.

Epcot Disney Orlando

Test Track

Da atração saímos direto num enorme pavilhão onde foi a vez dos meninos grandes fazerem a festa. Vários carrões em exposição, cada um mais lindo que o outro, e eles queriam levar algum para casa, qualquer um que fosse, principalmente quando viam os preços nas plaquinhas perto dos carros. Impressionante como nossos carros aqui são absurdamente caros. Em alguns carros, os que estavam no meio do pavilhão, era permitido entrar e sentar, inclusive num Camaro que fazia uma fila de meninos grandes para alguns minutos sentados nele. Tudo bem, tudo bem, eu compreendo, até porque tinha tido meu sonho realizado algumas horas antes no café da manhã com as princesas.

Epcot Disney Orlando

Se achando!!!

Seguimos para o Mission: Space, mas confesso que não tive coragem de experimentar. Tive medo de ficar enjoada e estragar o resto do dia. Acabou que só meu marido e meu irmão foram. Quando eles voltaram, até deu vontade de tentar porque disseram que não era ruim, mas a fila estava demorada e deixei para uma próxima oportunidade.

Mission: Space – simulador que nos leva a uma viagem ao espaço até aterrissar em Marte, combinando giros velozes que simulam a força da gravidade e efeito 3D. Em cada cabine entram 4 pessoas que vão exercer diferentes papéis da tripulação. Como algumas pessoas podem passar mal durante a atração, há duas versões: a verde, a mais leve e calma; e a vermelha, que gira bastante.

Epcot Disney Orlando

Nós pulamos o Ellen’s Energy Adventure (tinha lido que era chato), que começa com um filme onde Ellen Degeneres mostra as diversas fontes de energia do planeta, e termina embarcando em carros que, através de bonecos, mostram a evolução das formas de energia.

Fomos direto para aquela enorme e maravilhosa bola prateada. Vê-la de pertinho é ainda mais incrível. Dentro dela fica a atração Spaceship Earth.

Spaceship Earth: sentamos dois a dois no trenzinho e seguimos conhecendo a busca da humanidade pelas melhores formas de comunicação desde o tempo das cavernas até aparelhos mais modernos. É narrada também em português (sem precisar do Ears of the World). Na frente de cada cadeira, tem uma tela touchscreen onde escolhemos a língua da narração e também respondemos algumas perguntas para ao final sabermos como será o nosso futuro. A imagem final é mostrada em telões que ficam na sala de saída da atração.

Epcot Disney Orlando

Voltamos para o pavilhão The Land, onde fica o Soarin, mas fomos primeiro no Living with the Land, uma viagem num barquinho passando por vários tipos de vegetação, estufas e tanques de peixes. Nesse é bem interessante o uso dos fones para quem não tem domínio do Inglês, pois a narrativa é bem interessante.

Epcot Disney Orlando

Nesse pavilhão ainda fica o Circle of Live, um filme e animação teatral com os personagens do filme O Rei Leão. Como já estava na hora do nosso FastPass, fomos direto para o Soarin. IMPERDÍVEL! Adorei a sensação que essa atração causa, sentia que estava realmente voando. O vento, o cheiro das laranjas e dos pinheiros, o movimento suave, tudo simplesmente perfeito. Melhor ainda para quem vai na primeira fileira porque não vê os pés das pessoas da fileira da sua frente.

Soarin: simulador de voo de asa-delta que sobrevoa o estado da Califórnia, passando por Golden Gate Bridge, Napa Valley, Redwood, San Diego, plantações de laranja e terminando na Disneyland. O realismo é impressionante.

Epcot Disney Orlando

Depois de viver a indescritível sensação de voar no Soarin, seguimos para o pavilhão ao lado onde fica o The Seas with Nemo & Friends. Essa é uma atração mais infantil, mas pode agradar qualquer idade pela beleza e pelo Sea Base Alpha.

The Seas with Nemo & Friends: a bordo de um marisco para 2 pessoas, podemos observar a turma do filme Procurando Nemo percorrendo belos recifes de corais. Alguns momentos, os personagens do desenho são projetos em grandes aquários reais do chamado Sea Base Alpha, que abriga mais de 65 espécies de animais marinhos.


Epcot Disney Orlando

Na saída da atração vamos para uma área repleta de tanques de água. Podemos ver alguns golfinhos sendo alimentados e, em horários determinados, há até uma pequena apresentação com treinadores. Nessa área, nós passeamos abaixo da linha de água dos tanques para encontrar animais marinhos como arraias, tartarugas, entre outros.

Ainda nesse pavilhão fica a atração Turtle Talk with Crush, em que a tartaruga Crush do desenho é projetada numa tela e interage com as crianças em tempo real. O problema é que precisa ter entendimento do Inglês para acompanhar.

Epcot Disney Orlando

No Future World, há ainda os pavilhões Innovation East e West, onde encontramos exposições de várias inovações tecnológicas.

Depois do almoço, começamos a fazer a outra parte do parque, o World Showcase. Iniciamos pelo pavilhão do México, já que tínhamos reserva para jantar no Les Chefs the France que fica no pavilhão da França, de forma que seguimos um sentido para terminarmos o mais próximo de onde jantaríamos.

Epcot Disney Orlando Pavilhão México

Pavilhão do México

Entramos nessa pirâmide para conhecer um pouco da cultura mexicana. Ali encontramos stands vendendo sombreros, ponchos e artesanato mexicano, além de música local. Todos os detalhes são minuciosamente pensados e dá para sentir que você passou por um portal mágico que te levou direto para outro país.

Epcot Disney Orlando Pavilhao México

Nesse pavilhão, fica a atração Gran Fiesta Tour Starring The Tree Caballeros, que é um passeio de barco mostrando o passado e o presente do México com os personagens Pato Donalds, Panchito e o brasileiro Zé Carioca. Essa atração me lembrou muito o It’s a Small Word do Magic Kingdom.

Epcot Disney Orlando

Vale lembrar para quem está com criança que em cada pavilhão tem um Kidcot Fun Stop, um local voltado para os pequenos, onde eles podem pintar e desenhar. Nesses locais, fica uma pessoa nativa daquele país representado pelo pavilhão que vai carimbar e colocar uma mensagem na língua deles no passaporte das crianças. Esses passaportes são facilmente encontrados nas lojas do parque. É uma brincadeira que entretém bastante as crianças já que o passeio pelos pavilhões pode ser cansativo para elas.  

Epcot Disney Orlando Kidcot Fun Spot

Kidcot no pavilhão da Noruega

Pavilhão da Noruega: onde fica o restaurante Akershus e a atração Maelstrom. Não fomos nessa atração porque a fila estava enorme. Pelo que sei é um passeio barco pelo país dos trolls.

Pavilhão da China: encontramos uma réplica do Templo Celestial e a atração Reflections of China que é um cinema onde ficamos em pé e somos envolvidos pelas telas.

Epcot Disney Orlando

Pavilhão da China

Pavilhão da Alemanha: com várias lojinhas repletas de produtos típicos e, claro, a famosa cerveja alemã que foi devidamente experimentada e aprovada.

Epcot Disney Orlando Pavilhão Alemanha

Pavilhão da Alemanha

Pavilhão da Itália: com a Piazza San Marco, o Palácio Ducal e uma réplica da estátua de Netuno.

Epcot Pavilhão Itália

Pavilhão dos Estados Unidos: no estilo colonial da época de Abraham Lincoln, é onde se encontra a atração The American Adventure onde a história dos EUA é exibida.

Pavilhão do Japão: com um templo samurai, jardins japoneses e lojas que vendem quimonos e bonsais. Já não exploramos tanto porque o cansaço já havia batido pesado. As pernas já não obedeciam aos comandos e se dirigiam sozinhas para os bancos. Já havia anoitecido e as fotos não ficaram muito boas.

Pavilhão Marrocos: com umas ruas que simulam as ruelas da Medina onde encontramos um mercado que vende tapetes, xales e outros artigos. Os detalhes impressionam, desde os azulejos até as portas com aqueles formatos de fechadura. Consegui prestar atenção nisso sentada do banquinho para onde minhas pernas haviam me levado.

Pavilhão Reino Unido: com seus pubs e seus telefones de cabine vermelha, tem algumas lojas que vedem chás e porcelanas. Nesse pavilhão fica o Rose and Crown, um pub que tem um terraço com vista para o Illuminations (necessário reserva com antecedência).

Pavilhão Canadá: a essa altura eu só tirava foto na frente e deixava o marido levar os meninos atrás dos Kidcot pra pegar o carimbo do passaporte. Sei que nesse pavilhão há uma atração chamada O Canadá, que seria semelhante ao Reflections of China, um cinema de 360 graus.

Epcot Pavilhões dos países

Retornamos ao pavilhão da França que tem uma réplica na escala 1:10 da Torre Eiffel. Nós jantamos nesse pavilhão no Chefs de France, onde tínhamos feito reserva antecipada. O serviço é “a la carte” e a comida, muito gostosa.

Epcot Pavilhão França

Encerramos o dia com o show noturno Illuminations: Reflections of Earth que ocorre na lagoa no centro do World Showcase e é marcado por música, luzes e fogos.

Epcot

 Vejam também o vídeo do Epcot.
 
(Nos acompanhem também noFacebook      Twitter      Instagram)
 
___________________________________________________________________

Post relacionados:

Relatos – Dia 5: Disney Hollywood Studios

Relatos – Dia 4: Animal Kingdom

Viajando com crianças (parte 4): segurança

Restaurantes – Hollywood and Vine

Restaurantes – Sci-fi Dine-In

Anúncios
Categorias: EUA, Orlando, Viajando | Tags: , , , , , | Deixe um comentário

Navegação de Posts

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: