Relatos – Dia 5: Disney Hollywood Studios

O Disney Hollywood Studios, conhecido como DHS, é o menor parque temático da Disney. Ele foi inaugurado em 1989 e era chamado de MGM Studios até o ano de 2007. É o parque que nos remete ao mundo do cinema e da televisão, simulando um estúdio de Hollywood.  Na entrada do parque fica a Hollywood Boulevard que desemboca no cartão-postal do DHS, o Sorcerer’s Hat. As demais áreas são: Sunset Boulevard, Animation Courtyard, Streets of America, Echo Lake, Commissary Lane e Mickey Avenue.

Disney Hollywood Studios Orlando

Apesar de ser um parque pequeno, é exatamente aquele que acho mais difícil de seguir um roteiro porque tem vários shows com horários marcados e é preciso um certo planejamento para aproveitar bem o longo dia. Acaba sendo também um parque cansativo, mesmo passando-se um tempo sentado nos espetáculos, pois temos que adaptar a sequência das atrações aos horários das apresentações e acabamos andando muito de um lado para outro. Portanto, a primeira coisa que fizemos ao entrar foi pegar o mapinha, sentar e estudá-lo. Já sabíamos quais eram os shows do parque e quais queríamos fazer, então só ajustamos os horários para não perder nada. Circulamos no mapa as horas das apresentações que assistiríamos, de forma a não ocorrer choque de horário, e faríamos as atrações próximas nos intervalos entre os shows. Até aí tudo perfeito. Mas…

Dois detalhes merecem destaque. Primeiro, eu menti quando disse que a primeira coisa que fizemos foi analisar o mapa. A primeiríssima foi meu marido e meu irmão saírem correndo com todos nossos cartões para retirar o FastPass (FP) do Toy Story Mania. Realmente não consegui entender o porquê de tanto alvoroço com esse brinquedo. Ok, ele é legal, de um filme de sucesso, diferente, mas como tantas outras coisas existentes em todos os parques. O diferencial, A FILA! Simplesmente, o maior tempo de fila que vimos em todos os parques em todos os dias. E os parques não estavam cheios. Eu já sabia da sua fama e também que o FastPass acabava bem cedo. Então a escolha a ser feita era: correr para pegar logo o FP ou entrar logo na fila de espera. E o povo corre mesmo. Fiquei impressionada porque achava que era exagero. Espero que agora, de repente, isso já tenha diminuído, mas fica a dica. Assim que abrir o parque, é bom se dirigir para o Toy Story Mania para retirar o FastPass, pois ainda pela manhã se esgotaram e aí o jeito seria enfrentar mais de 120 minutos de fila. E sim, é imperdível!

Segundo, o parque é cheio de personagens. Eles ficam em locais específicos durante determinados horários (identificados nos mapas). Quem vai com criança, ou até mesmo os adultos que gostam de encontrar os personagens, precisam se organizar para isso também. Tem  McQueen e Mate, Mike e Sullivan, Os Incríveis,  Phineas e Ferb, Buzz e Woody, o Mickey Feiticeiro… enfim, é o paraíso dos desenhos animados. Mas algo que gasta muito tempo com filas.

Disney Hollywood Studios Orlando

Já na entrada encontramos a Minnie com seu vestidinho rosa

Pois bem, retirados os FastPass pro Toy Story Mania, que mesmo com toda corrida já eram pro horário no fim da manhã, e cientes dos horários dos shows, seguimos direto para a Twilight Zone Tower of Terror para começar o dia em alto nível. 

Disney Hollywood Studios Orlando

Tower of Terror ao fundo

Apesar de ter restrição de altura, os meninos estavam dentro do limite e podiam ir. Explicamos a atração, como sempre, e perguntamos se queriam. Eles disseram que sim e nos encaminhamos para a fila, que praticamente não existia. Quando chegamos no ponto de entrar numa sala… os meninos empacaram. Mas não tem como culpá-los, o negócio é meio macabro mesmo. É uma biblioteca escura que vai levar para dentro do hotel onde fica o restante da fila até entrar no elevador propriamente dito da atração. E os Cast Members dessa atração são verdadeiros atores de Hollywood (se não são, estão perdendo tempo), porque eles encenam o tempo todo, são sério e estranhos e ainda falam de uma forma sombria. Enfim, nada de Matheus e Gabriel na Torre, e lá fui eu ficar esperando para o Child Swap. Foi a atração que menos gostei do sistema de troca porque é meio complicado devido ao percurso até os elevadores. Eles me guiaram para uma salinha e acabei me desencontrando do meu marido. Depois tive que ir sozinha na atração, sendo que me guiaram por uns corredores até um elevador comum, tipo esses de carga. Isso tudo com os Cast Members “macabros” ainda encenando. Quando entrei no elevador, disseram que quando chegasse ao andar, teria alguém esperando, e me deixaram sozinha lá dentro. O elevador subiu (ou desceu, não lembro), parou, eu desci, e não tinha ninguém, só um corredor e uma porta. Fiquei esperando e, a essa altura, quem já estava morrendo de medo era eu e queria voltar. Mas voltar para onde e por onde, se o elevador tinha ido embora e não tinha como chamar. Até que alguém apareceu por uma porta e me chamou com aquela voz de assombrar. Quando passei a porta, estava exatamente onde fica a fila para entrar nos elevadores da atração. Fui colocada direto para o próximo elevador e, depois da emoção que já havia sentido, despencar naquilo foi fichinha. Então, fica a dica, quem for fazer Child Swap nessa atração, não fique para ir sozinha. 🙂

Disney Hollywood Studios Orlando

Olha a carinha do Gabriel!!!!

Twilight Zone Tower of Terror: cheia de detalhes que produzem a atmosfera tenebrosa dessa atração, entramos numa biblioteca onde é contada a história de introdução sobre o raio que atingiu o hotel na noite de Halloween de 1939, fazendo com que 5 pessoas desaparecessem dentro do elevador. Depois a porta se abre do outro lado e vamos para a área interna do hotel. Lá se encontram vários elevadores, e nenhum tem a mesma sequência de queda do outro. Eles despencam várias vezes e, quando abrem as janelas antes da queda, é possível ter uma bela visão do parque (se é que alguém consegue prestar muita atenção).

Disney Hollywood Studios Orlando

Dá um frio na barriga!

Fomos direto para a Rock’n Roller Coaster Starring Aerosmith, que fica ao lado da Torre do Terror, e estava com pouco tempo de espera na fila. É uma montanha-russa super rápida e divertida. Tem restrição de altura.

Rock’n Roller Coaster: a bordo de uma limusine que atinge 100km/h em apenas 2,8 segundos, enfrentamos 3 inversões e várias curvas no escuro ao som de muito rock que toca nas caixas de sons dos assentos bem ao nosso ouvido.

Disney Hollywood Studios Orlando

Gostaram da guitarra gigante

Queríamos assistir o show da Bela e a Fera, que fica em frente a Montanha-Russa do Aerosmith, mas não estava no horário ainda, e tivemos que seguir mais a frente para voltar depois. Nos encaminhamos para área Pixar Place, a fim de ficar mais próximo do Toy Story Mania quando desse o horário do nosso FastPass e fomos assistir ao Playhouse Disney Live on Stage. Quem estiver com criança pequena que assiste ao canal Disney Junior, pode ir tranquilo que os pequenos vão amar. Quem não estiver com criança, PULE e vá para próxima atração, ou vai dormir de tédio. Se for tio, tia, avó ou avô acompanhando as crianças, arrume logo uma desculpa para escapar e deixar o “abacaxi” pros pais. Aposto que meu irmão lamenta ninguém ter dado essa dica antes para ele.

Playhouse Disney Live on Stage: é um show interativo com alguns personagens dos desenhos da televisão do canal Disney Junior, como A Casa do Mickey Mouse e Jake e os Piratas. A garotada vai à loucura. Tem uma pessoa que apresenta o show, mas o restante são bonecos. Mesmo sendo em inglês, os meninos curtiram muito, dançaram e cantaram as músicas dos desenhos que são no mesmo ritmo que em português.

Disney Hollywood Studios Orlando

Playhouse Disney

Ao lado do teatro do Playhouse Disney, fica o The Magic of Disney Animation que fomos conhecer. É lá que encontram-se os personagens Os Incríveis e o Mickey Feiticeiro, entre outros. Mas, nesse momento, apenas demos uma volta vendo as roupas e os acessórios em exibição. Há também uma visita guiada, mas devido ao horário do show da Bela e a Fera, não fizemos. Essa visita explora a história da Disney e termina com a plateia sentada para criar seu próprio personagem Disney.

Disney Hollywood Studios OrlandoDisney Hollywood Studios Orlando

Walt Disney, One Man’s Dream: tudo sobre a vida de Walt Disney

Nessa área há também o teatro do Voyage of the Little Mermaid, onde ocorre a apresentação teatral da Pequena Sereia. Não assistimos e voltamos correndo para assistir o espetáculo da Bela e a Fera. Sem palavras, fiquei encantada com esse show. Ele não é demorado, mas conta toda a história resumidamente e é super bem feito.

Beauty and the Beast Live on Stage: musical inspirado no filme A Bela e a Fera.

Disney Hollywood Studios Orlando

Disney Hollywood Studios Orlando

Beauty and the Beast

Já estava no fim do horário limite do nosso FastPass para o Toy Store Mania e lá fomos nós corremos para lá.

Toy Story Mania: misturando rápidos movimentos e efeitos 3D, essa atração é como um jogo de vídeo game gigante. Entramos 2 a 2 em carrinho, como na foto abaixo, e usando os óculos 3D temos que usar a arma para acertar pratos, patos e várias outras coisas ao longo do percurso. O que acertar, soma ponto, sendo que os desenhos menores somam mais pontos. Ao final, aparece seu placar. Vira uma verdadeira diversão para o grupo todo. Quem vai marcar mais pontos? A única coisa ruim de quem pega FastPass, que é compensado por evitar 2 horas numa fila, é perder toda a decoração com o Sr Batata e os demais personagens do filme, já que quem entra na fila do FastPass já sai bem na frente disso tudo.

Disney Hollywood Studios Orlando

Toy Story Mania

Na frente do Toy Story são encontrados os personagens Buzz e Woody, mas é preciso estar preparado para um fila considerável. Na rua, ficam também os soldadinhos verdes do filme e com esses é mais fácil tirar foto. Deixamos os personagens para o final do dia.

Disney Hollywood Studios Orlando

Toy Story

Tínhamos reserva para almoçar no Hollywood and Vine, que fica na frente do Echo Lake e é um buffet com os personagens do Disney Channel (Jake, Agente Urso e Manny).

Saindo do almoço, aproveitamos o horário de apresentação do Indiana Jones para um descanso. O teatro da apresentação também fica no Echo Lake.

Indiana Jones Epic Stunt Spectacular: é show com vários dublês inspirado no filme Indiana Jones. Recria algumas cenas mais famosas do filme e é cheio de ação e explosões. É legal, mas do tipo: se já viu uma vez, foi suficiente.

Disney Hollywood Studios Orlando

Outras atrações na área Echo Lake que não chegamos a fazer são: Academy of Television, Arts, and Sciences Hall of Fame (onde são exibidos sósias de astros da televisão) e The American Idol Experience (realizado num cenário idêntico ao do programa American Idol, conta até com jurados e apresentador. Quem tem voz, pode se inscrever para participar de um espetáculo. Quem não quer cantar, pode entrar apenas para assistir).

Aproveitamos que estava quase na hora do desfile e fomos para o centro do parque, onde fica o famoso Chapéu do Mickey Feiticeiro. Tiramos várias fotos e assistimos o Countdown to Fun Parade, que é MARAVILHOSO. Animado e com todos os personagens preferidos dos desenhos. Imperdível!

Disney Hollywood Studios Orlando

Sorcerer’s Hat

Disney Hollywood Studios Orlando

Disney Hollywood Studios

Logo atrás do Chapéu do Mickey, fica a atração The Great Movie Ride. Ela é bobinha, mas clássica e de extrema qualidade, então merece uma visita e, normalmente, não faz fila.

The Great Movie Ride:  uma réplica do Teatro Chinês de Hollywood, onde embarcamos em grandes carros que percorrem os cenários de famosos filmes, combinados com sequências de ação real.

Disney Hollywood Studios Orlando

Uma das cenas do The Great Movie Ride

Seguimos direto para área Streets of America que tem réplicas de ruas de Nova York, San Francisco, Washington. Estava no horário de apresentação do Light, Motors, Action! Extreme Stunt Show. É um espetáculo longo e achei cansativo em alguns momentos. Muita coisa falada em inglês, apesar das partes de ação serem cheias de adrenalina. Os homens adoram essa atração e meus meninos adoraram quando o McQueen apareceu.

Light, Motors, Action! Extreme Stunt Show: show com dublês que simula perseguições e tiroteios, além de fugas alucinantes. Tem carros, motos, lanchas, fogo e muita ação. 

disney Hollywood studios

DHS

Era para irmos para o Muppet, mas eu e o marido optamos por caçar os personagens com os meninos, enquanto o restante do grupo foi no Studios Backlot Tour.

Muppet Vision 3D: cinema tridimensional em que os Muppets aprontam muitas confusões num laboratório de efeitos 3D. Antes tem um show de apresentação que já tinha ouvido falar que é longo e chato.

Studios Backlot Tour: um tour por estúdios de cinema. Tem uma simulação de terremoto. 

Disney Hollywood Studios

Studios Backlot Tour

Logo atrás do grande prédio do Muppet, ao lado do Light, Motors, Action! ficam os pontos de encontro do McQueen e Mate. Eles são imóveis, só uma alegoria, mas os meninos ficam enlouquecidos mesmo assim. A Disney World devia investir numa área do filme Carros como a que fizeram na Disneyland que ficou perfeita. Pena que não estava com meus filhos quando fui para Califórnia, mas só conseguia pensar em como eles iriam amar.

Disney Hollywood Studios

McQueen e Mate

Ao lado do McQueen, ficam os personagens Phineas e Ferb do desenho da televisão.

Disney Hollywood Studios Orlando Encontro com personagens

Então, atravessamos praticamente todo parque de novo e voltamos ao prédio do The Magic Disney Animation para encontrar Os Incríveis e o Mickey. Nesse horário, fim da tarde, as filas eram mínimas.

Disney Hollywood Studios Encontro com personagens

Disney Hollywood Studios Encontro com personagens

Fomos para a área de encontro com o Buzz e Woody em frente ao Toy Story Mania. Já tinha escurecido e a fila continuava grande.

Disney Hollywood Studios encontro com personagens

Perdemos o horário para encontro com o Mike e Sullivan que acabava cedo e ficou para próxima. Demos uma volta pelo parque para ver a decoração do The Osborne Family Spectacle of Dancing Lights. As luzes piscam acompanhando o ritmo de músicas e é perfeito. E, então, estava na hora do Fantasmic, já que fomos no segundo horário de apresentação.

Disney Hollywood Studios

Nem adianta ficar aqui gastando palavras e mais palavras tentando descrever o Fantasmic que mesmo assim não conseguiria dar uma noção do que é esse show. Só vendo para entender. É LINDO, PERFEITO, FANTÁSTICO! ABSOLUTAMENTE IMPERDÍVEL!!!!

O importante é ficar atento ao horário de exibição. Alguns dias, há 2 apresentações, outros só uma. Quando fizer o roteiro, é importante verificar no calendário da Disney, que fica disponível para os 6 próximos meses, se tem apresentação do Fantasmic no dia que pretende ir ao DHS. É preciso chegar cedo para pegar um bom local. Nós atrasamos nossa ida para o teatro e pegamos lugares nas laterais. Dá para ver bem o show, mas no centro é bem melhor. Dependendo da época, as pessoas costumam chegar com mais de 1 hora de antecedência. Mais uma vez, eu repito, é IMPERDÍVEL!

Fantasmic: show noturno ao ar livre com duração de 25 minutos, onde são narrados os sonhos do Mickey encenados em jatos de água, acompanhado de música, laser, fogos, fontes de luzes, atores e dançarinos.

Disney Hollywood Studios Orlando Fantasmic

Ao sair do Fantasmic, faltava pouco para o parque fechar e corremos para fazer uma atração que faltava, o Star Tours. Ele fica ao lado do Sci-fi Dine-in, onde tínhamos reserva para o jantar.

Star Tours: simulador baseado no filme Guerra nas Estrelas.

Disney Hollywood Studios

Nossa reserva no Sci-fi era para depois do horário de encerramento do parque, o que foi ótimo porque não perdemos tempo das atrações. O restaurante é incrível.

Praticamente, fechamos o Disney Hollywood Studios!

Disney Hollywood Studios

 Vejam também o vídeo do nosso dia no Disney Hollywood Studios.
 
(Nos acompanhem também noFacebook      Twitter      Instagram)
________________________________________________________

Posts relacionados:

Relatos – Dia 2: Magic Kingdom

Relatos – Dia 3: Island of Adventure

Vídeo – Dia 1 (Miami, Chegada à Orlando e Chef Mickey’s)

Viajando com crianças (parte 3): durante o voo

Solicitando o visto americano

Anúncios
Categorias: EUA, Orlando, Viajando | Tags: , , , , , | Deixe um comentário

Navegação de Posts

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: