Resenha – SIMPLESMENTE ANA (Marina Carvalho)

Resenha Simplesmente Ana Marina Carvalho

Simplesmente Ana – Marina Carvalho

Título: Simplesmente Ana

Autor: Marina Carvalho

Editora: Novo Conceito

ISBN: 9788581631554

Categoria: Literatura Nacional/ Romance

Ano de Lançamento: 2013

Páginas: 304

Sinopse: Imagine que você descobre que seu pai é um rei. Isso mesmo, um rei de verdade em um país no sudeste da Europa. E o rei quer levá-la com ele para assumir seu verdadeiro lugar de herdeira e futura rainha… Foi o que aconteceu com Ana. Pega de surpresa pela informação de sua origem real, Ana agora vai ter que decidir entre ficar no Brasil ou mudar-se para Krósvia e viver em um país distante tendo como companhia somente o pai, os criados e o insuportável Alex. Mudar-se para Krósvia pode ser tentador — deve ser ótimo viver em um lugar como aquele e, quem sabe, vir a tornar-se rainha —, mas ela sabe que não pode contar com o pai o tempo todo, afinal ele é um rei bastante ocupado. E sabe também que Alex, o rapaz que é praticamente seu tutor em Krósvia, não fará nenhuma gentileza para que ela se sinta melhor naquele país estrangeiro. A não ser… A não ser que Alex não seja esta pessoa tão irascível e que príncipes encantados existam. Simplesmente Ana é assim: um livro divertido, capaz de nos fazer sonhar, mas que — ao mesmo tempo — nos lembra das provas que temos que passar para chegar à vida adulta.

“Eu estava sendo uma boba. Mas é difícil relaxar quando uma vozinha fica sussurrando na sua cabeça coisas do tipo: prepare-se. Nada será como antes.”

Leu a sinopse e pensou: já vi esse filme antes!! Pois é, eu também. Mas se der uma chance ao livro, vai logo perceber que se enganou. Tirando o fato de que temos uma moça comum que, de repente, descobre que seu pai é rei de um país europeu e que ela é, portanto, uma princesa, todo restante da história é bem diferente e muito legal. Começando pelo fato de que essa princesa é simplesmente uma brasileira chamada Ana, que é fã de Jota Quest, gosta de feijão com arroz, brigadeiro, feijoada e, como boa mineira, adora um pão de queijo.

Simplesmente Ana foi o primeiro livro que li da autora brasileira Marina Carvalho (escritora também de Ela é uma fera). O livro é narrado em primeira pessoa pela Ana, uma jovem de 20 anos, estudante de direito de Belo Horizonte que nunca soube quem era seu pai. Até o dia em que Andrej Markov a encontrou através do Facebook. Não bastasse descobrir quem era seu pai, que sua mãe havia mentido para ela durante toda sua vida e que seu pai nunca soube da sua existência, Ana ainda descobre que Andrej é rei da Krósvia. E que ela é sua única filha.

A escrita da Marina Carvalho é super fluida e fácil, tem um ótimo ritmo e nos traz personagens divertidos e carismáticos. Simplesmente Ana não é um conto de fadas tradicional, desses cheios de pompa e circunstância, vestidos rodados, carruagens e príncipe encantado. Aqui, a princesa adora ir para cozinha fazer seu próprio pão de queijo e se veste na moda de Victoria’s Secret e Dior. Tudo bem que tem um príncipe, mas esse é inicialmente arrogante, sarcástico e desconfia que Ana está aplicado um belo golpe, mas logo se encanta por essa simples princesa ao conhecê-la melhor e perceber que ela é autêntica, sensível, amorosa e divertida. Ele é Alexander, ou simplesmente Alex, enteado de Andrej, filho da esposa do rei. Como todo príncipe que se preza, Alex é lindo, inteligente, charmoso, sexy… mas não vem num cavalo branco, e sim numa moto BMW S1000RR e num Audi A8. Ou seja, toda a história é bem contemporânea. Além de trazer muito da nossa cultura e nossos costumes num tom divertido e casual, mesmo que a maior parte da história se passe no país chamado Krósvia.

Como todo conto de fadas tem que ter a bruxa má, nesse livro não podia ser diferente e o cargo fica por conta da namorada de Alex, a Laika, ou “nome de cachorro” como Ana costuma chamá-la. Laika é daquelas meninas lindas, mas totalmente fúteis. Ela é chata, esnobe e irritante. É difícil de entender porque Alex está com ela… até Ana aparecer.

Um personagem que gostaria que tivesse sido mais desenvolvido era o Andrej, e que sua aproximação com a filha tivesse sido mais explorada, mas não era essa a ideia principal da trama. Seguindo mais pelo estilo do chick-lit, a história fica mais centrada em Ana e Alex. Traz, também, a adaptação da Ana à sua nova realidade, onde podemos perceber o quanto a incomodou ter que ficar presa em casa, ou andar com guarda-costas, ou ser assediada pela mídia. É fácil gostar da personagem, mas estranhei muito sua atitude ao final do livro, que foi intempestiva e sem muito sentido, mas foi para dar o desfecho da história. Percebi que ficou algo no ar quanto ao marido da tia Marieva, o que deve se desenrolar na continuação do livro.

Simplesmente Ana é um conto de fadas moderno, bem escrito, bem-humorado e descontraído. Uma leitura rápida e gostosa, e com um gostinho brasileiro.

___________________________________________________________________

Posts relacionados:

Resenha – AZAR O SEU! (Carol Sabar)

Resenha – O AMOR ESTÁ NO QUARTO AO LADO (Li Mendi)

Resenha – PERDIDA (Carina Rissi)

Resenha – PROCURA-SE UM MARIDO (Carina Rissi)

Anúncios
Categorias: Lendo | Tags: , , , , | Deixe um comentário

Navegação de Posts

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: