Resenha – QUEM MEXEU NO MEU QUEIJO? (Spencer Johnson)

quem mexeu no meu queijo

Quem mexeu no meu queijo?

Título nacional: Quem mexeu no meu queijo?

Tìtulo Original: Who moves my cheese?

Autor: Spencer Johnson

Editora: Record

ISBN: 850105402X

Categoria: Literatura Estrangeira/Autoajuda

Ano de lançamento: ed 33/2002

Páginas: 107

Sinopse: A história mostra como 2 homenzinhos, Haw e Hem, e 2 ratinhos, Sniff e Scurry, reagem de forma diferente quando possuem um mesmo objetivo, encontrar o queijo. Na verdade, eles representam as partes simples e complexas de nós mesmos. Desta forma, podemos reagir percebendo imediatamente a mudança como Sniff, ou entrando logo em atividade como Scurry, ou rejeitando e resistindo à mudança por medo como Hem, ou ainda buscando aprender e se adaptar à mudança que pode levar a algo melhor como Haw. Independente de como reagem, todos têm a necessidade de se encontrarem no labirinto e serem bem sucedidos nas mudanças.

“- Haw, olhe pra você. Sempre faz as mesmas coisas e se pergunta por que elas não melhoram. Se isso não fosse tão ridículo, seria ainda mais engraçado”

Não sou muito de ler livros de autoajuda, mas recomendo muito Quem mexeu no meu queijo?. Ele é um livro pequeno, simples e de leitura muito rápida. Deve ficar na mesa de cabeceira para sempre e ser relido em vários momentos da vida. Eu mesma já o li três vezes em ocasiões diferentes da minha vida. Suas ideias permanecem para sempre e nos fazem refletir bastante.

O livro é uma parábola que mostra uma história de mudança num labirinto, o qual representa onde gastamos nosso tempo procurando pelo que se quer. Envolve quatro personagens que reagem de formas diferentes à mudança que ocorre no labirinto e, à medida que vamos lendo, percebemos que os quatro fazem parte de nós mesmos. O Queijo é colocado como uma metáfora para o que queremos da vida e cada um vai ter a sua ideia do que é o queijo para si, aquilo que tanto buscamos, acreditando que irá nos fazer felizes. Logo, ele pode ser entendido como um emprego, um relacionamento, saúde, dinheiro, entre outras coisas. “Se o obtemos, frequentemente ficamos ligado a ele. Se o perdemos, ou se nos é tirado, isso pode ser traumático”.

O livro é dividido em três partes. A primeira, a Reunião, é a uma espécie de introdução à história, onde alguns amigos de escola se reencontram anos depois e começam a conversar sobre suas vidas pessoais e seus empregos. A partir daí, um dos amigos resolve contar a história dos homenzinhos e dos ratinhos. A segunda parte do livro é a parábola propriamente dita, que vai ser interpretada por cada leitor de acordo com a mudança que enfrenta na sua própria vida, que pode ser no trabalho, no casamento, nos negócios… A terceira parte é o Debate, exatamente quando o grupo de amigos começa a se comparar à história com suas próprias experiências de vida, extrapolando os ensinamentos do livro para suas realidades. Essa parte é interessante para ver como cada um pode assimilar a história de uma forma e achar uma aplicabilidade na sua vida.

Este é um ótimo livro de reflexão. Com sua linguagem extremamente simples e uma leitura rápida, é possível tirar grandes lições que podem ser aproveitadas na vida quando lidamos com mudanças e temos dificuldade para nos adaptar. Sair da zona de conforto é sempre muito difícil. Mas é importante saber reconhecer quando a mudança é inevitável e pode representar uma oportunidade de crescimento.

Leiam e reflitam. Cada vez que leio, consigo tirar algo proveitoso dele. Recomendo!

“Haw percebeu que ele vinha sendo mantido prisioneiro pelo seu próprio medo. Mover-se para uma nova direção o libertou… Depois de vencer o medo, aquilo se revelou mais agradável do que achara que poderia ser… Não se sentia assim havia muito tempo. Quase se esquecera do quanto era divertido procurar o queijo.”

 
(Nos acompanhem também noFacebook      Twitter      Instagram)
 

_________________________________________________________________

Posts relacionados:

Resenha – DOIDAS E SANTAS (Martha Medeiros)

Resenha – MÉTRICA (Colleen Hoover)

Resenha – PERDIDA (Carina Rissi)

Resenha – APAIXONADA POR PALAVRAS (Paula Pimenta)

Resenha – A CULPA É DAS ESTRELAS (John Green)

Anúncios
Categorias: Lendo | Tags: , , , , , | Deixe um comentário

Navegação de Posts

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: