A experiência de passar um Halloween como turista nos EUA

O Halloween era o momento mais esperado pelas crianças desde que começamos os planejamentos da nossa viagem por New England e Canadá. Mas como nunca havíamos vivido esta experiência, tirando o que víamos na televisão em filmes ou seriados, não sabíamos nada de como funciona a tradicional brincadeira do Trick or Treat e tínhamos receio de como seria viver o Halloween como um turista nos EUA.

Agora podemos falar… Foi incrível! Uma das experiências mais legais das nossas vidas e que guardaremos na memória com muito carinho, além de aguardarmos ansiosos para curtir o Halloween novamente.

Halloween nos EUA, Boston

Não foi nada proposital, compramos nossas passagens para um período que se ajustaria às nossas férias e só depois percebi que estaríamos em Boston numa data muito querida pelos americanos, o Halloween. Desde que comentamos com os meninos que estaríamos nos EUA no dia 31 de outubro, eles ficaram eufóricos com a ideia de brincar o Halloween como viam nos desenhos. Só falavam disso, só esperavam esse dia. Passamos a viagem quase toda sendo cobrados para comprarmos as esperadas e desejadas fantasias. Um dia antes de chegarmos a Salem, paramos num Wal Mart e deixamos os meninos escolherem suas fantasias. E, claro, as escolhidas estavam à altura do tão sonhado Halloween. Eram horripilantes, perfeitas para entrar no clima da festa.

Halloween nos EUA, Boston

A chuva que pegamos durante nosso dia em Salem atrapalhou a brincadeira e o jeito foi deixar para realizar o desejo dos meninos de vestirem as fantasias no dia 31. Ainda bem! Ou perderíamos a chance de viver o Halloween como ele realmente é.

Porém, o que precisávamos saber para não passarmos qualquer situação constrangedora como turistas no Halloween? Qual seria um bom local em Boston para brincar o Halloween?

Halloween nos EUA, Boston

Procurei na internet, mas não achei muita informação prática. Acabei buscando ajuda de queridas blogueiras e mandei mensagem para a Luciana Misura, do Blog Colagem, que mora nos EUA, e para Cláudia Rodrigues, do Felipe o pequeno viajante, que eu sabia já ter morado próximo a Boston. E agradeço muito todo apoio que elas nos prestaram, sanando imediatamente nossas dúvidas e colaborando de maneira decisiva para que nosso Halloween fosse mais que especial. E a Luciana Misura fez um post completinho sobre o Halloween para Turistas nos EUA.

O mais importante já havia sido providenciado, as fantasias. Ok!

Halloween nos EUA, Boston

Além delas, é preciso ter alguma sacolinha ou baldinho para as crianças coletarem os doces. Nós compramos os baldinhos no Wal Mart por 1U$. Achei esses baldes enormes e nunca imaginei que iriam encher aquilo tudo de doce… engano meu.

Halloween nos EUA, Boston

Ficamos sabendo que as casas que estavam com decorações de Halloween eram as que participavam da brincadeira. Não deveríamos bater em casas sem decoração. Ciente!

Halloween nos EUA, Boston

Orientamos as crianças para pegarem apenas um doce quando a pessoa deixasse que eles mesmos pegassem as balas. E percebemos que as crianças realmente eram muito educadas, nada de enfiar a mãozona no pote e sair com a mão lotada de doces. Difícil não lembrar as vezes em que fui entregar São Cosme e Damião com minha mãe e as crianças só faltavam nos derrubar…😦

Halloween nos EUA, Boston

Treinamos com os meninos o famoso Trick or Treat, que eles diriam quando a pessoa abrisse a porta da casa, e um Thanks e Happy Halloween. Eles falavam super direitinho!

Halloween nos EUA, Boston

Acontece que praticamente não precisamos bater em nenhuma porta. A rua que fomos foi simplesmente perfeita, dica de uma amiga da Luciana Misura. O trânsito era, inclusive, fechado, só para a garotada brincar à vontade. Não era em Boston, e sim em Brookline, numa rua chamada Beals Street. Super dica para quem está em Boston no Halloween.

Halloween nos EUA, Boston

Os moradores das casas já ficavam na porta distribuindo os doces para as crianças que chegavam; alguns entregavam o doce, outros deixavam as crianças pegarem diretamente no pote. Era super animado e divertido.

Halloween nos EUA, Boston

Muita, mas muita gente mesmo nas ruas. Pessoas vindas de diversos bairros da cidade. Ou de outros países, como era o nosso caso. Famílias, crianças, cachorros, bebês… Cada fantasia mais linda que a outra… ou mais apavorante. Muitos adultos também entravam no clima e se fantasiavam. Uma verdadeira festa. Como nos disse um morador quando soube que éramos brasileiros, aquilo era o Carnaval deles.

Halloween nos EUA, Boston

Andamos bastante, os meninos passaram em tantas casas que até perdi a conta. No início estavam tímidos, mas depois já iam sozinhos, diziam Trick or Treat, ouviam os elogios pelas fantasias originais e até arriscavam algumas outras palavrinhas em inglês. Chegou uma hora em que o Gabriel até já encenava o andar de zumbi ao se aproximar das casas e era hilário. Nos divertimos muito!

Halloween nos EUA, Boston Halloween nos EUA, Boston

Acabamos, sim, com os dois baldes lotados de doces (precisando de uma mala só pra levar aquilo tudo) e meus meninos realizados e felizes.

Halloween nos EUA, Boston

Tá, confesso, também me realizei!:)

Halloween nos EUA, Boston

 

(Facebook   Twitter   Instagram)
 
 
 

______________________________________________

Posts relacionados:

– Dica de onde ficar em Boston – apartamento alugado no Fort Hill Inn

– Boston – Freedom Trail

– Boston Children’s Museum – diversão garantida para a criançada em Boston

– CityPASS Boston – quatro opções dentro cinco das principais atrações de Boston

– Travel Mobile – Chip de celular para viagens pelos EUA

Categorias: Boston, EUA, Viajando | Tags: , , , , , , , , | Deixe um comentário

Dica de onde ficar em Boston – apartamento alugado no Fort Hill Inn

Quem vai ou já foi a Boston sabe quão astronômico é o valor de uma diária num hotel da cidade. Já achava hospedagem em Nova York absurda, mas não tinha noção do que nos esperava em Boston. Quase infartamos quando fomos pesquisar um hotel, e só não desistimos de Boston porque as passagens já estavam compradas. Por isso, fomos buscar alternativas… de repente hotéis mais afastados da área turística, ou em alguma cidade vizinha… Até que uma amiga me indicou o Fort Hill Inn, onde havia se hospedado durante sua viagem a Boston, e resolvemos pagar pra ver. Não nos arrependemos.

O Fort Hill Inn possui 2 apartamentos para aluguel. Nós ficamos no Full Apt 1 e compartilhamos aqui esta dica de ouro para quem quer um lugar confortável, seguro, aconchegante e, claro, mais em conta para os seus dias em Boston.

Entramos em contato por email com o Terry, o proprietário do Fort Hill Inn, que sempre foi muito solícito e simpático, tirando todas as nossas dúvidas e passando segurança na seriedade do seu trabalho.

Fort Hill Inn, Boston

Localização:

O apartamento fica num pequeno prédio localizado no endereço 3 Centre Place, no bairro de Fort Hill/Highland Park, bem atrás da Roxbury Community College. É uma área residencial e não fica exatamente perto das atrações turísticas de Boston. Entretanto, a estação Roxbury Crossing, da linha laranja do metrô, fica a alguns quarteirões do apartamento, sendo facilmente acessível a pé. Assim, em poucos minutos estávamos no centro de Boston, descendo na estação Downtown Crossing, bem ao lado da Boston Common, ou fazendo as conexões em outras estações para pegarmos as demais linhas do metrô que levavam às várias atrações da cidade. Tudo muito tranquilo e fácil.

Confesso que, quando voltamos para o apartamento já de noite e descemos do metrô para caminhar até o Fort Hill Inn, me senti um pouco insegura na rua, já que havia pouco movimento, principalmente quando saíamos da grande Columbus Avenue e passávamos ao lado da Roxbury Community College por uma ruazinha mais deserta. Não sei se por estarmos com as crianças, ou por ser um medo já enraizado por tudo que vivemos no Brasil, mas depois do primeiro dia procurei não voltar mais muito tarde da noite. Na verdade, não passamos por qualquer situação que justifique tal receio e acredito até ser o fato de que nós, brasileiros, já vivermos apavorados com tudo, mas também não lutei contra este sentimento e não arriscamos.

Fort Hill Inn, Boston

Estacionamento:

A Centre Place é uma pequena rua sem saída e os carros ali estacionados são apenas de moradores. Entretanto, na rua principal, a Centre Street, é permitido estacionar gratuitamente ao longo do meio fio, só precisando estar atento às sinalizações dos locais proibidos, como em pontos de ônibus e em frente a hidrantes, por exemplo. Existe também um esquema de limpeza da rua, que é sazonal, e ocorre às terças-feiras entre 8 e meio dia. Fora isso, é só achar um cantinho e deixar o carro. Nós quase não usamos o carro em Boston, e nos deslocávamos principalmente de metrô.

Fort Hill Inn, Boston

Reserva:

Todo o procedimento de reserva foi feito por email, sendo preenchida uma ficha com nossos dados pessoais e a data do check-in e do check-out, que escaneamos e enviamos de volta por email.

Pagamento:

Para confirmar a reserva, é necessário fazer o pagamento de metade do valor total (que vai variar de acordo com o número de diárias e o período da viagem, portanto é preciso entrar em contato com o proprietário para fazer uma cotação). Este pagamento antecipado foi realizado via paypal e confirmado, via email, pelo proprietário pouco tempo depois. A segunda parte é paga por ocasião do check-in.

Check-in:

O check-in pode ser feito a qualquer hora após às 15h do dia marcado. Essa é uma informação importante porque, quando chegamos, fiquei preocupada com o horário, já que estávamos vindo da estrada após um dia inteiro de compras no outlet. Quando entramos no apartamento, já passava da meia noite. Não tivemos qualquer problema, já que, para ter acesso ao apartamento, precisamos apenas de uma senha passada pelo proprietário. Ou seja, não é preciso incomodar ninguém para entrar, seja a hora que for. Isso dá liberdade e autonomia para os hóspedes que podem entrar e sair a qualquer momento. Super prático e cômodo.

Check-out:

Nosso voo era de manhã bem cedo e saímos do apartamento ainda de madrugada. Da mesma forma que o check-in, o check-out é bem tranquilo e autônomo. Saímos, colocamos as malas no carro e trancamos a porta do apartamento conforme a orientação enviada no email (que não vou entrar em detalhes por medidas de segurança. Por ocasião da confirmação da reserva, um email é enviado com todas as orientações necessárias). Nós ficamos preocupados porque não sabíamos como efetuar o pagamento da segunda parcela, já que em nenhum momento em que estivemos no Fort Hill Inn encontramos qualquer pessoa relacionada ao apartamento. Era como se fôssemos moradores dali, o que foi bem legal, por sinal. Como ficamos na dúvida se deixávamos o dinheiro no apartamento ou se fazíamos o depósito, acabamos optando pela segunda opção, e deu tudo certo.

O apartamento:

O Full Apt 1 fica no primeiro andar do prédio de 3 andares. O apartamento é super aconchegante, bem decorado, tudo muito limpinho e de bom gosto. Dá para se sentir em casa.

Assim que se entra, há uma sala com sofá e lareira. O sofá vira cama e acomoda duas pessoas. Como chegamos bem tarde, os meninos já estavam dormindo e nem consegui tirar uma foto do ambiente arrumadinho, já que depois ficou cheio de sacolas e malas por todos os lados. Mas a foto abaixo, retirada do site oficial do Fort Hill Inn, dá para ter uma boa noção já que reflete exatamente o que encontramos no apartamento.

Fort Hill Inn, Boston

Foto retirada do site Fort Hill Inn

Ao lado da sala de estar fica a cozinha, toda equipada com eletrodomésticos, utensílios diversos, louça, geladeira, fogão, micro-ondas, lava-louça. Nós não usamos praticamente nada, já que passávamos o dia todo fora, mas é uma boa opção para quem pretende ficar uma temporada maior em Boston e quer economizar com a alimentação.

Fort Hill Inn, Boston Fort Hill Inn, Boston

O banheiro é pequeno, mas tem tudo de que se necessita. Todos os detalhes foram cuidadosamente pensados: itens de higiene pessoal, várias toalhas, secador de cabelos.

Fort Hill Inn, Boston

Uma escada giratória de ferro leva a um quarto no andar inferior. A cama de casal garante uma noite de sono bem confortável. Quem está com crianças, deve ficar atento à escada.

Fort Hill Inn, Boston Fort Hill Inn, Boston

O apartamento tem sinal de wi-fi disponível (gratuito).

Além de uma diária mais em conta, o que valeu mesmo foi a experiência maravilhosa de poder viver alguns dias como morador de Boston, num típico apartamento americano. O capricho em receber seus hóspedes com conforto e cordialidade, a liberdade e autonomia durante a hospedagem, um ambiente bem decorado e limpo, entre outras facilidades, fazem do Fort Hill Inn uma excelente dica de onde ficar em Boston.

(Facebook   Twitter   Instagram)
 
 
 

______________________________________________

Posts relacionados:

– Boston – Freedom Trail

– Boston Children’s Museum – diversão garantida para a criançada em Boston

– CityPASS Boston – quatro opções dentro cinco das principais atrações de Boston

– Travel Mobile – Chip de celular para viagens pelos EUA

Categorias: Boston, EUA, Viajando | Tags: , , , , , , | 1 Comentário

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 388 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: